Arquivo da tag: projetos

Repensando o crowdfunding

Se você é daqueles que acredita que o objetivo principal de toda campanha de crowdfunding, seja captar fundos, está na hora de rever seus conceitos:

Vivemos uma revolução onde multidões “auto-organizadas” acendem a chama das mudanças sociais no mundo, por meio da  deslocalização dos poderes estabelecidos. A novidade é que as pessoas tem, graças à internet e às ferramentas de redes sociais, muito mais facilidade para encontrar outras pessoas que defendam a mesma causa, e comunicar. Dessa forma a palavra colaborar ganha novas dimensões.

 

O crowdfunding atrai cada vez mais artistas e criativos em busca de uma interação direta com seus próprios fãs, para que possam convidá-los a participar, de seus projetos, e juntos, tornando-os bem sucedidos. O elemento mais visível nesse processo, é o dinheiro, que sob forma de contribuição, troca de mãos. No entanto, é preciso prestar atenção em alguns elementos bem mais interessantes e potencialmente transformadores, em torno de uma campanha de crowdfunding.

O que é crowdfunding?

crowdfunding

O crowdfunding é um processo de comunicação e interação entre uma pessoa física ou jurídica que precise de fundos para criar algo novo, e uma massa de fãs que estejam prontos a participar de maneira ativa e construtiva. Trata-se principalmente de uma forma de colaboração aberta entre os participantes sob forma de:

  1. Um convite para fazer parte de um projeto bem sucedido; seguido de,
  2. Uma campanha para criar uma comunidade de pessoas que se mobilize em um esforço coletivo; culminando em,
  3. Um evento ou alguma forma de celebrar o que TODOS CRIARAM JUNTOS.

Agora mais detalhadamente:

Um convite para fazer parte de um projeto bem sucedido

Ao doar fundos para uma ONG, ou algum projeto caritativo, o doador permanece relativamente passivo. No crowdfunding, não basta contribuir: é necessário participar do esforço de divulgação, para que o projeto possa se espalhar pela rede. Quanto mais os fãs compartilharem e publicarem seu projeto, mais chances vocês terão, de juntos, atingirem a meta do projeto. Nesse sentido o crowdfunding se assemelha a campanhas e movimentos políticos que se organizam para encontrar cada vez mais pessoas dispostas a se esforçar pela causa. Não se trata apenas de contribuir financeiramente para uma causa, mas principalmente, de encontrar o máximo de pessoas que queira se engajar por sua causa.

Convide todos seus amigos, e peça para que eles convidem todos os amigos deles e peçam aos amigos que convidem todos os amigos, etc…

 

Uma campanha para criar uma comunidade de pessoas que se mobilize

Quanto mais pessoas contribuírem para seu projeto, mais visibilidade ele irá obter. Faça com que todas as pessoas que você conhece participem ao menos com um valor simbólico, e se realmente, algumas pessoas sequer puderem fazer isso, convide-as a espalhar a noticia e convocar pessoas a participarem, seja pela net, ou seja offline. Quanto maior for a comunidade de pessoas divulgando seu projeto, mais chances ele terá de atingir a meta financeira estabelecida.

 

Compartilhe recompensas:

Comemorar uma campanha bem sucedida com as pessoas que apoiaram seu projeto é uma ótima oportunidade para realmente criar um laço a mais com seus fãs. Celebrem o que vocês realizaram juntos! Esse é também o momento de entregar as recompensas prometidas para cada pessoa que contribuiu. Mantenha as pessoas que contribuíram para seu projeto constantemente atualizadas. É muito importante que cada pessoa que contribuiu para seu projeto, saiba da evolução do processo criativo, e que tanto as recompensas prometidas, quanto o próprio resultado final (objetivo do projto) sejam entregues nos prazos pré-definidos. Dessa forma, os fãs sentirão que fazem realmente parte do projeto e de seu resultado final, porque foram eles que fizeram que o projeto se tornasse possível por meio de suas contribuições..

Perceba que nenhuma das etapas do processo é realmente em torno do dinheiro. Claro, é necessário que os fãs contribuam monetariamente, e o total de fundos captado precisa ser suficiente para atingir as metas estabelecidas. Mas é necessário focalizar na busca de pessoas engajadas que se juntam e aumentam a massa mobilizada em torno de seu projeto para criar algo novo. É por isso que o crowdfunding tem tanto potencial para quem quer mudar a realidade social na qual vivemos. É um processo de deslocalização do poder, que leva pessoas a se engajarem em ações construtivas.

Em outros termos, o crowdfunding serve principalmente para aumentar a sua rede social, e sua base de fãs engajados (aqueles que comprariam um CD ou quadro seu mesmo que estivesse todo estragado e viajariam quilômetros sob chuva para ver uma apresentação sua).

Nada mal se considerarmos que o mesmo processo serve para captar fundos que permitirão a realização de projetos criativos e inovadores! Não acha?

O crowdfunding pode abrir a porta para um real engajamento

Quem trabalha na área das mudanças sociais pode utilizar o crowdfunding como uma ferramenta de organização, já que reúne engajamento e resultados concretos. Muitas pessoas estão insatisfeitas com  as organizações tradicionais porque seus métodos de financiar, baseados  em uma comunicação unilateral, são cada vez mais irresponsáveis, além de não propiciarem interação. As mídias sociais e suas ferramentas, facilitam a formação orgânica de redes conectadas diretamente entre si e capazes de determinar agendas e compartilhar conhecimentos, somando forças para atingir objetivos comuns.

Se o crowdfunding tem atraído cada vez mais adeptos, é porque vem provando ser uma maneira eficaz de democratizar o financiamento, tornando-o mais transparente e por consequência dando mais poder às ações e aos movimentos sociais. Tudo começou como uma simples maneira de ajudar uma banda local a gravar seu primeiro CD graças aos seus fãs (o que já era genial), e evoluiu até chegar a ser uma ferramenta reconhecida para contornar a burocracia das instituições e levar a ação diretamente à massa.

“Power to the people” como diriam alguns…

Para saber mais sobre crowdfunding ,ou lançar seu próprio projeto, visite nosso site: clique aqui.

Etiquetado , , , , , ,

Alguns princípios do Crowdfunding:

5 dicas básicas para sua campanha de crowdfunding:

solidariedade1

1. Seus Amigos São Seu Capital

Seus contatos e amigos das redes sociais podem ajudá-lo a angariar o capital necessário para seu projeto. De fato, eles representam a “primeira onda” de contribuições que seu projeto deve receber. Afinal, se seus amigos, que já o conhecem, não participam de seu projeto, porque alguém que nunca ouviu falar em você ou no seu trabalho ajudaria?

2. Seus Amigos constituem uma ponte para Seus Sonhos

Qualquer um dos seus contatos pode dar uma contribuição, não importa quão pequena.
Juntos, eles irão ajudar a alcançar todos os seus desejos, projetos e sonhos. O importante é fazer com que o máximo de amigos seus participe e divulgue para os amigos deles etc… Não importa o valor da contribuição, mas sim o fato de contribuírem com o que puderem.

3. Seu Capital Depende do Número de Amigos e da extensão de suas redes sociais

Muitas contribuições podem construir grande capital.
Quantos mais contatos, maiores as suas chances de alcançar o capital que você precisa.

4. Seu Capital Depende da Confiança que você e seu projeto transmitem

Infelizmente, não basta as pessoas verem seu projeto para desejarem participar. Mesmo que você contate um grande número de pessoas,
você deve ganhar sua confiança antes que eles contribuam, especialmente se você não os conhecer pessoalmente.

5. Suas chances crescem graças ao “boca a Boca”

Seus amigos podem contribuir dando dinheiro, mas também espalhando a palavra (O melhor é que façam ambos).
Isto ajudará a sua rede social a crescer e aumentar a probabilidade de alcançar seu objetivo.

Agora, clique aqui e acesse o site Zarpante para inscrever seu projeto! Realizemos juntos seus projetos!

Etiquetado , , , ,

Dicas para sua campanha de Crowdfunding

Se precisa de fundos para tirar sua ideia do papel o crowdfunding é uma alternativa inovadora que está ao alcance de todos!

Porque nem todos temos a sorte de ter um banco que perceba nossas necessidades e esteja pronto a investir em nossos projetos, e pela questão da diminuição dos incentivos culturais (para não dizer o corte), surge o crowdfunding cultural.

De facto, as mídias sociais estão mudando muito mais do que simplesmente a maneira de se distribuir e comunicar: estão também mudando a maneira como captamos recursos!

Como funciona o crowdfunding?

Geralmente é necessário ter uma ideia ou objetivo, definir uma meta financeira e um prazo de captação. A meta total precisa ser atingida no prazo definido ou a totalidade dos fundos terá que ser devolvida aos respectivos mecenas.

Isso acontece por uma questão de credibilidade: se uma pessoa pede 10.000 Euros para fazer um evento, supõe se que poderá realizar o evento unicamente caso tiver todos fundos que pede no seu orçamento. Desta forma também todos os mecenas estão protegidos e tem a certeza que caso o projeto não for acontecer, eles poderão reaver suas respectivas contribuições.

No site Zarpante por exemplo, também é assim para a maioria dos projetos, mas no caso de projetos sociais é possível inscrevê-los sem prazo para o fim da captação, e se mesmo assim o responsável pelo projeto preferir definir um prazo de captação, pode ter a certeza que ficará com a totalidade dos fundos captados mesmo que não atinja a meta! Isso porque consideramos que para projetos sociais toda ajuda é importante, e principalmente, pode ser utilizada no âmbito de ajudar uma causa social.

A questão é a seguinte: no meio de tanta concorrência, como destacar seu projeto e fazer com que as pessoas contribuam?

Para atrair a atenção de potenciais contribuintes é necessário se diferenciar, envolver sua rede social (familiares, amigos, fãs, seguidores no twitter, facebook, etc) e concretizar convidando o público a apoiar seu projeto.

capturando

Seguem abaixo algumas dicas:

– 1: Defina seu(s) público(s) alvo(s)

Definir e comunicar directamente com seu público alvo é uma das chaves para um projeto bem sucedido.

O primeiro público alvo é constituído por seus fãs, seus amigos familiares etc… Estas são as pessoas que vão contribuir para seu projeto porque tem algum laço directo com você ou porque acompanham e apreciam seu trabalho de modo geral.

Por outro lado, se por exemplo seu projeto é um livro, um vídeo, uma peça de teatro… sobre alguma personalidade ou sobre alguma temática específica, você terá também que preparar uma divulgação direccionada a esta parte do público que poderia potencialmente contribuir para seu projeto.

Focalize em temáticas bem específicas e procure os grupos de pessoas que se interessam por esta temática… Uma boa parte das captações  bem sucedidas por meio de crowdfunding foram direccionadas a nichos bem específicos. Esses nichos podem ser definidos por situação geográfica, por religião, por interesses ou causas comuns, e diversas outras variantes.

A música e o audiovisual são duas temáticas que atraem bastante atenção também…

Por outro lado, mesmo que seu projeto seja puramente cultural, adicionar um lado social pode atrair ainda mais simpatizantes. Suponhamos que seu projeto consista em captar fundos para ir estudar o samba no Brasil ou para estudar mais sobre as percussões angolanas, etc… Não apresente seu projeto dessa forma porque as pessoas vão achar que você quer os fundos para sair de férias. Mesmo as pessoas que acreditarem que você vai utilizar os fundos captados para realmente estudar, se sentirão mais atraídas por seu projeto e sentirão-se mais seguras para contribuir, se souberem que quando você voltar ao seu país, irá compartilhar o que aprendeu sobre forma de workshops, podendo assim inclusive ajudar comunidades carentes a receberem uma aula musical qualitativa.

– 2: Planejamento é essencial!

Planejar com antecedência é muito importante. Uma campanha de crowdfunding passa muito rápido.

A maioria das contribuições para projetos de financiamento colectivo acontece no começo e no fim da campanha! Faz sentido: as pessoas sentem-se mais atraídas por novidades ou por projetos próximos da meta financeira a ser atingida. O ideal é ter uma série de emails e actualizações preparados para o começo, a metade e o final de seu prazo, mantendo-o assim sempre activo. Quando receber contribuições para o seu projeto agradeça o quanto antes os mecenas (mesmo que seja com emails pré-escritos onde você muda apenas o destinatário). Zarpante agradece por email cada uma das contribuições recebidas mas ainda assim as pessoas apreciam receber um agradecimento vindo directamente do responsável pelo projeto.

Lembre-se:

– Receber a “primeira onda”de contribuições (vinda de seus amigos, familiares, redes sociais…) é essencial! Quanto mais rápido conseguir apoios no começo de seu projeto, mais pessoas serão atraídas e por consequência poderão contribuir.

– Quando chegar a metade de seu prazo, a tendência é que o movimento diminua, por isso mantenha-o activo actualizando com vídeos, textos, fotos, etc…

Captura de Tela 2013-06-07 às 01.37.20

– 3: Demonstre e transmita amor pelo seu projeto.

 “A primeira impressão é a que fica.”

Esse ditado popular se aplica ainda mais no caso do crowdfunding: fazer uma primeira boa impressão é muito importante ao inscrever seu projeto, afinal ele estará disputando essa atenção entre distintos projetos no próprio site de crowdfunding.

Escolha um bom nome de projeto, gráficos  atraentes, e uma descrição clara: é muito importante preparar isso cuidadosamente.

Criar um nome atrativo, adicionar belas imagens, e uma boa descrição irá ajudar seu projeto a se diferenciar. O vídeo também é imprescindível. Clique aqui e veja dicas sobre o vídeo.

– 4: Mostre claramente como serão utilizados os fundos que receber.

As pessoas querem apostar em um plano estruturado e sustentável!

Não basta ter uma boa ideia, as pessoas precisam ter a certeza que sabe o que fazer com os fundos e que tem um projeto estruturado de A a Z. Zarpante sugere que para cada projeto seja dada uma explicação detalhada de como irá utilizar as contribuições recebidas. Quanto mais transparente e detalhado for seu orçamento, melhor. Dessa forma poderá dar credibilidade ao seu projeto e as pessoas se sentirão mais tranquilas para contribuir.

– 5: Alavanque suas redes sociais .

Tenha em mente que boa parte de seu público pode não estar familiarizado com o crowdfunding. Será provavelmente necessário que utilize redes sociais, email marketing e outras ferramentas de comunicação para direccionar seu público ao seu projeto no site de crowdfunding.

Tenha uma lista de emails de pessoas seleccionadas para quem enviará artigos ou mensagens sobre seu projeto. Utilize também o Facebook, o Twitter e toda e qualquer rede social que já costume utilizar. Não esqueça de divulgar seu projeto off-line também! Quanto mais espalhar a notícia melhor!

Lembre-se: criar uma lista extensa de contactos e de público nas redes sociais pode representar meio caminho andado.

– 6: “Mais vale um pássaro na mão do que dois voando”.

Seu projeto tem uma chance maior de atingir a meta financeira caso você o dividir em vários projetos menores.

Suponhamos que queira gravar um clipe por exemplo: pode por exemplo dividir seu projeto em três etapas: filmagem, edição, e distribuição. Paço a paço chega-se lá!

Captura de Tela 2013-06-07 às 16.05.43
Transforme seu projeto completo em vários projetos menores com metas acessíveis.
As pessoas gostam de sentir que ao contribuir estarão fazendo uma diferença: 50 Euros representam uma contribuição tangível quando a meta financeira é de 1000 Euros. No entanto, 50 Euros podem parecer não fazer uma grande diferença se a meta financeira a ser atingida for de 10.000 Euros.
Metas financeiras menores parecem mais facilmente atingíveis e desta forma as pessoas  contribuirão pois gostam de sentir que fazem parte de um time vencedor!

– 7: Ofereça recompensas atractivas.

Criatividade é essencial ao pensar nas recompensas que vai oferecer para quem contribuir para seu projeto.

Um exemplo interessante é o de um projeto de quadrinhos que ocorreu nos Estados Unidos. O responsável pelo projeto oferecia o primeiro capítulo do quadrinho em PDF para todas as pessoas que contribuíssem com um dólar. Além disso, pensou em algo que sempre sugerimos às pessoas que contactam Zarpante: incluir o público no processo criativo!

Cada pessoa que apoiasse com o valor de 1000 Dólares teria um personagem inspirado em si que faria parte da revista de quadrinhos. O público aderiu e 4 pessoas pagaram cada uma o valor de 1000 dólares para que seus nomes fossem imortalizados em forma de personagens de quadrinho.

Seja criativo, pense em recompensas exclusivas, diferenciadas, e principalmente, ponha-se no lugar do possível mecenas. O que você gostaria de ganhar caso contribuísse com o valor x? Você acha mesmo que alguém vai se interessar em contribuir com 100 euros para receber 20 chaveiros com o nome do projeto?!

Tenha também a certeza que poderá cumprir com suas promessas! Trata-se de crowdfunding e não de política…

De forma geral:

Uma campanha de crowdfunding requer entusiasmo, estratégia e  planos executáveis para ser bem sucedida. Os projetos recebem mais visitas no começo e no fim da campanha mas nem por isso você deve estremecer na fase intermediaria ou deixar de publicar e divulgar seu projeto para que possa atingir seus objectivos!
Por hoje é só mas curta a página Dicas sobre Crowdfunding  para ter acesso a mais dicas!

Também sobre o tema do Crowdfunding:

– Evolução da procura pelo crowdfunding

– Crowdfunding = trabalho (+) atitude (+) perseverança (-) braços cruzados.

– Como melhorar seus vídeos!

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

4 dias para ter uma Ideia de Origem Portuguesa

Estamos sempre falando dos falantes da língua portuguesa e de como estão espalhados pelo mundo! Por isso mesmo, é simplesmente fantástico para Zarpante, encontrar portugueses que pensam como nós!

O que é?

“É uma iniciativa sua e da Fundação Calouste Gulbenkian na área do empreendedorismo social.

É um desafio a todos os Portugueses na diáspora que têm ideias, talento e vontade de fazer mais e melhor . É uma convocatória a todos os que, apesar da distância, desejam participar na construção de Portugal, através de uma cidadania ativa, envolvente e participativa. Ideias de Origem Portuguesa é um concurso para encontrar e promover projetos nas áreas do Ambiente e Sustentabilidade, Inclusão Social, Diálogo Cultural e Envelhecimento.”

Como funciona?

O Ideias de Origem Portuguesa é um concurso com uma mecânica simples.

Para participar, basta ter vontade de implementar um bom projeto de inovação social e já agora ler o regulamento.
Juntar uma equipa de 3 pessoas que inclua pelo menos um português ou lusodescendente residente no estrangeiro.
Ter um discurso poderoso e convincente, fazer um vídeo com o mesmo.
Depois passar a palavra e manter as pessoas atualizadas e envolvidas e promover o debate. A sua ideia irá ganhar com a contribuição de todos.

Mande já sua ideia!

Etiquetado , , , , , ,

Humildade, determinação e ambição

Humildade, determinação e ambição são três palavras chave para que qualquer projeto de financiamento coletivo seja bem sucedido!

humildade63225209606_221021551_n-400x267

Antes de aprofundar o nosso pensamento, vamos lhes dar as definições do dicionário Houaiss para essas palavras. Deixaremos em vermelho as partes destas definições que nos interessam:

humildade:

n substantivo feminino
1    qualidade de humilde
2    virtude caracterizada pela consciência das próprias limitações; modéstia, simplicidade
3    sentimento de fraqueza, de inferioridade com relação a (alguém ou algo)
4    reverência ou respeito para com superiores; acatamento, deferência, submissão
5    falta de luxo, de brilho; simplicidade, sobriedade
Ex.: a h. de seus trajes
6    condição do que é desfavorecido economicamente; pobreza, penúria

determinação:

n substantivo feminino
ato ou efeito de determinar(-se)
1    cálculo efetuado com precisão; definição
Ex.: <a d. dos pesos moleculares> <a d. do índice de contaminação do ar>
2    explicação exata; definição
Ex.: a d. do sentido das palavras é crucial para a compreensão do texto
3    descrição das características; especificação
Ex.: <a d. das espécies> <a d. de uma rocha>
4    indicação precisa
Ex.: exigiu-se a d. da hora do acidente
5    forte inclinação a ser persistente no que se quer alcançar
Ex.: ele pode ser chefe, pois tem d.
6    ato de decidir(-se); resolução
Ex.: mostrou-se firme em sua d. de casar
7   ausência de titubeação; firmeza, arrojo, ânimo
Ex.: agir com d.

ambição:

n substantivo feminino
1    forte desejo de poder ou riquezas, honras ou glórias; cobiça; cupidez
Ex.: sua a. abriu-lhe as portas da alta sociedade
2    anseio veemente de alcançar determinado objetivo, de obter sucesso; aspiração, pretensão
Ex.: sua a. era tornar-se um grande pintor

Agora, vejamos porque essas três palavras são tão importantes para todo e qualquer projeto de financiamento coletivo (crowdfunding).

Ao longo desse  primeiro ano de existência, Zarpante tem entrado em contacto com muitos artistas de áreas variadas. A grande maioria desses artistas tem nos abordado de uma forma totalmente humilde, buscando dialogar e encontrar em harmonia connosco, a melhor forma para que possamos trabalhar juntos.No entanto, vez por outra, aparecem pessoas que se acham o umbigo do mundo, o camarão do bobó! Não iremos citar nomes para não comprometer ninguém, mas esperamos que essas pessoas possam se reconhecer e saibam aproveitar os nossos humildes conselhos.

Zarpante não é a maior plataforma de financiamento coletivo que existe (até porque estamos apenas entrando no nosso segundo ano de vida), não somos os lideres do mercado, e sabemos que ainda temos muito que melhorar. Saber isso, já é um enorme passo para o nosso objetivo que é crescer e poder satisfazer cada vez mais tanto o público quanto os artistas. Essa é nossa modesta ambição e para isso nos armamos de muita determinação, perseverança, e uma bela dose de paciência!

Paciência necessária para aguentar essas pessoas que nascem achando que já são estrelas, que dizem estar num patamar mais elevado que o de outros artistas que batalham duro e apresentam humildemente suas atividades em pequenos palcos e saraus.Pessoas que não brilham nem sequer no reflexo do espelho mas que dizem ter uma lista extensa de profissionais respeitados que já apostaram em seus trabalhos! Dizem que podem aparecer na Globo, no Multishow, no Canal Brasil quando quiserem mas não aparecem sequer em alguns canais duvidosos de segunda categoria. Pessoas que dizem contar com os melhores e mais rodados realizadores e produtores para realizar seus vídeos, mas sequer tem um vídeo que preste no Youtube…. Que dizem ter os melhores professores de canto e sequer conseguem deixar de desafinar… Tem também aquelas pessoas que, por terem estudado artes plásticas, se acham no direito de julgar negativamente algumas obras e tem a pretensão de saber o que vale dinheiro e o que não vale! Se Van Gogh não tivesse cruzado tantas pessoas assim em sua vida, talvez não tivesse morrido sem saber que seria um dos pintores mais aclamados do século!

Zarpante não procura especialmente pessoas que tenham trabalhado com o melhor diretor, ou tenham estudado nas melhores escolas de arte, ou recebido aulas de canto do professor com a melhor reputação. Procuramos apenas pessoas cuja arte nos sensibilize, nos atraia, nos faça reflectir ou tão simplesmente dançar ou sorrir…

Quando aceitamos um projeto de financiamento coletivo em nosso site, gostaríamos que os responsáveis pelo projeto tenham a humildade de não presumir que todo mundo já os conhece e consequentemente vá contribuir para seus projetos, ou que seus projetos são tão irresistíveis que ninguém vá deixar de contribuir, ou ainda que Zarpante é tão eficaz, que a captação só pode dar certo. Afinal, a própria cantora Bjork colocou um projeto na plataforma americana (kickstarter) líder mundial em matéria de crowdfunding, e não atingiu  a meta almejada.

Trata-se da humildade que devemos ao público e trata-se de deixar claro que seja qual for a plataforma de financiamento que escolher para apresentar seus projetos, não irá chegar a lugar algum se não trabalhar ativamente (e durante todo o prazo definido) por seu projeto e pela divulgação deste. Afinal, a primeira onda de contribuições terá que vir de pessoas que você conhece diretamente ou indiretamente como por exemplo os membros de sua família, os seus amigos, seus fãs (sejam quantos forem), etc… Se essas pessoas que o conhecem pessoalmente, não contribuírem para o seu projeto, como esperar que outras pessoas ( que nunca ouviram falar de você) contribuam para seu sonho?

Nos tempos de hoje, em que a informação nos inunda por todos os lados, muitos de nós recebemos pelo menos dezenas de emails por dia (quando não mais), temos acesso a centenas de publicações em redes sociais, ou blogs, etc…

Pense bem: quem lê todos os emails, posts etc, que recebe? Quando priorizamos e selecionamos a informação, muitas vezes excluímos diretamente o que não vem de pessoas que conhecemos pessoalmente ou indiretamente. Por isso, não há ninguém melhor que você mesmo para anunciar o seu projeto ao mundo, divulgá-lo, e, com nossa ajuda, e  a de seus amigos, conseguir financiar seu projeto! Você precisa participar de maneira ativa e contínua da campanha de divulgação de seu projeto para que este funcione!

A humildade de saber pedir sem ter que se envergonhar, a determinação de saber lutar pelo seu projeto e convencer as pessoas a lutarem junto com você,  e a ambição de ter um sonho e se mobilizar para realizá-lo!

Isso tudo, nós prometemos fazer pelo seu projeto, porque faz parte do nosso trabalho e compromisso, mas, se você pretende colocar um projeto em nosso site, precisa se comprometer a fazer a mesma coisa. Entenda que isso não é humilhante, cansativo, ou algo assim! Pense no crowdfunding como uma chance para que possa se aproximar de seu público, dialogar com eles, mostrar seu talento ao mundo dia após dia, e seduzir novos fãs, até o prazo de seu projeto acabar!

Pedimos desculpas a todos pelo tom um pouco reivindicativo deste post mas acreditamos profundamente em cada linha deste texto, e estamos apenas alertando sobre a realidade do crowdfunding. Não basta colocar o seu projeto em um site qualquer e esperar que o dinheiro caia do céu!

 Temos que trabalhar juntos por cada um dos projetos e quanto mais formos os envolvidos em cada projeto, melhores serão os resultados!

Agradecemos de coração você que teve o interesse e a paciência de chegar até aqui e ler o texto completo! Quem leu merece esse nosso brinde final:

 

Etiquetado , , , ,

Ceci n’est pas de l’eau! Mais um projeto atinge a meta financeira no site Zarpante!

Dois meses atrás, entrava em nosso site um projeto audiovisual sobre cachaça, Ceci n’est pas de l’eau (Isso não é água), chegou de mansinho e durante o  prazo que teve para atingir sua meta, refrescou a tripulação da nau Zarpante!

Foram semanas, escrevendo para entidades que trabalhassem com cachaça: Empresas que fabricam a bebida, lojas que distribuem  o produto, etc…

Foram muitas horas de leitura e de pesquisa sobre a danada da bebida e sobre todo o universo em volta da bebida alcoólica genuinamente brasileira!

Dias e dias escrevendo emails e postando em nossas redes sociais novidades e curiosidades sobre o projeto e seu andamento!

Sem falar na degustação de cachaça, na casa dos responsáveis pelo projeto, em Paris! A equipe Zarpante e os amigos que por lá estiveram, voltaram para casa de pernas tortas!

Projeto Ceci n'est pas de l'eau! Agradecimentos!

Projeto Ceci n’est pas de l’eau! Agradecimentos!

Hoje, temos antes de mais nada que agradecer, a todos os que contribuíram! Foram 34 mecenas incluindo pessoas físicas e jurídicas, que juntos, tornaram esse projeto possível!

Um projeto que apesar de ser sobre uma bebida brasileira, tem uma cara internacional até porque um de seus realizadores, é franco/americano! Um projeto que nos mostra como é positivo juntar pessoas de diferentes culturas em torno de uma mesma ideia! Uma brasileira e um franco/americano juntos para contar, em português, um pouco mais sobre a cachaça! Foram várias pessoas físicas ou jurídicas, oriundas dos USA e da França, sem falar no Brasil, que com suas contribuições, ajudaram esse projeto a se tornar realidade!

Agradecemos aos nossos amigos, aos seus amigos,  as nossas famílias, e a todos os que participaram financeiramente ou com permutas! Ficamos contentes pela crescente participação em nosso site e convidamos  a todos para que descubram os novos projetos em breve no site Zarpante!

Um brinde a todos vocês que acreditaram e nossos parabéns a Ana Clara Soares e Yann- Yves, os responsáveis pelo projeto!

 

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: