Arquivo da tag: o rio

Um arquiteto para o céu

Niemeyer

Dia 05 de dezembro de 2012, o mundo perdeu um mestre da arquitetura. O ultimo grande arquiteto do século XX nos deixou aos 104 anos para ir reconstruir o céu! Deixa-nos um legado fantástico, que inclui  a realização de toda uma cidade! Sim, porque hoje os brasilienses perderam um dos idealizadores daquela que  é a capital brasileira!

Essa é nossa singela homenagem a um dos maiores representantes da cultura brasileira! Vais deixar saudades!

Leiam também a matéria do jornal português “Público”:

“O arquitecto brasileiro Oscar Niemeyer morreu aos 104 anos, num hospital do Rio de Janeiro. Tinha sido internado no início do mês passado, pela terceira vez este ano. Desde então, o estado clínico tinha vindo a agravar-se, com problemas respiratórios e renais.

Nascido no Rio de Janeiro, a 15 de Dezembro de 1907, estava perto de celebrar os 105 anos. Teve cinco irmãos e a sua mãe morreu de cancro, ainda nova. Sobreviveu à sua única filha Anna Maria morta em Junho passado. Visitei-o uma última vez, em Março de 2011. Andava entusiasmado com a criação de uma nova Escola Popular que teria o seu nome. Com o humor que todos lhe reconheciam, recordou a construção de Brasília e a sua aversão por viagens de avião. Frequentou o escritório da Av. Atlântica, em Copacabana, até quase ao fim.

Oriundo de uma família carioca, conservadora e católica, com descendentes germânicos que acompanharam a corte portuguesa, em 1807, na sua mudança para o Rio de Janeiro, Niemeyer viveu uma juventude despreocupada e protegida por uma prima solteira. Estudaria arquitectura por convicção ainda que só tardiamente. No terceiro ano, já casado com Annita Balbo, ofereceu-se para trabalhar gratuitamente no escritório de Lúcio Costa e Carlos Leão.

Com Lúcio Costa, cinco anos mais velho, inicia-se na leitura das ideias de Le Corbusier, com quem teria a possibilidade de colaborar logo em 1936, no projecto para o Ministério da Educação e Saúde, no Rio. O edifício seria o resultado de uma equipa montada por Costa, tendo Le Corbusier como consultor. Niemeyer teria grande responsabilidade no desenho final, influenciando a posição do bloco principal no quarteirão, ou determinando a direcção horizontal dos “quebra-sóis”. Em 1939, também em uma parceria com Costa, projectou o pavilhão do Brasil para a Feira Internacional de Nova Iorque, abeirando-se já de uma espacialidade gestual, concretizada no desenho da rampa e na permeabilidade do volume, características que assinalariam a sua primeira grande ruptura com o racionalismo internacional.

O melhor, portanto, insinuava-se: “Minha arquitectura começou depois na Pampulha”. Estava-se em plena segunda guerra na Europa e, a serviço de Juscelino Kubitschek, futuro presidente do Brasil, construiria quatro obras-primas à beira da lagoa da Pampulha, bairro residencial sofisticado na periferia da capital mineira de Belo Horizonte. Aqui estreava-se na exploração das capacidades plásticas que a nova técnica do betão armado possibilitava, dotando os seus edifícios de uma forte conotação formal.

No entanto, quando surgiu o desafio, também lançado por Kubitschek, já presidente, para a construção dos principais edifícios públicos da nova capital do país Brasília – inaugurada em Abril de 1960 – a arquitectura de Niemeyer ressente-se desse “excesso” formalista, contraindo-se aparentemente. Os edifícios de Brasília apresentam-se geometricamente mais regrados e definidos pela estrutura, como é o caso do Palácio da Alvorada, logo de 1956, ou o conjunto da Praça dos Três Poderes. Esta nova fase seria significativa para a evolução da arquitectura brasileira, repercutindo-se no trabalho das gerações mais recentes.

A colaboração estreita que manteve com os engenheiros de estruturas transformaria a sua arquitectura num ensaio de risco permanente. Essa confiança haveria de se manifestar nas obras construídas no exílio, cumprido em plena ditadura militar. Na Argélia, recentemente independente, mais exactamente no campus da universidade de Constantine, cumpriu um dos seus programas arquitectónicos mais arriscados, levando a técnica do betão armado a um limite aparentemente insustentável. Contra o conselho dos engenheiros franceses que propuseram que a grande viga longitudinal, que compunha a fachada, possuísse um metro e meio de espessura, adoptou a solução de uma viga de apenas 30 cm.

Niemeyer deixou obra significativa fora do seu país, chegando mesmo a construir, com Alfredo Viana de Lima, em Portugal, o Hotel Casino do Funchal, a meio da década de 60, hoje bastante desvirtuado. Foi protegido por figuras como André Malraux, em França, ou Giorgio Mondadori, que em 1968 lhe encomendou a sede da sua editora, nas proximidades de Milão. Tornou-se o maior embaixador da arquitectura brasileira. Isto todavia é pouco, se comparado com o contributo que deu à evolução da arquitectura moderna. Muitos dos seus edifícios tornaram-se arquétipos para os arquitectos contemporâneos. Niemeyer foi um génio e como tal, padeceu de violentos ataques e também de elogios condescendentes. Talvez por ter medo da morte, foi aquilo que podemos descrever como um “homem feliz”.”

– Leia também este artigo sobre o mestre!

Etiquetado , , , , , , ,

Parcerias Zarpantes!

Hoje gostaríamos de apresentar nossa rede de parceiros! Entidades espalhadas pelo mundo com as quais já firmamos parcerias! Um post para que fiquem todos conhecendo nossos parceiros e para que estes possam interagir entre si! Cliquem nas fotos ou logos para acessar os sites! Temos outros links em nosso site que são de rádios, podcasts ou entidades que curtimos.Divulgaremos esses links em outro post! Para as pessoas físicas ou jurídicas que quiserem estabelecer uma parceria com Zarpante, basta que escrevam para o zarpante@gmail.com e mandem suas sugestões! Quanto mais parceiros em diversas áreas conseguirmos, mais facilmente poderemos articular projetos de interesse publico que venham enriquecer nossas sociedades artísticas e culturais! Estão todos convidados!

Em Angola:

1-

Blog e Podcast de alta qualidade! Lusofonia musical a flor da pele! O responsável pelo site vem de Angola mas mora nos Estados Unidos! Por isso o texto em inglês abaixo para apresentar um site bilingue!

“Without music, life would be an error.” Friedrich Nietzsche

Caipirinha Lounge is all about music in Portuguese or by Lusophone artists. It’s born out of a sincere belief that Lusophone music should reach a much larger audience. The lounge features music from Brazil, Angola, Portugal, Guine-Bissau, Cabo Verde, São Tomé & Principe, Mozambique, Galicia, and even Timor-Leste. Occasionally, there will be posts about singers so good that the fact that they do not sing in Portuguese is momentarily overlooked.

2-Eu Sou o som das letras a magia das Palavras

Movimento Artístico e Cultural Lev´Arte.

* Fundado em Angola aos 20 de Julho de 2006;
* Inaugurado no Brasil aos 25 de Maio de 2009.

Parceiros que  trabalham com distintas formas de arte mas principalmente poesia e literatura!

No Brasil:

1-

O Rio de Janeiro é muito mais do que o Corcovado, o Pão de Açúcar e Copacabana.

Go To Rio é um ambiente onde quem está interessado em obter informações sobre tudo o que a cidade tem a oferecer pode encontrar com pessoas que realmente conhecem o Rio e desejam trocar experiências.

Esta troca é possibilitada por uma combinação das mais modernas tecnologias de rede social, guias online e sites de avaliações de atrativos e estabelecimentos, como:
– Criação de perfil com mural
– Caixa de Mensagens
– Chat
– Busca e adição de amigos
– Grupos
– Blogs
– Compartilhamento de fotos e vídeos
– Fórum
– Feed de notícias
– Busca de informações e avaliações de locais para visitar, comer e se hospedar
– Calendário de eventos

Busque, interaja, informe-se e compartilhe sua experiência na cidade maravilhosa, Go To Rio

2-Parceiros de São Paulo! Áudio estúdio jovem porem com profissionais super qualificados! Ajudam Zarpante a produzir nosso querido Podcast!

3-A Empresa Penna Firme… O músico Penna Firme e seus projetos  com outros músicos , rádios, etc. Representando a cidade maravilhosa e seus novos artistas!

4-O espaço Localizado no centro da cidade de Fortaleza, contribui e contribui para revitalização do Centro da cidade e se tornou mais que o espaço cultural mais democrático do Ceará, como mencionou o Anuário da Literatura do Ceará, e sim um local de aprendizado, de conversas, de alegria, de Economia Solidária.

    Com Programação todos os sábados ( Veja a nossa Agenda ) O Espaço abriga o ponto de leitura ( contemplado pela Secultfor, através do edital mais cultural pontos de leitura) Poemoteca Manoel Cesár, realiza projetos como o Viagens Poéticas (Aprovado pela Secultfor, através do edital das artes 2010), sem esquecer, é claro do nosso Descansódromo.
Venha conhecer e visitar o Templo da Poesia:
Rua Barão de Aratanha, 201, Centro
Fortaleza-CE
CEP 60050-070
Contatos (85) 86034105 (85) 85328178
Nos Estados Unidos:
1-

BDCi.TV é um canal de televisão na Internet que chega com a proposta de revolucionar o mercado da multimídia, trazendo informação de qualidade e jornalismo! O site funciona como fonte de informação para profissionais brasileiros no exterior e para a comunidade americana com interesse na cultura & economia do Brasil.

Brazilian Digital Channel – Internet TV. A Brazilian internet channel located in Los Angeles providing Brazilian and Americans with the latest in the world’s and local news and a diversity of shows in Portuguese and English.

Na França:
1-A Alter’Brasilis é uma associação sociocultural de divulgação da cultura brasileira e da lusofonia na França. Acreditamos que a língua seja o primeiro passo para descoberta de uma cultura, razão pela qual oferecemos cursos de português em mini-grupos. Por outro lado, organizamos vários eventos visando criar um espaço de intercâmbio cultural e linguístico para nossos membros. Alter’Brasilis est une association socioculturelle qui fait la promotion de la culture Brésilienne et de la lusophonie en France. Nous pensons que la langue est un premier pas incontournable dans la découverte d’une culture, c’est pourquoi nous dispensons des cours de portugais en mini-groupe. Par ailleurs, nous organisons différents évènements dans le but de créer un espace d’échange interculturel et linguistique pour nos adhérents.

2-O Brasilité oferece uma maneira bonita de exportar nossa cultura e educar a ”gringalhada” sobre o Brasil além das praias e das bundas. É também um meio interessante de importar a cultura dos outros, e aprender que nem todo francês usa boina e come queijo dia e noite. O conteúdo varia entre tudo e qualquer coisa, desde que mantenhamos o respeito e possamos ensinar e aprender algo novo no fim do dia.

Brasilité offre une belle façon d’exporter notre culture et apprendre aux étrangers des choses sur le Brésil, autres que les plages et les fesses. C’est aussi un moyen intéressant d’importer la culture d’autrui, et de signaler que tout français ne porte pas un béret jour et nuit. Le contenu flotte entre le tout et le n’importe quoi, du moment où nous gardions le respect et puissions apprendre et faire apprendre quelque chose en fin de journée.

 

Na Holanda:

1-Desde 2003, produzindo e promovendo projetos ligados a cultura brasileira na Holanda.

 

Em Moçambique:

1-Kuphaluxa – significa Disseminar, daí o nosso lema: “dizer, fazer e sentir a literatura”

Associação Movimento Literário Kuphaluxa é uma agremiação artística literária que tem como fim divulgar e estimular o gosto pela literatura, sem fins lucrativos, dotado de órgãos democráticos.

Fundado em 2009 e apadrinhado pelo Centro Cultural Brasil – Moçambique, o Movimento Kuphaluxa, norteia-se pelos objectivos principais de, promover a literatura moçambicana na diáspora; incutir o gosto pela leitura no seio dos jovens; promover e divulgar novos aspirantes do mundo literário em Moçambique, bem como, permitir o intercâmbio entre amantes da literatura moçambicana e de outros países de língua portuguesa, com o principal enfoque para o Brasil.

Para a consolidação desses objectivos, o movimento, desenvolve várias acções nas escolas, nos centros culturais, nos bairros e outras instituições e lugares de acordo com projectos concretos, como é o caso das cadeias, onde oferecemos livros e revistas literárias como forma de incentivar à leitura e permitir o livre e fácil acesso ao livro.

Como o nosso movimento é principalmente, é maioritariamente constituído por jovens com um grande envolvimento na produção literária (declamadores, contadores de estórias, escritores nos diferentes géneros literários), nos destacamos na participação de eventos culturais, não apenas virados a literatura, como forma de divulgar e promover estes artistas e servindo-se dos eventos para chamar a atenção sobre o que diz respeito a valorização e consumo do património literário nacional.

A nossa sede situa-se na cidade de Maputo, capital de Moçambique e temos, por enquanto, representações noutras cidades do País (Matola, Xai-Xai, Tete, Nampula e Lichinga), que pretendemos, torná-las em delegações, de modo a permitir que os amantes da literatura nessas cidades possam ter a oportunidade de aliarem-se ao movimento e ao activismo literário.

Podem ser membros deste movimento, todos cidadãos moçambicanos e brasileiros (que gozem do direito de residência legítimo no País).

Mas também, o movimento distingue outro tipo de membro que permitem a participação de pessoas singulares como associadas, através da nomeação destes como membros honorários e colaboradores, em virtude do impacto das suas acções para o desenvolvimento como organização.

Pelo Mundo:

1-

A Conexão Lusófona é a primeira organização de jovens da Lusofonia e surgiu da vontade de um grupo de amigos em trabalhar para uma maior integração das culturas e sociedades a que pertencem.

Hoje, é antes de qualquer coisa, um movimento em prol da interculturalidade empenhado na construção da identidade cultural lusófona assim como no desenvolvimento e projeção da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, ou da Lusofonia em seu sentido mais amplo.

No cerne do projeto está uma rede social além fronteiras que promove diversas iniciativas para fomentar a troca de experiências e conhecimento entre os falantes da língua portuguesa, procurando desenvolver um sentimento de identificação e pertencimento a uma comunidade, que se constrói através da integração especial de todos os seus membros, preservando a diversidade que a caracteriza e destacando as similaridades que unem seus países e regiões.

Em resumo, a Conexão Lusófona acaba sendo um lugar para jovens de todas as partes do mundo descobrirem, experimentarem, reflectirem e ajudarem a construir uma Lusofonia que lhes pertence.

 

 

Em Portugal:

1-Sotaques.com é uma ponte permanentemente aberta à comunicação entre os vários sotaques brasileiros e portugueses!

 

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: