Arquivo da tag: Fortaleza

Banksy no Brasil?

A cidade de Fortaleza acolhe seu primeiro Festival Internacional de Arte Urbana do 15 ao 23 de novembro, « Concreto ».

O jornal O Povo on line, anunciou que o celebre artista de rua Banksy teria confirmado sua participação ao organizador Narcélio Grud.

« Parece piada, mais Banksy confirmou par email que viria durante o Festival. Ele fará um trabalho aqui na cidade mas não deseja que seu nome seja colocado em destaque.(…) Pediu inclusive que o nome dele não seja mencionado na agenda » relatou Narcélio ao jornal.

Narcélio perguntou a Banksy por email «porque ele nunca tinha estado na América Latina, e porque ele nunca ia a países do Terceiro Mundo? ». Depois de vários emails Banksy teria confirmado presença mas em toda discrição.

Confiram abaixo trabalhos de artistas que já confirmaram presença:

Quem estiver em Fortaleza não deve perder essa oportunidade de quem sabe ver o Banksy e de com certeza ver os trabalhos de outros artistas nacionais e internacionais como Mateus Grimm – Rio Grande do Sul, 6emeia – São Paulo, Galos – Pernambuco, Naldo – Maranhão e Cuco – Maranhão, Gris One – Colômbia, Mart – Argentina, Loomit– Alemanha, Borondo – Espanha Gerso – Mexico, e muitos outros!

Etiquetado , , , , , ,

Podemos rir juntos!

Aproveitando que em 12 de outubro se comemorou o Dia da Criança no Brasil, que tal lembrarmos juntos do bem que faz sorrir?

O vídeo abaixo nos mergulha na infância novamente e, além disso, nos mostra como um simples gesto positivo pode alavancar uma avalanche de gestos similares!

Gostaram do vídeo? Pois é, nós acreditamos que esse exemplo possa ser utilizado para construir e levar adiante projetos culturais por meio do Crowdfunding!

Se, por exemplo, cada pessoa que acessar este artigo compartilhá-lo (ainda que seja somente com uma outra pessoa), por e-mail ou redes sociais, imaginem a viralidade que nosso artigo poderá ganhar!

E se, de cada 5 pessoas que compartilharem a notícia, uma realmente se interessar pelos projetos e contribuir, de quantos compartilhamentos precisamos para atingir nossas metas financeiras?

Bem, vocês já entenderam a ideia, não é? Acessem, contribuam e/ou compartilhem…

crainçada

Já que todo dia deveria ser Dia da Criança, aproveitem para fortalecer o sonho de algumas crianças de comunidades carentes de Fortaleza. Ajudem a divulgar o projeto de Estimulação do desenvolvimento infantil e/ou contribuam com o que puderem. As crianças agradecem e todos os fundos arrecadados serão revertidos para o projeto, atinja este ou não a meta financeira desejada.

As duas palavras-chave são estas: Compartilhem e Contribuam, pois, se cada um fizer igual, por menor que seja a contribuição, poderemos juntos atingir as metas financeiras necessárias para os projetos!

Sejamos  também solidários com a Companhia de teatro 33 Ânimos e participemos do projeto Morte Súbita, que conta com pouco mais de um mês de captação até o fim do prazo!

Lembrem-se: um sorriso pode contagiar múltiplos sorrisos.

Vejam também:

– Vamos dar vida à Morte Súbita

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

4×4

O objetivo do 4×4 é compartilhar 8 vezes mais! Poderão ser textos, vídeos, dicas, eventos, etc… Sempre em torno de uma temática diferente,  e claro, em português!

Nesta primeira edição de nosso 4×4, iremos fazer assim:

            – Quatro downloads gratuitos:

  1. A  Funarte disponibiliza o download do livro Políticas para as Artes – prática e reflexão. Seis eixos temáticos abordados: arte e tecnologia; fomento; artes e economia criativa; gestão de políticas culturais; arte e sustentabilidade; memória e preservação. Clique aqui para baixar o arquivo.
  2. “A diversidade cultural vem suscitando um interesse notável desde o começo do novo século. Porém os significados que se associam a esta expressão “cômoda” são tão variados como mutáveis. Para alguns a diversidade cultural é intrinsecamente positiva, na medida em que se refere a um intercâmbio da riqueza inerente a cada cultura do mundo e, assim, aos vínculos que nos unem nos processos de diálogo e de troca. Para outros, as diferenças culturais fazem-nos perder de vista o que temos em comum como seres humanos, constituindo assim a raiz de numerosos conflitos” Para ler o resto, clique aqui e baixe o pdf.
  3. – Quatro iniciativas artísticas revolucionárias:

    1. Artocracy: quando a democracia deixa de ser aristocrática na Tunísia e o rosto do povo vira arte nas ruas! Página no face. (fotos na galeria acima)
    2. Surge em Fortaleza o Movimento por uma Arte Revolucionária Independente.
    3. O vinagre e as manifestações no Brasil. (foto na Galeria acima)
    4. Joana Vasconcelos exuberante ou revolucionária? (fotos na Galeria acima)
Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Gisele Bündchen canta por uma boa causa

O rosto da rede de lojas H&M, antes era representado por Beyonce, está agora em mãos brasileiras! A modelo Gisele Bündchen representa o novo rosto da H&M.

A brasileira já começa seu reinado em alto estilo: cantando para arrecadar fundos para a Unicef!

UNICEF

UNICEF (Photo credit: UNICEF Ethiopia)

Uma Bela ação humanitária, e principalmente uma grande tacada de marketing lançada pela H&M, que tendo perdido a cantora Beyonce, encontrou uma nova representante, e mostrou que além de ter um lindo rosto, a modelo brasileira canta (apesar de não cantar  como a Beyonce).

A música fará parte da nova campanha publicitária da rede H&M, e estará no I-Tunes para quem quiser comprá-la. Toda a renda arrecadada será doada à Unicef.

Não conhecemos ainda o valor que poderá ser arrecadado para ser doado a Unicef, más uma pergunta não quer calar: quanto será que a modelo foi paga para fazer isso tudo?

Gisele Bündchen

Gisele Bündchen (Photo credit: jccchou)

Marketing também é isso: fazer você acreditar que é tudo pelo bem dos outros, que a campanha é puramente altruísta, que tudo isso é unicamente pela vontade de ajudar a Unicef, quando na verdade o único objetivo aqui, é dar ainda mais visibilidade a marca, que parece assim estar abrindo mão de seus benefícios para doá-los a Unicef. A realidade é que isso tudo é friamente calculado, e que se a marca fez isso, foi por saber que a campanha trará um bom retorno em termos de imagem, e consequentemente, de vendas.

Será que a H&M teria a transparência de nos dizer qual foi a remuneração da modelo Gisele pela sua participação na campanha? Ou quanto eles pagam para que ela seja o rosto da marca? E será que podem nos explicar porque não doam diretamente esses fundos a Unicef em vez de passar pela campanha com a Gisele Bündchen?

Tirem suas próprias conclusões!

Em um mundo em que nem todos tem o peso monetário da H&M, como arrecadar fundos para um projeto social que seja desenvolvido por uma ONG que não tem o mesmo calibre que a Unicef?

Indo a luta: e foi assim que a ONG francesa ESSOR, iniciou um projeto de crowdfunding no site Zarpante. A técnica é basicamente a mesma só que nós não temos nenhuma Gisele Bündchen para nos ajudar. Quem quiser ajudar a Unicef, paga um valor x e recebe como recompensa a música da modelo. O crowdfunding é assim mesmo: você coloca um valor x para ajudar um projeto e recebe recompensas por isso.

Claro que tendo uma recompensa que seja uma música cantada pela Gisele, fica tudo mais fácil, mas parando para pensar, percebemos rapidamente, que no caso da H&M, quem realmente desejar ter essa música, provavelmente vá baixá-la gratuitamente pela net… Certamente a Unicef fará uma boa utilização dos fundos arrecadados, mas o fato, é que por meio da campanha da H&M, não foi dada nenhuma informação detalhada sobre como serão utilizados os fundos pela Unicef. Já no projeto Estimulação do desenvolvimento infantil, isso está detalhadamente descrito. No entanto, precisamos dizer quem vai arrecadar mais?

Se fizerem parte dessas pessoas que querem inverter o rumo do barco, sejam bem-vindos ao Zarpante, e por favor, não esqueçam que toda contribuição financeira, por menor que seja, é essencial para que possamos ajudar as crianças carentes de Fortaleza! E por mais, que os tempos não sejam de nacionalismo, é bom lembrar que as crianças carentes de Fortaleza precisam muito mais desses fundos que a H&M…

Etiquetado , , , , , , ,

Darcy Ribeiro 9

Para todos aqueles que quiserem armazenar um pouco de cultura sobre as origens do povo brasileiro antes ou depois de sair para festejar o fim de semana, disponibilizamos hoje o nono capítulo da série O Povo Brasileiro!

A  Amazónia e o povo caboclo que por lá se formou. Darcy parece emocionado ao falar deste vasto território! Não é para menos! O ”jardim da terra”, com seus cupuaçus e sua fauna,sempre foi o reino de mitos. Outrora o sonho do Eldorado era povoado por lindas guerreiras amazonas.

ShabanoYanomami.jpg

Aldeia Yanomami Imagem via Wikipedia

Nossas raízes pré-históricas e o povo Yanomami, indígenas e jesuítas que pouco a pouco misturados a pretos e brancos foram formando o povo caboclo!

Entre vastos territórios e tortuosos igarapés (palavra indígena que simboliza o caminho da canoa), descubram esse povo amazónico, sua formação e um pouco mais sobre a triste dizimação dos povos indígenas e sobre os conflitos agrários ainda tão atuais!

Assistam abaixo:

Etiquetado , , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: