Arquivo da categoria: Arquitetura

O Brilho das Cidades. A Rota do Azulejo

Gosta de azulejos? Do dia 25 de outubro de 2013 ao 26 de janeiro de 2014, confira esta exposição inédita, totalmente dedicada ao azulejo, que reúne mais de uma centena de peças produzidas por culturas tão diversas como o Império Otomano, a Pérsia, a Índia, Inglaterra, Espanha, a Itália e a Flandres, a Holanda e, claro, Portugal.

Os módulos temáticos abordam questões como o mito da cerâmica dourada, as conquistas da geometria, a importância da heráldica, o valor da mitologia cristã, a estilização da Natureza, e a representação da utopia e do quotidiano.

Informações

Endereço: Av. de Berna 45A 1067-001 Lisboa Codex

Tel.: (21)7823000 | Fax.: (21)7823032

Email: museu@gulbenkian.pt
Facebook: https://www.facebook.com/fundacaocaloustegulbenkian

Anúncios
Etiquetado , , , , , , ,

4×4

O objetivo do 4×4 é compartilhar 8 vezes mais! Poderão ser textos, vídeos, dicas, eventos, etc… Sempre em torno de uma temática diferente,  e claro, em português!

Nesta primeira edição de nosso 4×4, iremos fazer assim:

            – Quatro downloads gratuitos:

  1. A  Funarte disponibiliza o download do livro Políticas para as Artes – prática e reflexão. Seis eixos temáticos abordados: arte e tecnologia; fomento; artes e economia criativa; gestão de políticas culturais; arte e sustentabilidade; memória e preservação. Clique aqui para baixar o arquivo.
  2. “A diversidade cultural vem suscitando um interesse notável desde o começo do novo século. Porém os significados que se associam a esta expressão “cômoda” são tão variados como mutáveis. Para alguns a diversidade cultural é intrinsecamente positiva, na medida em que se refere a um intercâmbio da riqueza inerente a cada cultura do mundo e, assim, aos vínculos que nos unem nos processos de diálogo e de troca. Para outros, as diferenças culturais fazem-nos perder de vista o que temos em comum como seres humanos, constituindo assim a raiz de numerosos conflitos” Para ler o resto, clique aqui e baixe o pdf.
  3. – Quatro iniciativas artísticas revolucionárias:

    1. Artocracy: quando a democracia deixa de ser aristocrática na Tunísia e o rosto do povo vira arte nas ruas! Página no face. (fotos na galeria acima)
    2. Surge em Fortaleza o Movimento por uma Arte Revolucionária Independente.
    3. O vinagre e as manifestações no Brasil. (foto na Galeria acima)
    4. Joana Vasconcelos exuberante ou revolucionária? (fotos na Galeria acima)
Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Utilizar o crowdsourcing para trazer felicidade às nossas cidades

O que faz uma cidade feliz? E se recorrermos ao crowdsourcing para encontrarmos juntos respostas pertinentes?

Esse local lhe evoca beleza, paz, ou felicidade?

Esse local lhe evoca beleza, paz, ou felicidade?

Depois de vermos como uma estrela Pop foi criada graças ao crowdsourcing, vamos agora mostrar uma aplicação totalmente diferente do crowdsourcing.

Pesquisadores da Cambridge University, lançaram um projeto de crowdsourcing em torno da cidade de Londres. O objetivo é definir os lugares da capital inglesa que mais evocam paz, felicidade ou beleza.

O site urbangems irá pedir às pessoas que comparem duas vistas de Londres e definam qual representa melhor uma dessas três qualidades: felicidade, tranquilidade ou beleza.

Os resultados serão utilizados para criar um ranking dos lugares mais “alegres” de Londres. Isso poderia em seguida ser utilizado para um melhor planejamento urbano.

Virtudes estéticas:

Ao selecionar o que cada local lhe evoca, os utilizadores são convidados a adivinhar a percentagem de outras pessoas que pensam da mesma maneira.

Terão também a possibilidade de adicionar palavras chave e outras informações que ajudarão a explicar as razões de suas escolhas mais detalhadamente.

“Tendo em mãos uma lista compreensível das virtudes estéticas, teremos mais chances de entender e sistematicamente recriar espaços públicos que amaremos de maneira intuitiva,” explica o líder dos pesquisadores, Daniel Quercia, do laboratório de computação da universidade de Cambridge.

Para não influenciar a decisão de cada participante, as fotos utilizadas serão fotos disponibilizadas publicamente por serviços como o Google’s StreetView, e terão todas a mesma qualidade de imagem.
800px-London_Thames_Sunset_panorama_-_Feb_2008Planejamento urbano:

A longo prazo, o plano é que o site possa oferecer recomendações personalizadas dos lugares da cidade. Os utilizadores também poderão colocar fotos e tags de seus lugares preferidos no site, criando assim o que os pesquisadores descrevem como um “site de encontros graças ao qual uma pessoa poderia encontrar sua alma gêmea de acordo com critérios em comum, relacionados às sensações que a cidade evoca em cada um”.

Sociólogos poderiam utilizar os resultados para entender porque alguns bairros despertam mais atração que outros e aproveitar para melhorar o aspecto visual dos bairros que despertarem menos sensações positivas nos participantes do projeto.
Etiquetado , , , ,

Concursos criativos exclusivos

Este post vai para todos os criativos:

Fotógrafos, escritores, realizadores, músicos, estudantes, pintores, escultores…

Todo mundo vai querer descobrir a nossas dicas exclusivas de concursos criativos, editais, bolsas de estudo…!

Logo abaixo poderão encontrar as primeiras dicas.

Para receber o resto da lista, por favor, envie seu email para zarpante@gmail.com sob o assunto: concursos criativos pdf. Ou deixe seu email clicando aqui.

Dessa forma poderemos enviar a lista completa em formato pdf para seu email.

Prêmio Literário João José Cochofel:

 Este prêmio, promovido bianualmente pela Câmara Municipal de Coimbra, Portugal,recebe inscrições de obras nos gêneros poesia, ficção narrativa e ensaio até 30 de abril. O vencedor ganha 2 mil euros!

  Mais infos: Clique aqui

– Vila de Rei: Concurso Literário 2013

– Fundação selecciona artistas para residências em três países

divulgação

Espaço de exposição do MAMbo, um dos museus participantes

Foi lançado o edital da Bolsa Iberê Camargo de 2013, de residência artística. Serão selecionados projetos a serem realizados no MAMbo, em Bolonha (Itália), no CRAC, em Valparaíso (Chile) ou no Kiosko, em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia).

Além da bolsa, a Fundação Iberê Camargo escolherá um artista para participar do Programa Artista Convidado do Ateliê de Gravura e produzir obras em metal na prensa que pertenceu a Iberê Camargo. Outros 10 selecionados ganharão destaque no site da instituição.

Os projetos podem ser encaminhados até 31 de julho pelo site da Bolsa Iberê Camargo 2013. As inscrições são gratuitas.

– Inscrições abertas para o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios:

reprodução

O Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios tem como objetivo identificar, selecionar e premiar os relatos de vida de mulheres empreendedoras de todo o país, as quais transformaram seus sonhos em realidade e cuja história de vida hoje é exemplo para outras que possuem o mesmo sonho.

Para concorrer ao prêmio, é necessário ter mais de 18 anos.

O prêmio é dividido em três categorias:

Pequenos Negócios: microempresas e empresas de pequeno porte, e que estejam estabelecidas formalmente há pelo menos um ano (data de abertura anterior a 01/03/2012, conforme consta no CNPJ);

Produtor Rural: mulheres que explorem atividades agrícolas, pecuárias e/ou pesqueiras nas quais não sejam alteradas a composição e as características do produto in natura, e que estejam estabelecidas formalmente á, no mínimo, um ano. (data de abertura anterior a 01/03/2012, conforme documento de registro legal pertinente: Inscrição Estadual de Produtor, ou Declaração de Aptidão ao PRONAF, (DAP) ou CNPJ, ou Registro no Ministério da Pesca);

Micro Empreendedor Individual: mulheres que trabalhem por conta própria que tenha seu empreendimento legalizado, com faturamento máximo anual de até R$ 60.000,00 por ano, e não tenham participação em outra empresa como sócias ou titulares, e tenham até um (a) empregado(a) contratado(a) que receba o salário mínimo, ou o piso da categoria. (data de abertura anterior a 01/03/ 2012, conforme consta no CNPJ).

As inscrições para 10ª edição do Prêmio seguem abertas até o dia 31 de julho pelo site oficial ou nos escritórios regionais do Sebrae-SP espalhados pelo Estado.

As vencedoras estaduais em cada categoria recebem troféu, certificado, selo de premiação e curso de empreendedorismo, além de irem a Brasília para disputarem a final nacional. Na segunda fase, as empreendedoras concorrem a uma viagem internacional.

Mais informações no site: www.mulherdenegocios.sebrae.com.br.

 

Veja também nosso Dicas Zarpante 02!

Etiquetado , , , , ,

Um arquiteto para o céu

Niemeyer

Dia 05 de dezembro de 2012, o mundo perdeu um mestre da arquitetura. O ultimo grande arquiteto do século XX nos deixou aos 104 anos para ir reconstruir o céu! Deixa-nos um legado fantástico, que inclui  a realização de toda uma cidade! Sim, porque hoje os brasilienses perderam um dos idealizadores daquela que  é a capital brasileira!

Essa é nossa singela homenagem a um dos maiores representantes da cultura brasileira! Vais deixar saudades!

Leiam também a matéria do jornal português “Público”:

“O arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer morreu aos 104 anos, num hospital do Rio de Janeiro. Tinha sido internado no início do mês passado, pela terceira vez este ano. Desde então, o estado clínico tinha vindo a agravar-se, com problemas respiratórios e renais.

Nascido no Rio de Janeiro, a 15 de Dezembro de 1907, estava perto de celebrar os 105 anos. Teve cinco irmãos e a sua mãe morreu de cancro, ainda nova. Sobreviveu à sua única filha Anna Maria morta em Junho passado. Visitei-o uma última vez, em Março de 2011. Andava entusiasmado com a criação de uma nova Escola Popular que teria o seu nome. Com o humor que todos lhe reconheciam, recordou a construção de Brasília e a sua aversão por viagens de avião. Frequentou o escritório da Av. Atlântica, em Copacabana, até quase ao fim.

Oriundo de uma família carioca, conservadora e católica, com descendentes germânicos que acompanharam a corte portuguesa, em 1807, na sua mudança para o Rio de Janeiro, Niemeyer viveu uma juventude despreocupada e protegida por uma prima solteira. Estudaria arquitectura por convicção ainda que só tardiamente. No terceiro ano, já casado com Annita Balbo, ofereceu-se para trabalhar gratuitamente no escritório de Lúcio Costa e Carlos Leão.

Com Lúcio Costa, cinco anos mais velho, inicia-se na leitura das ideias de Le Corbusier, com quem teria a possibilidade de colaborar logo em 1936, no projecto para o Ministério da Educação e Saúde, no Rio. O edifício seria o resultado de uma equipa montada por Costa, tendo Le Corbusier como consultor. Niemeyer teria grande responsabilidade no desenho final, influenciando a posição do bloco principal no quarteirão, ou determinando a direcção horizontal dos “quebra-sóis”. Em 1939, também em uma parceria com Costa, projectou o pavilhão do Brasil para a Feira Internacional de Nova Iorque, abeirando-se já de uma espacialidade gestual, concretizada no desenho da rampa e na permeabilidade do volume, características que assinalariam a sua primeira grande ruptura com o racionalismo internacional.

O melhor, portanto, insinuava-se: “Minha arquitectura começou depois na Pampulha”. Estava-se em plena segunda guerra na Europa e, a serviço de Juscelino Kubitschek, futuro presidente do Brasil, construiria quatro obras-primas à beira da lagoa da Pampulha, bairro residencial sofisticado na periferia da capital mineira de Belo Horizonte. Aqui estreava-se na exploração das capacidades plásticas que a nova técnica do betão armado possibilitava, dotando os seus edifícios de uma forte conotação formal.

No entanto, quando surgiu o desafio, também lançado por Kubitschek, já presidente, para a construção dos principais edifícios públicos da nova capital do país Brasília – inaugurada em Abril de 1960 – a arquitectura de Niemeyer ressente-se desse “excesso” formalista, contraindo-se aparentemente. Os edifícios de Brasília apresentam-se geometricamente mais regrados e definidos pela estrutura, como é o caso do Palácio da Alvorada, logo de 1956, ou o conjunto da Praça dos Três Poderes. Esta nova fase seria significativa para a evolução da arquitectura brasileira, repercutindo-se no trabalho das gerações mais recentes.

A colaboração estreita que manteve com os engenheiros de estruturas transformaria a sua arquitectura num ensaio de risco permanente. Essa confiança haveria de se manifestar nas obras construídas no exílio, cumprido em plena ditadura militar. Na Argélia, recentemente independente, mais exactamente no campus da universidade de Constantine, cumpriu um dos seus programas arquitectónicos mais arriscados, levando a técnica do betão armado a um limite aparentemente insustentável. Contra o conselho dos engenheiros franceses que propuseram que a grande viga longitudinal, que compunha a fachada, possuísse um metro e meio de espessura, adoptou a solução de uma viga de apenas 30 cm.

Niemeyer deixou obra significativa fora do seu país, chegando mesmo a construir, com Alfredo Viana de Lima, em Portugal, o Hotel Casino do Funchal, a meio da década de 60, hoje bastante desvirtuado. Foi protegido por figuras como André Malraux, em França, ou Giorgio Mondadori, que em 1968 lhe encomendou a sede da sua editora, nas proximidades de Milão. Tornou-se o maior embaixador da arquitectura brasileira. Isto todavia é pouco, se comparado com o contributo que deu à evolução da arquitectura moderna. Muitos dos seus edifícios tornaram-se arquétipos para os arquitectos contemporâneos. Niemeyer foi um génio e como tal, padeceu de violentos ataques e também de elogios condescendentes. Talvez por ter medo da morte, foi aquilo que podemos descrever como um “homem feliz”.”

– Leia também este artigo sobre o mestre!

Etiquetado , , , , , , ,

Para quem estiver no Rio de Janeiro!

Uma dica imperdível para quem estiver na cidade maravilhosa hoje  as 21h!

A idéia da #Wikipraça é conectar pessoas na praça. Usar as ferramentas digitais e as redes para incentivar a participação na região da praça de São Salvador, no Rio de Janeiro. Os novos processos das redes – não hierárquicos, participativos – podem enriquecer muito a vida da região.
Wikipraça é um projeto aberto, participativo, coletivo. Qualquer pessoa pode participar, aportar idéias, criar ações e eventos. Wikipraça não tem liderancas. Wikipraça é uma plataforma, uma caixa de ferramentas. Wikipraça é um processo autogovernado.
Além, todas as plataformas criadas serão abertas. Qualquer pessoa poderá reusar elas.
A idéias da Wikipraça é estimular distintos processos de mapeamentos, memórias, intervenções e trocas em espaços públicos, a partir de ações colaborativas implementadas em 3 diferentes camadas: física, digital e afetiva. Wikipraça vai ter um eixo importante de documentaçao colaborativa: vídeos, fotografias, audios, relatos…
O projeto coletivo #wikipraça foi desenvolvido no evento “CRio Redes: Urbanismo Colaborativo”.


Dia 28/11 é dia de conectar ações na #WikiPraça
Venha para a Praça São Salvador a partir das 20h15
a programação até agora é essa, mas como a proposta é Wiki traga suas ideias!!
#SouWikiPraça #Vamos
>> Apresentação das plataformas: Bernardo Gutiérrez
>> Apresentação da Logo #WikiPraça: Marília Borges
>> Propostas de intervenções audiovisuais: Bernardo Brant
>> Conte sua Foto e Propostas para intervenções artísticas: Nadja Dulci
>> Intervenção Urbana “Outros passos”: Rosalia Ferraz e Bernardo Brant
>> Apresentação Protótipo 3D WikiPraça: Henrique Monnerat
>> Troca-Troca São Salva: Adriano de Angelis
>> QRCodes na praça: Bernardo Brant e Bernardo Gutiérrez

Fonte: blog do projeto WikiPraça.

Etiquetado , , ,

Este arquiteto é um monumento!

Hoje Zarpante prestigia um grande arquiteto brasileiro: Oscar Niemeyer!

oscar Niemeyer - art museum

oscar Niemeyer – art museum (Photo credit: oddsock)

– Descubra um pouco mais sobre este grande nome da arquitetura mundial com as informações do Wiki:

“Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares (Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 1907) é o arquiteto brasileiro de nome mais influente na Arquitetura Moderna. Foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado, e por esse motivo teve grande fama nacional e internacional desde a década de 1940 [1]

Seus trabalhos mais conhecidos são os edifícios públicos que projetou para a cidade de Brasília, embora possua um grande corpo de trabalho desde sua graduação pela Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro em 1934.”

Fonte: Wikypédia (Niemeyer)

– Em seguida assista o filme “A Vida é Um Sopro”:

– Mas o tempo não para e o Niemeyer tampouco!

Niemeyer fará o projeto do Centro de Eventos do Rio Grande do Sul!

Espaço para congressos, seminários e espetáculos culturais será construído em uma área de 100 mil m²

“O arquiteto Oscar Niemeyer foi escolhido para idealizar o novo Centro de Eventos do Rio Grande do Sul. O Governo do Estado e a Secretaria de Turismo confirmaram a participação do arquiteto na última sexta-feira (20), quando foi realizado o convite no Rio de Janeiro.

O espaço para realização de congressos, seminários e espetáculos culturais será construído em uma área de 100 mil m², com capacidade para 10 mil pessoas em um auditório principal e outro secundário. O edifício também será dividido em dois pavilhões, com praça de alimentação e estacionamento.

O projeto prevê o uso de energias alternativas e o reaproveitamento da água. De acordo com o governo do Rio Grande do Sul, a obra será feita por meio de Parceria Público-Privada (PPP).

Ainda não foi definido o local de construção do Centro de Eventos, mas o governo estuda três possibilidades: o Morro Santa Tereza, a Doca Turística, próxima à Arena do Grêmio, e o Centro Vida, na Zona Norte de Porto Alegre.”

Fonte: PiniWeb.

– Acesse também este post sobre Niemeyer.

Etiquetado , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: