Arquivo da tag: porto alegre

Este arquiteto é um monumento!

Hoje Zarpante prestigia um grande arquiteto brasileiro: Oscar Niemeyer!

oscar Niemeyer - art museum

oscar Niemeyer – art museum (Photo credit: oddsock)

– Descubra um pouco mais sobre este grande nome da arquitetura mundial com as informações do Wiki:

“Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares (Rio de Janeiro, 15 de dezembro de 1907) é o arquiteto brasileiro de nome mais influente na Arquitetura Moderna. Foi pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado, e por esse motivo teve grande fama nacional e internacional desde a década de 1940 [1]

Seus trabalhos mais conhecidos são os edifícios públicos que projetou para a cidade de Brasília, embora possua um grande corpo de trabalho desde sua graduação pela Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro em 1934.”

Fonte: Wikypédia (Niemeyer)

– Em seguida assista o filme “A Vida é Um Sopro”:

– Mas o tempo não para e o Niemeyer tampouco!

Niemeyer fará o projeto do Centro de Eventos do Rio Grande do Sul!

Espaço para congressos, seminários e espetáculos culturais será construído em uma área de 100 mil m²

“O arquiteto Oscar Niemeyer foi escolhido para idealizar o novo Centro de Eventos do Rio Grande do Sul. O Governo do Estado e a Secretaria de Turismo confirmaram a participação do arquiteto na última sexta-feira (20), quando foi realizado o convite no Rio de Janeiro.

O espaço para realização de congressos, seminários e espetáculos culturais será construído em uma área de 100 mil m², com capacidade para 10 mil pessoas em um auditório principal e outro secundário. O edifício também será dividido em dois pavilhões, com praça de alimentação e estacionamento.

O projeto prevê o uso de energias alternativas e o reaproveitamento da água. De acordo com o governo do Rio Grande do Sul, a obra será feita por meio de Parceria Público-Privada (PPP).

Ainda não foi definido o local de construção do Centro de Eventos, mas o governo estuda três possibilidades: o Morro Santa Tereza, a Doca Turística, próxima à Arena do Grêmio, e o Centro Vida, na Zona Norte de Porto Alegre.”

Fonte: PiniWeb.

– Acesse também este post sobre Niemeyer.

Etiquetado , , , , , , , ,

Passeio ecológico pela internet!

Brasil

Brasil (Photo credit: wdroops)

Surfando na net, a procura de sites sobre meio ambiente e ecologia que possam nos ajudar a divulgar e encontrar fundos para o projeto Markko Bike Messenger’s, encontramos alguns sites e blogs que podem interessar nossos leitores e amigos!

Embarque na nau Zarpante e faça parte desse passeio ecológico virtual! Aproveite nossas dicas e não se esqueça de contribuir para o projeto Markko Bike Messenger’s!

1- OECO

“((o))eco é feito pela Associação O Eco, uma organização brasileira que se preza por não ter fins lucrativos nem vinculação com partidos políticos, empresas ou qualquer tipo de grupo de interesse.

O conteúdo do site é fruto do trabalho de uma rede de jornalistas e especialistas, muitos voluntários e outros que trabalham em tempo parcial. A graça de participar de ((o))eco não é financeira, mas acreditar e se beneficiar da sua missão de:

  • Dedicar-se a cobertura de pautas sobre o meio ambiente. Nossa razão de ser é a conservação da natureza
  • Treinar e propiciar experiência a jovens (ou nem tanto) escritores, fotógrafos e cinegrafistas vocacionados à cobertura ambiental, sejam eles jornalistas por formação ou não. ((o))eco é uma escola que espera impulsionar a carreira de profissionais brilhantes, motivados e espalhados por todos os cantos do Brasil.”

Conheça o site no link seguinte: clique aqui!

2- EcoAgência:

Agência de notícias ambientais reconhecida nacionalmente

“A EcoAgência é uma agência de notícias ambientais criada por voluntários do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul – NEJ/RS, em 2003, no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, quando os ecojornalistas perceberam que as pautas de meio ambiente recebiam pouca atenção da imprensa.

Desde 2004 ela funciona com um site na internet, procurando contribuir para a democratização da informação ambiental e a conscientização ecológica da sociedade com notícias, artigos e reportagens ambientais, publicadas no site e distribuídas por newsletter para todo o Brasil.”

Conheça o site: clique aqui!

 

3- ÓRGÃOS PÚBLICOS DE MEIO AMBIENTE

ANA – Agência Nacional de Águas
FEPAM/RS – Fundação Estadual de Proteção Ambiental
FZB – Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
ICMBIO – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL/RS/Ambiente
MMA – Ministério do Meio Ambiente
SEMA/RS – Secretaria Estadual do Meio Ambiente do rio Grande do Sul

4- STOP!

Sobre a STOP:

“A Associação STOP é uma associação sem fins lucrativos que estuda as causa psíquicas e sociais da destruição do mundo e os meios para melhorar a qualidade de vida da população.

 Foi fundada em Paris em 28 de junho de 1992 (lei 1901) pela psicanalista e escritora Cláudia Bernhardt de Souza Pacheco, que reuniu um grupo internacional de indivíduos e instituições dedicados à preservação da humanidade e da natureza. É realizada pela Associação Keppe & Pacheco.

Princípios de ação da STOP:

– Apolítica;
– Ecumênica;
– Inter racial;
– Internacional;
– Independente de poderes políticos e econômico financeiros.

A principal orientação científica e filosófica usada pela STOP é a do psicanalista, filósofo e cientista social, Norberto Keppe, criador do método da Psicanálise Integral ou Trilogia Analítica e autor de mais de 30 obras sobre a psico-socio-patologia.

Os objetivos da STOP são promover a conscientização em massa da causa psico-socio-patológica dos problemas, ainda inconscientes da nossa era, realizando uma verdadeira socioterapia.

Nossos programas fornecem ferramentas a quem queira trabalhar não só para brecar a destruição, mas também para melhorar a qualidade de vida dos seres humanos, da sociedade e do planeta como um todo.”

 

Conheça o site : clique aqui!

5- IGRÉ-Amigos da Água

Em Tupi-Guarani,
“IG” significa ÁGUA e
“RÉ” significa AMIGOS DE…”
Acesse o site : clique aqui!

6- Fundação Gaia

“A Fundação Gaia nasceu da vontade de possibilitar uma ampliação da atuação na luta ambiental de seu fundador e presidente, José Lutzenberger (foto). Criamos assim suporte e unimos esforços para a indicação e implantação de alternativas de soluções que levem à construção de uma sociedade mais sustentável ambiental e socialmente. Queremos contribuir para a garantia da sobrevivência e sustentabilidade de todas as espécies do nosso sistema vivo, o maravilhoso e fantástico planeta Terra – Gaia.”

Conheça o site: clique aqui!

 

7- Mater Natura

“O Mater Natura – Instituto de Estudos Ambientais é uma associação civil ambientalista, sem fins lucrativos, de caráter científico, educacional e cultural. Nossa missão é:

Contribuir para a conservação da diversidade biológica e cultural,
visando à melhoria da qualidade da vida.

Com uma história que se iniciou em 1983, após deliberações internas, em 1987 foi aprovado e registrado o nosso estatuto, que regulamenta as atividades institucionais. Em 2003, a Secretaria Nacional da Justiça nos qualificou como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.

O Mater Natura tem a finalidade de atuar pela preservação, conservação, recuperação e manejo sustentável do meio ambiente, do patrimônio paisagístico e dos bens e valores culturais. Conta com uma estrutura organizacional responsável pela gestão e fiscalização de suas atividades, e uma equipe multidisciplinar que elabora e executa projetos em diversas áreas do conhecimento, assim como desenvolve e participa de ações de políticas públicas, atuando em conjunto com uma rede de parceiros.”

Conheça a entidade: clique aqui!

8- Mapas coletivos S.Paulo

“MapasColetivos é um projeto sobre qualidade de vida na cidade de São Paulo. Junta cartografia digital, compartilhamento de dados e jornalismo-cidadão.

Qualquer pessoa pode criar seus próprios mapas e convidar o público a colaborar, e também colaborar nos mapeamentos existentes na galeria de mapas. A plataforma pode ser usada na internet e e nos celulares.

mapasColetivos é um espaço para reportar os temas importantes para a sustentabilidade urbana.

Áreas Verdes, Mobilidade Urbana, Qualidade do Ar, Água, Acessibidade, Arte e Cultura, Arquitetura e Urbanismo, Educação, Alimentação, Lixo e Reciclagem são temas de nosso projeto.

Ao criar seus mapas você colabora para um retrato mais amplo da cidade de São Paulo. Todos os relatos criados no seu mapa coletivo formam camadas de informação que são dinamicamente atualizadas na página inicial. E também formam sua geografia pessoal, sua atuação no mapasColetivos.

As narrativas feitas a partir dos dados mapeados buscam analisar dados, ampliar debate e evidenciar soluções. Todos somos mapeadores e repórteres.

O principal conceito é promover o mapeamento coletivo como forma de engajamento dos cidadãos na arena pública.

Queremos proporcionar acesso livre e de qualidade a dados cruciais para os cidadãos.”

[Saiba mais como participar]

 

9- Massa Crítica

Massa Crítica é um passeio de bicicleta normalmente realizado na última sexta-feira de cada mês em cidades ao redor do mundo, onde ciclistas e, menos frequentemente, skatistas, patinadores, rolos etc, tomam as ruas em massa.

“Massa Crítica” é amplamente compreendido como um esforço para promover modos alternativos (não-motorizados) de transporte e aumentar a conscientização sobre as questões de segurança que enfrentam os passageiros que utilizam formas não motorizadas de transporte ao compartilhar as ruas com veículos a motor. Os participantes se encontram em um local pré-definido podendo desfrutar da segurança e do companheirismo de viajar em grupo pelas ruas da cidade. Isto pode causar uma interrupção do tráfego motorizado, mas a filosofia geral por trás do passeio é expressa no slogan amplamente utilizado, “Nós não estamos bloqueando o tráfego, nós somos o trânsito”.

Passeios de Massa Crítica variam muito, em diferentes aspectos, incluindo a frequência e número de participantes. Por exemplo, no que foram os maiores eventos usando o nome de Massa Crítica, ciclistas em Budapeste, Hungria mantiveram apenas dois passeios a cada ano: 22 de Setembro (Dia Internacional Sem Carro) e 22 de Abril (Dia da Terra). Eles atraem dezenas de milhares de pilotos. Dia 22 de abril a participação no passeio de Budapeste já chegou a ser estimada em 32 mil pilotos!

Para mais info: clique aqui!

 

10- Ecoturismo em Portugal!

“Ecoturismo em Portugal pode ter demorado a chegar, mas está começando a se firmar nesta bela terra. Muitos lugares são sobrecarregados especialmente ao longo da costa. Mas outras áreas, especialmente no interior, estão sendo preservadas que as futuras gerações possam desfrutar.

Em Portugal, o maior parque nacional  é o da Peneda-Gerês, no distrito de Minho, a norte da cidade de Braga, perto da fronteira espanhola.

Mas o país tem muitas áreas especialmente protegidas, que são reservas naturais. A maioria destas são nas regiões montanhosas, incluindo Montesinho, perto de Bragança; Alvão, perto de Amarante real Vile, Serra dos Candeeiros, e perto de Fátima.

Nos últimos anos, o governo declarou também algumas das zonas costeiras de Portugal como paisagens protegidas, resgatando-as das mãos dos construtores. Estas áreas incluem os resorts de Esposende; Sintra-Cascais, e sudeste do Alentejo, além da região de Cabo de São Vicente.

Se você deseja encontrar alojamento em áreas protegidas de Portugal, confira Turismo da Natureza em Portugal, na Av.. Eng. Arantes e Oliveira n º 13, 4B, 1900-221 Lisboa (www.icat.fc.ul.pt).

Para obter uma lista de eco-friendly acomodações, espalhadas por todo o país, busca http://www.itsagreengreenworld.com.

Fonte:http://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=pt-BR&langpair=en%7Cpt&rurl=translate.google.com&twu=1&u=http://www.frommers.com/destinations/portugal/0235020277.html&usg=ALkJrhi4jMe2If02SOAdpvO0xtLH6MyK8Q#ixzz26wI3h6Os

 

Mandem suas dicas ecológicas por aqui mesmo! Basta comentar nosso artigo enviando a dica ou sugestão!

Quem sabe sua dica apareça em nosso próximo artigo sobre o meio ambiente!

 

Etiquetado , , , , , , , ,

Em breve no nosso site!

Français : Samuel Beckett.

Image via Wikipedia

É uma honra para Zarpante anunciar que em breve um projeto inscrito pelo grande Teatro Nacional São João (Porto),estará em nosso site. Um lindo projeto que envolve culturas diferentes e que poderá levar ao Brasil um trabalho teatral de alta qualidade!

Fiquem atentos e façam acontecer!

em breve no : www.zarpante.com

“Todos os que Falam” é um espetáculo encenado por Nuno Carinhas, diretor Artístico do TNSJ, baseado em Quatro “dramatículos” de Samuel Beckett – Ir e Vir (Come and Go, 1967 / Va-et-vient, 1966), Um Fragmento de Monólogo (A Piece of Monologue, 1979 / Solo, 1982), Baloiço (Rockaby, 1981 / Berceuse, 1982) Não Eu (Not I, 1973 / Pas moi, 1975). É uma co-produção do TNSJ (Porto) com ASSéDIO–Associação de Ideias Obscuras e Ensemble – Sociedade de Actores.

 

A digressão deste espectáculo a diversas cidades brasileiras (Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Curitiba, Porto Alegre,Salvador, Ribeirão Preto, Santos ou Recife) em Setembro/Outubro de 2012, apenas será possivel caso se consiga o financiamento necessário.

 

“Este é um espectáculo austero e duro, ao qual são bem-vindos “todos os que falam” e escutam, os resistentes deste “buraco abandonado por Deus”. É difícil de perceber porque demora tanto tempo até que alguma imagem se produza para além das palavras do autor. Até onde e quando devemos escavar, como Beckett escavou dentro de si. As palavras, há que torná-las nossas para revelar a carnação do corpo vivo perecível, atento, expressivo, falante. É dentro do fundo da mina escura que encontramos a essência destes segredos partilhados pelo autor. Segredos sobre si próprio mais do que sobre a genérica e estafada condição humana. O seu ser humano que ele reproduziu como ninguém nestes “dramatículos”. Ecos sacudidos das inquietações de um melancólico crónico. (A melancronia sistematizada à exaustão até à ultrapassagem do sofrimento incomensurável, incomensarável, que só um sobrevivente é capaz de transpor para outro sobrevivente, dizendo de si, falando de si, “a boca em chamas”.) Aos actores é-lhes pedido que sejam, mais do que pareçam. Que pereçam para renascer, dando nome a estas personagens sem nome. A carnação é a deles, o corpo com voz, a disciplina, o gozo de resgatarem a nossa atenção mano-a-mano.”

Etiquetado , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: