Arquivo da tag: Sara Tavares

A revolução começa por nós mesmos

Seleccionamos algumas músicas relacionadas (directa ou indirectamente) com a temática das manifestações:

– Começamos com um som de Portugal que em poucas palavras descreve perfeitamente o verdadeiro espírito revolucionário! Talvez uma das músicas mais curtas de todas as seleccionadas mas com certeza a música com a qual estamos mais de acordo!

– Continuamos em Portugal com um belo vídeo sobre crise e revolução:

– Ainda sobre a crise:

– Em Angola aprendemos a olhar por detrás do pano:

– No Brasil a luta é contra pedras pesadas:

– De Cabo Verde a Portugal o Rap é manifesto:

– Afinal a luta há de ser contra a fome:

– Por isso em Moçambique busca-se uma intervenção rápida:

– Algo que nos tire dessa geração de hipocrisia:

– Antes que o povo queime tudo:

– E distribua tapas em vez de crisântemos:

– Aqui o manifesto é em prol de nossa língua:

– Mas ainda restam dúvidas se alguém nos ouviu:

– Por isso acordai:

– E vamos juntos dançar na corda bamba!

– Agora, se sua revolta é sentimental faça como Sara Tavares:

– Mostre seu amor popular:

– Ainda que no fundo pense que nada mudará:

– Mande tudo para o inferno:

– Quem sabe assim te deixem em paz:

– Nunca deixe de manter os braços abertos para a vida:

– Ou perderá sua criatividade:

– Afinal, está chegando a Hora:

– Alguém chamou os homens fardados?

Agora, para quem quer  levar o raciocínio além:

400736_625355290811126_1651781403_n

Sobre o mesmo assunto:

– Manifesto por uma Arte Revolucionária Independente

– Uma panela prestes a explodir!

– Música para revolução

Etiquetado , , , , , , , , ,

Eu vou falar em português!

“Eu vou falar em português, com cada vogal em seu lugar,

dita com toda clareza, uma de cada vez, assim, não comendo os Rs nem os Is,

e pondo cada O, aberto ou fechado, dentro da sílaba que lhe cabe,

o português fica com os pontos nos Is, para que o ouvido perceba o que é dele.”

Um poema de Nuno Júdice musicado por  Marco Pombinho e interpretado (em 05 de maio de 2012, na Feira do Livro de Lisboa) por Rita Vian  e Henrique Moretzsohn de Andrade!

Zarpante gostaria de agradecer a Laura Vidal, da Conexão Lusófona, a Leya, que nos cedeu o espaço tão gentilmente, aos músicos e ao público presente! Lembramos que, em 12 de maio, às 21h, no Mercado da Ribeira, estará acontecendo o show organizado pela Conexão Lusófona, em parceria com a CPLP! Um show em prol da lusofonia, onde poderão ver artistas como Sara Tavares, Tito Paris, Susana Félix, Pierre Aderne, Yuri Da Cunha, Luiz Caracol, Manecas Costa, Couple Coffee, Tubias Vaiana, Costa Neto, Júlio Pereira, Biru e mais algumas surpresas!

Estiveram também presentes, no dia de abertura do festival, a carismática Aline Frazão, que veio da Galícia representar suas raízes angolanas, e o grande guitarrista Kay Limak, do Timor Leste! Quem passou por lá teve a sorte de ouvir essa grande voz da música lusófona, acompanhada por Kay Limak! Infelizmente, nossa câmera nos deixou na mão no momento em que tocavam, mas podem ver aqui treze segundos de pura magia lusófona! Somente para deixar todos com água na boca!

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Festival lusófono!

“De 5 a 12 de Maio a cidade de Lisboa fará um périplo pela cultura dos países de língua portuguesa com várias iniciativas promovidas pela Conexão Lusófona – a primeira organização de jovens da Lusofonia.

Sara Tavares, Yuri da Cunha, Susana Félix, Manecas Costa, Júlio Pereira, Tito Paris, Couple Coffee, Luiz Caracol, Aline Frazão, Pierre Aderne, Costa Neto, Tubias Vaiana e Kay Limak são os nomes confirmados para o festival de encerramento que se realiza no dia 12 de Maio.

Enquadradas na programação oficial da semana cultural da CPLP, as iniciativas da Conexão Lusófona pretendem criar um efeito multiplicador que levem a uma maior dimensão o número de jovens que despertam para o tema Lusofonia.

Seja no âmbito cultural, por meio de novas experiências musicais, literárias e artísticas, seja no âmbito de uma presença mais ativa e consciente na dinâmica da cidadania lusófona.

Música, dança, debates, exposições, poesia e oficinas, com muita interatividade, performances variadas e diálogo geracional, são as notas de referência numa semana que se quer intensa.

Flag CPLP Español: Bandera de CPLP

As iniciativas da Conexão Lusófona contam com o apoio do Grupo Leya e da marca de refrigerantes Blue (Grupo Angolano Refriango), cuja estratégia de marketing se associa à missão da Conexão – promover a Lusofonia. Este projeto é ainda apoiado pela Câmara Municipal de Lisboa, CPLP, com particular empenho da Missão de Angola junto à CPLP, e Programa “Juventude em Ação” da União Europeia.

Muito em breve, a Conexão Lusófona, nascida do encontro de jovens na internet, pretende levar este projeto aos restantes países da Comunidade.

Contamos consigo para apoiar na divulgação desta iniciativa e somar forças a este movimento.” Fonte: site do Conexão Lusófona!

Zarpante acredita e por isso participa!

 

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , ,

A (r)evolução não será televisionada!

Hoje queremos compartilhar com vocês um documentário sobre música lusófona.

Lusofonia – A (r)evolução não será televisionada é um documentário genial produzido pela delegação portuguesa da Red Bull Music Academy.

Com participação de Caetano Veloso, Cesária Evora, Lura, Sara Tavares, Gilles Peterson, Carlos do Carmo, Buraka Som Sistema, ou Sam The Kid, “Lusofonia, A (R)Evolução” é uma visão sobre identidades, ritmos, melodias e danças. Este é um documentário sobre a música que liga cerca de 220 milhões de pessoas em Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. Partindo da miscigenação entre populações desde o séc. XV, explora a forma como a cultura lusófona tem inspirado músicos de áreas como Hip Hop, Fado, Reggae, Jazz, Semba, Tropicália, Kuduro ou Morna. Este é um retrato singular sobre a essência e magia da lusofonia.

Vale realmente a pena assistir a este retrato interessante da cultura musical lusófona. Artistas confirmados e artistas menos conhecidos compartilham a tela e nos fazem viajar por mares da língua portuguesa.

Para quem já tem costume com downloads de arquivos torrent, segue o link para baixar este filme: http://thepiratebay.org/torrent/4476591

Para quem prefere assistir por Youtube, basta clicar abaixo:

Parte 1 de 7 :

Parte 2 de 7:

Parte 3 de 7:

Parte 4 de 7:

Parte 5 de 7:

Parte 6 de 7:

Parte 7 de 7:

Esperamos que gostem e fiquem de olho para mais dicas sobre o património artístico e cultural lusófono.

Etiquetado , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: