Arquivo da tag: Timor-Leste

FESTLIP 2013: teatro das terras de língua portuguesa

Prestigie o teatro de língua portuguesa!

Screen shot 2013-08-22 at 1.09.55 PM

Programação do FESTLIP 2013:

Screen shot 2013-08-22 at 1.02.44 PM

Screen shot 2013-08-22 at 1.02.54 PM

“O FESTLIP chega a sua 5ª. Edição em 2013 consolidando o movimento pioneiro e de âmbito internacional criado em 2008, pela atriz e produtora Tânia Pires, de intercâmbio do teatro entre os 08 países da CPLP – Comunidade dos Países da Língua Portuguesa: Brasil, Portugal, Moçambique, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Timor Leste e São Tomé e Príncipe , que envolve os 04 continentes.

Realizado pela TALU PRODUÇÕES é um iniciativa da sociedade civil, com grande importância no papel social, educacional e cultural do Brasil, país que hoje possui 80% dos falantes da nossa língua. O FESTLIP mobiliza todo o universo artístico da língua portuguesa, o que projeta e fortalece o nosso idioma, se valendo das características comuns e diversas de cada país, agregando valores às suas histórias culturais e sociais. O festival conquistou o reconhecimento mundial como um evento de grande fomento às artes cênicas, e também de formação dos atores dos países participantes, além da interação e enriquecimento do processo criativo no teatro.

O FESTLIP reúne uma programação de espetáculos internacionais distribuídos por diversos teatros da cidade do Rio de Janeiro, vitrines culturais do nosso país. Paralelamente, o evento se enriquece com exposição, palestras, debates, show musical, mostra gourmet, lançamentos literários e oficinas,oferecendo um leque completo de atividades culturais relacionadas ao tema. No final da temporada um espetáculo revelação é eleito por voto popular. Toda programação conta com ingressos populares, por compreender que o acesso ao conhecimento da cultura histórica da língua portuguesa é um patrimônio público.

O evento homenageia ainda todo ano uma personalidade que influencia o teatro da língua portuguesa. Em 2011, o FESTLIP – homenageou a Cia. de Teatro/Dança de Cabo Verde, Raiz di Polon, por sua contribuição em 20 anos de carreira. Em 2010, o festival rendeu-se ao talento de um dos maiores ícones do teatro português, a atriz Maria do Céu Guerra. Em 2009 o foi a vez do escritor e dramaturgo moçambicano, Mia Couto e em 2008, a atriz brasileira, Maria Fernanda. Nesta 5ª. Edição homenageia o renomado dramaturgo e diretor angolano, José Mena Abrantes.” Fonte: site oficial do FESTLIP

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Musicas lusófonas sobre solidão

O público votou, e definiu a solidão como tema para o Podcast Zarpante 15!

Antes de mais nada, gostaríamos de agradecer pelos  mais de 300 votos contabilizados entre os seguidores no Facebook e os leitores deste blog!

Para nossa surpresa, o tema mais votado foi a solidão, que deixou para trás o tesão (que até a metade da votação, estava em vantagem) e a paixão!

O Podcast Zarpante 15 (do mês de fevereiro de 2013) está quase pronto! Porém, seria bom termos mais músicas de países lusófonos que não sejam o Brasil, e nesse intuito, pedimos aos nossos leitores que enviem sugestões de músicas de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Portugal, Guiné Bissau, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe  que tratem do tema da solidão!

Por outro lado, músicos e compositores (de todos os países lusófonos) que tiverem alguma música sobre o tema, podem nos enviar suas músicas em formato mp3 para o email zarpante@gmail.com!

Agradecemos antecipadamente pela participação!

Etiquetado , , , , , ,

Arte e Cultura de Timor-Leste!

Futuro Museu e Centro Cultural de Timor-Leste!

A par da criação da Biblioteca Nacional e Arquivo de Timor-Leste, a Secretaria de Estado da Cultura está a desenvolver, em parceria com a UNESCO, o projecto de construção do Museu e Centro Cultural de Timor-Leste. “Pensámos que deveríamos aproveitar esta fase de construção e planear já este projecto” explica Virgílio Simith.

A existência de locais adequados para o desenvolvimento de actividades culturais é fundamental para dinamizar a cultura e consequentemente contribuir para a afirmação da identidade nacional. A Secretaria de Estado da Cultura pretende, assim, dinamizar e promover a realização de novos eventos num espaço condigno e com as condições necessárias para “colocar a Cultura ao serviço da afirmação da Nação e do Estado timorense”, que é, de resto, uma das prioridades definida pelo IV Governo Constitucional no seu programa para o período legislativo entre 2007 e 2012.

Existem já alguns conteúdos para expor permanentemente no Museu Nacional, como a colecção geológica exposta no Palácio Presidencial, a colecção arqueológica que está espalhada por vários países e a colecção etnográfica, com cerca de 800 peças, que está guardada no Ministério da Educação. “Há colecções patrimoniais de alto valor que saíram de Timor-Leste, mas quando tivermos uma estrutura como o Museu e Centro Cultural podem regressar ao país”, afirma o Secretário de Estado, acrescentando outras potencialidades da futura instituição: “é uma forma de atracção turística, é um espaço de diversão e de investigação. Um espaço de pesquisa, não só para timorenses como também para estrangeiros, que passam, assim, a ter um local próprio, em Timor-Leste, para fazer os seus estudos. O Museu será um espaço de inspiração”.

O projecto prevê, ainda, que o Museu e Centro Cultural albergue as futuras Escolas de Artes e Música, cujos estudos de viabilidade foram previstos no programa do IV Governo Constitucional. Tal como a Biblioteca Nacional e Arquivo, o Museu e Centro Cultural de Timor-Leste deverá ficar localizado em Aitarak Laran, em Díli.

Fontes:

texto retirado da página do governo de Timor-Leste.

*Foto retirada do site da Secretaria de Estado da Cultura de Timor

Etiquetado , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: