Arquivo da tag: Rafael Kalil

Barreras na reta final!

Encontramos um artigo bem interessante no site paulista, Catraca Livre: Trata-se de um artigo sobre a questão do cárcere no Brasil e sobre sua importância para a sociedade! Isso tem tudo a ver com o projeto Barreras que está neste momento atingindo a reta final de captação em nosso site! “Barreras” é o nome do filme que será feito com o material de 4 anos de filmagens em presídios do Rio de Janeiro! Nesse período que passou com os detentos, o músico e cineasta Rafael Kalil, resolveu levar arte e cultura para dentro dos presídios para tentar reinserir os detentos na sociedade dando-lhes acesso a arte e cultura! O projeto, que contou com a participação de vários músicos, como por exemplo, Aleh Ferreira, B-Negão, Penna Firme, Orquestra Voadora e por ai vai, levou educação para dentro dos presídios e regenerou muitos detentos!… Hoje precisamos de sua ajuda para que possamos ajudar ainda mais detentos e mostrar ao povo brasileiro, mas também ao mundo, como é possível transformar as pessoas se oferecendo-lhes as mesmas oportunidades e principalmente,respeitando um direito básico: a cultura deve ser acessível para todos!

Venha ajudar o projeto Barreras a alcançar a meta financeira dentro do prazo que acaba em 18 dias, para que possamos realizar o filme e divulga-lo para toda a sociedade brasileira! Ajude a sua sociedade e contribua com o cinema independente brasileiro!

Para contribuir clique abaixo:

Em Euros, no nosso site: Clique aqui!

Em Reais, no Facebook: Clique aqui!

“A questão prisional no Brasil é pouco debatida para a relevância que implica na sociedade brasileira. A superlotação de presídios e a condições degradantes a que os presidiários são submetidos merece uma atenção. E se esta pauta segue ausente em tantos debates, das artes veio um alerta.

A exposição “Liberdade – Carlos Vergara”, que fica em cartaz no Memorial da Resistência de 21 de julho a 14 de outubro, aborda a situação carcerário brasileira através de 50 obras desenvolvidas a partir de filmagens, coletas de materiais e fotografias realizadas pelo artista gaúcho por conta da implosão do Complexo Penitenciário Frei Caneca, no Rio de Janeiro. Estas imagens serviram de base para Vergara produzir monotipias que serviram de base para as pinturas que serão expostas na mostra.

O artista observou, de seu ateliê, em Santa Teresa, a implosão do presídio, que era o mais antigo do Brasil. Desta observação atenta, devidamente registrada, nasceu esta arte engajada. Na mostra, serão apresentadas instalações com as 32 portas que compunham o presídio (Dops – local onde presos políticos padeceram com a repressão da ditadura) que hoje abriga o Memorial.

Os visitantes que conferirem a exposição receberão um catálogo em formato de jornal, bilingue (português/inglês), com textos de Carlos Vergara e da historiadora Marisa Mello, também responsáveis pela organização e edição do jornal. A publicação traz, também, textos de Frederico Coelho, Moacyr dos Anjos, Paulo Jabur, Beatriz Vergara e Eduardo Masini.

A entrada é Catraca Livre.” Fonte

Felicitamos o pessoal do Catraca Livre por abordar um tema tão importante!

Já escrevemos vários artigos relativos a este assunto e quem estiver interessado pode ler nos links seguintes:

– Matéria do Viva Favela sore o projeto Barreras!

– Lendo nas prisões!

Se você fez pelo fluminense, faça pelo Barreras!

Faça algo positivo de sua indignação!

Por trás das grades!

Navegando por entre as grades!

Não perca a festa dia 29 no Rio de Janeiro! Cada pessoa que vier curtir e dançar ao som Orquestra Voadora, Dj Mam, …. ,estará ajudando o cinema brasileiro e contribuindo para uma sociedade mais justa e menos violenta! Olha o flyer logo abaixo!

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Faça algo positivo de sua indignação!

A maior barreira que a sociedade possa ter é a da indiferença: acostumados a não nos preocuparmos com outra coisa que nós mesmos, acabamos indiferentes a tudo que não é diretamente ligado connosco! Por vezes até nos sensibilizamos com uma causa ou outra mas, por preguiça ou por acreditar que não podemos mudar as coisas, terminamos sentados confortavelmente em nossas poltronas e poucas vezes agimos! Agir pode significar simplesmente ler um texto com o qual concordamos e compartilhá-lo com os amigos, pode também significar incentivar discussões sobre um tema que nos perturba, mas sobretudo implica um movimento, uma vontade física de ver as coisas mudarem!

Quem nunca se sentiu indignado com a desigualdade social? Quem nunca teve vontade de reequilibrar a balança? Quem acha anormal um país com tanta gente que vive sem nada e alguns privilegiados que têm tudo e um pouco mais? Ainda que as coisas tenham melhorado bastante de uns tempos para cá, ainda temos muito que fazer para que o Brasil tenha a cara que merece: a de um país onde a justiça funciona igualmente para todos sem discriminação alguma ligada à cor ou à origem social das pessoas!

Cristo Redentor do Rio de Janeiro

Cristo Redentor do Rio de Janeiro (Photo credit: Wikipedia)

Agora falemos do Rio de Janeiro: quem nunca sentiu certa falta de segurança nessa cidade? Quem nunca sonhou com ruas sem violência? Menos roubos, furtos, sequestros… Com a iminência das olimpíadas e da copa do mundo que o Brasil vai sediar, a questão da segurança na ruas da cidade virou tema central da política urbana carioca! Chegaram as famosas UPPs ( Unidades de Polícia Pacificadora), ferramenta nova que tem tido resultados positivos na pacificação de bairros sensíveis! Mas para se levar paz de verdade a esses bairros, é necessário muito mais que um batalhão de policiais! A paz só virá com mais igualdade social e mais oportunidades para aqueles que sempre foram excluídos! Saúde, educação, cultura e entretenimento são também pilares essenciais para que as pessoas oriundas desses bairros carentes sintam uma mudança a longo termo, que será muito mais real do que as mudanças que podem ser obtidas por meio das UPPs!

O projeto “Barreras“, que está no site Zarpante, é uma dessas ideias super- legais, que merece 10 minutos de seu tempo! Como mostrar à sociedade a importância da cultura, das artes e da educação no processo de reinserção dos presos na sociedade!

Porque é um fato: cedo ou tarde esses presos vão sair da cadeia! Precisamos fazer tudo que está ao nosso alcance para que essas pessoas não saiam piores do que entraram! Hoje em dia é o que acontece em boa parte do sistema carcerário mundial! Temos que dar a essas pessoas a oportunidade de aprender com experiências positivas construtivas!

Mas mudanças são possíveis e, para todos aqueles que sentem a importância dessa mobilização, este é nosso grito!

Nosso SOS é um simples pedido: contribua com o que puder para esse projeto! Onde quer que esteja, sua contribuição estará realmente consolidando mais um passo na luta contra as injustiças sociais! Fica aqui nosso apelo aos nobres de coração, aos solidários, às pessoas que conhecem o poder transformador da cultura e das artes, aos “politicamente corretos” e aos “revolucionários”! Todos juntos podemos chegar lá!

Com sua ajuda poderemos terminar de editar esse filme, cujo material, em boa parte, já está gravado! Quatro anos de filmagens em penitenciárias do Rio de Janeiro! Levando arte e cultura aos detentos, sob forma de shows, filmes, e muito mais! Agora o que queremos é concluir a edição e filmar mais alguns poucos trechos, para depois disponibilizar gratuitamente esse filme pela Internet, para que o máximo de pessoas possa ver o resultado do trabalho!

Um grande obrigado a todos os que nos ajudaram, contribuindo e fazendo com que o projeto chegue aos 15 por cento! Faltam 91 dias ! Vamos nessa, pessoal! A união faz a força!

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Barreiras! Navegando por entre as grades!

Entrou hoje em nosso site um projeto muito legal e de importância para toda a sociedade! Um projeto que Zarpante abraçou com orgulho por acreditarmos na necessidade de conscientizar as pessoas sobre o estado atual do sistema carcerário brasileiro e principalmente sobre o que tem sido feito culturalmente falando para ajudar os presos a se reinserir na sociedade! Hoje temos cerca de 500 000 pessoas no sistema carcerário do estado do Rio De Janeiro! Mulheres e Homens, jovens e adultos, dos quais 80% são negros ou mestiços e vem  de comunidades carentes, 70% nunca terminaram o primeiro grau de estudos , mais de 30% são analfabetos! É urgente que passemos a olhar para estas prisões de outra maneira e que vejamos os presos como seres humanos que não tiveram acesso a educação, arte, cultura e tantos outros elementos que forjam uma bagagem para a vida!

O projeto Barreiras começou da iniciativa de músicos liderados por Rafael Kalil quando em turné se apresentaram com suas bandas para os detentos do Estado. Esse projeto seguiu itinerante de presídio em presídio levando a música para estes presos. A resposta foi tão boa que daí surgiram diversos outros tipos de projetos e relações que resultaram em mais de 200 exibições de filmes para presos, 20 shows, 14 bibliotecas entre muitas outras ações.

O filme conta essa história toda com imagens inéditas e uma série de depoimentos importantes.

O responsável pelo projeto é o músico, compositor e empreendedor sociocultural, Rafael Kalil que já trabalhou em rádios comunitárias e na produção de diversos eventos na cidade do Rio de Janeiro. Entre os anos de 2006 e 2010 atuou com projetos junto ao Sistema Penitenciário do Rio de Janeiro onde coordenou projetos de cinema, música, literatura, entre outros. Exibiu mais de 200 filmes no cine clube, produziu mais de 20 shows em Penitenciárias e carceragens de delegacia, montou 14 bibliotecas entre outras ações!

Chamamos toda a rede Zarpante e os apreciadores de nosso trabalho a darem uma olhada no projeto,nas fotos, nos vídeos, etc. Para mudar a sociedade as vezes é necessário mais que política: um simples sentimento de responsabilidade e a certeza de que juntos podemos pouco a pouco edificar uma base solida para que cada vez menos pessoas precisem ser presas e que nossa sociedade ganhe muita paz e muita cultura! As desigualdades e injustiças existem mas temos aqui uma chance de contribuir para a construção da sociedade que queremos! A chance de provar que apesar de nossas diferenças, juntos sempre poderemos mais e que horizontalizando o saber e o conhecimento, só temos a ganhar como sociedade!

Venham espiar por traz das grades com Rafael Kalil e ajudem Zarpante a divulgar o projeto e captar os fundos necessários para que possa acontecer! Para compartilhar e/ou contribuir clique aqui!

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Seria uma pena não curtir o som do Penna!

Hoje queremos convidar todo mundo para escutar o som do Penna Firme! A música ”Um corpo só” tem participação do artista B-Negão e teve seu vídeo clipe financiado por meio de nosso site!

O lançamento do clipe vai acontecer em breve e por enquanto só podemos dizer que vai ser numa quarta feira do mês de março em um espaço chamado Reserva + em Ipanema RJ Brasil!

Ouvimos dizer que alem do simpático Penna Firme  o próprio B-Negão participou do clipe e vai nos dar a honra de sua presença no dia do lançamento do clipe!

Escute Um Corpo Só abaixo :

Em breve promoções e recompensas exclusivamente para pessoas inscritas em nossa página Facebook em nosso site Zarpante ou neste blog! Venham conhecer nossa página,  e curtam para poder concorrer a prémios e concursos que vamos lançar por meio de nossa página! Acessem aqui e venha curtir! https://www.facebook.com/Zarpante Lda

Logo mais sortearemos entradas para o lançamento do clipe do Penna Firme! Fiquem ligados e aproveitem nossas dicas!
Etiquetado , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: