Arquivo da tag: projeto

A poesia do Marinheiro

Filipe Marinheiro é um poeta português nascido em Coimbra, 30 de Julho de 1982. Tem publicadas 2 obras poéticas pela Chiado Editora e conta com a ajuda de todos os interessados para lançar seu terceiro livro: “Noutros Rostos”.

Conheçam um pouco mais a obra do poeta logo abaixo:

Leiam agora 4 poemas que estarão no livro “Noutros Rostos”:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Agora contamos com vocês para editar o livro completo! Acessem o link seguinte e participem: Noutros Rostos

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

3260 Euros captados para o FESTin 2013

Graças aos mais de 30 mecenas que participaram, atingimos a meta de 3260 Euros para o projeto FESTin 2013!


É com uma enorme satisfação que comunicamos o sucesso da campanha de financiamento coletivo lançada pelo FESTin no site ZarpanteCom o contributo de mais de 30 mecenas será possível atribuir um prémio de 2.500 € à melhor longa-metragem e 500 € à melhor curta-metragem atribuídas pelo júri.

Os mecenas receberão recompensas que vão desde ingressos para a abertura, encerramento e sessões competitivas, a produtos de merchandising e até mesmo um jantar com os realizadores presentes nesta edição.

Agradecemos aos organizadores do FESTin 2013, a todos os que contribuíram e também aos que nos ajudaram a divulgar esse belo projeto!

Continuem acessando Zarpante e descubram novos projetos para apoiar!

 

 

Etiquetado , , , , , ,

Humildade, determinação e ambição

Humildade, determinação e ambição são três palavras chave para que qualquer projeto de financiamento coletivo seja bem sucedido!

humildade63225209606_221021551_n-400x267

Antes de aprofundar o nosso pensamento, vamos lhes dar as definições do dicionário Houaiss para essas palavras. Deixaremos em vermelho as partes destas definições que nos interessam:

humildade:

n substantivo feminino
1    qualidade de humilde
2    virtude caracterizada pela consciência das próprias limitações; modéstia, simplicidade
3    sentimento de fraqueza, de inferioridade com relação a (alguém ou algo)
4    reverência ou respeito para com superiores; acatamento, deferência, submissão
5    falta de luxo, de brilho; simplicidade, sobriedade
Ex.: a h. de seus trajes
6    condição do que é desfavorecido economicamente; pobreza, penúria

determinação:

n substantivo feminino
ato ou efeito de determinar(-se)
1    cálculo efetuado com precisão; definição
Ex.: <a d. dos pesos moleculares> <a d. do índice de contaminação do ar>
2    explicação exata; definição
Ex.: a d. do sentido das palavras é crucial para a compreensão do texto
3    descrição das características; especificação
Ex.: <a d. das espécies> <a d. de uma rocha>
4    indicação precisa
Ex.: exigiu-se a d. da hora do acidente
5    forte inclinação a ser persistente no que se quer alcançar
Ex.: ele pode ser chefe, pois tem d.
6    ato de decidir(-se); resolução
Ex.: mostrou-se firme em sua d. de casar
7   ausência de titubeação; firmeza, arrojo, ânimo
Ex.: agir com d.

ambição:

n substantivo feminino
1    forte desejo de poder ou riquezas, honras ou glórias; cobiça; cupidez
Ex.: sua a. abriu-lhe as portas da alta sociedade
2    anseio veemente de alcançar determinado objetivo, de obter sucesso; aspiração, pretensão
Ex.: sua a. era tornar-se um grande pintor

Agora, vejamos porque essas três palavras são tão importantes para todo e qualquer projeto de financiamento coletivo (crowdfunding).

Ao longo desse  primeiro ano de existência, Zarpante tem entrado em contacto com muitos artistas de áreas variadas. A grande maioria desses artistas tem nos abordado de uma forma totalmente humilde, buscando dialogar e encontrar em harmonia connosco, a melhor forma para que possamos trabalhar juntos.No entanto, vez por outra, aparecem pessoas que se acham o umbigo do mundo, o camarão do bobó! Não iremos citar nomes para não comprometer ninguém, mas esperamos que essas pessoas possam se reconhecer e saibam aproveitar os nossos humildes conselhos.

Zarpante não é a maior plataforma de financiamento coletivo que existe (até porque estamos apenas entrando no nosso segundo ano de vida), não somos os lideres do mercado, e sabemos que ainda temos muito que melhorar. Saber isso, já é um enorme passo para o nosso objetivo que é crescer e poder satisfazer cada vez mais tanto o público quanto os artistas. Essa é nossa modesta ambição e para isso nos armamos de muita determinação, perseverança, e uma bela dose de paciência!

Paciência necessária para aguentar essas pessoas que nascem achando que já são estrelas, que dizem estar num patamar mais elevado que o de outros artistas que batalham duro e apresentam humildemente suas atividades em pequenos palcos e saraus.Pessoas que não brilham nem sequer no reflexo do espelho mas que dizem ter uma lista extensa de profissionais respeitados que já apostaram em seus trabalhos! Dizem que podem aparecer na Globo, no Multishow, no Canal Brasil quando quiserem mas não aparecem sequer em alguns canais duvidosos de segunda categoria. Pessoas que dizem contar com os melhores e mais rodados realizadores e produtores para realizar seus vídeos, mas sequer tem um vídeo que preste no Youtube…. Que dizem ter os melhores professores de canto e sequer conseguem deixar de desafinar… Tem também aquelas pessoas que, por terem estudado artes plásticas, se acham no direito de julgar negativamente algumas obras e tem a pretensão de saber o que vale dinheiro e o que não vale! Se Van Gogh não tivesse cruzado tantas pessoas assim em sua vida, talvez não tivesse morrido sem saber que seria um dos pintores mais aclamados do século!

Zarpante não procura especialmente pessoas que tenham trabalhado com o melhor diretor, ou tenham estudado nas melhores escolas de arte, ou recebido aulas de canto do professor com a melhor reputação. Procuramos apenas pessoas cuja arte nos sensibilize, nos atraia, nos faça reflectir ou tão simplesmente dançar ou sorrir…

Quando aceitamos um projeto de financiamento coletivo em nosso site, gostaríamos que os responsáveis pelo projeto tenham a humildade de não presumir que todo mundo já os conhece e consequentemente vá contribuir para seus projetos, ou que seus projetos são tão irresistíveis que ninguém vá deixar de contribuir, ou ainda que Zarpante é tão eficaz, que a captação só pode dar certo. Afinal, a própria cantora Bjork colocou um projeto na plataforma americana (kickstarter) líder mundial em matéria de crowdfunding, e não atingiu  a meta almejada.

Trata-se da humildade que devemos ao público e trata-se de deixar claro que seja qual for a plataforma de financiamento que escolher para apresentar seus projetos, não irá chegar a lugar algum se não trabalhar ativamente (e durante todo o prazo definido) por seu projeto e pela divulgação deste. Afinal, a primeira onda de contribuições terá que vir de pessoas que você conhece diretamente ou indiretamente como por exemplo os membros de sua família, os seus amigos, seus fãs (sejam quantos forem), etc… Se essas pessoas que o conhecem pessoalmente, não contribuírem para o seu projeto, como esperar que outras pessoas ( que nunca ouviram falar de você) contribuam para seu sonho?

Nos tempos de hoje, em que a informação nos inunda por todos os lados, muitos de nós recebemos pelo menos dezenas de emails por dia (quando não mais), temos acesso a centenas de publicações em redes sociais, ou blogs, etc…

Pense bem: quem lê todos os emails, posts etc, que recebe? Quando priorizamos e selecionamos a informação, muitas vezes excluímos diretamente o que não vem de pessoas que conhecemos pessoalmente ou indiretamente. Por isso, não há ninguém melhor que você mesmo para anunciar o seu projeto ao mundo, divulgá-lo, e, com nossa ajuda, e  a de seus amigos, conseguir financiar seu projeto! Você precisa participar de maneira ativa e contínua da campanha de divulgação de seu projeto para que este funcione!

A humildade de saber pedir sem ter que se envergonhar, a determinação de saber lutar pelo seu projeto e convencer as pessoas a lutarem junto com você,  e a ambição de ter um sonho e se mobilizar para realizá-lo!

Isso tudo, nós prometemos fazer pelo seu projeto, porque faz parte do nosso trabalho e compromisso, mas, se você pretende colocar um projeto em nosso site, precisa se comprometer a fazer a mesma coisa. Entenda que isso não é humilhante, cansativo, ou algo assim! Pense no crowdfunding como uma chance para que possa se aproximar de seu público, dialogar com eles, mostrar seu talento ao mundo dia após dia, e seduzir novos fãs, até o prazo de seu projeto acabar!

Pedimos desculpas a todos pelo tom um pouco reivindicativo deste post mas acreditamos profundamente em cada linha deste texto, e estamos apenas alertando sobre a realidade do crowdfunding. Não basta colocar o seu projeto em um site qualquer e esperar que o dinheiro caia do céu!

 Temos que trabalhar juntos por cada um dos projetos e quanto mais formos os envolvidos em cada projeto, melhores serão os resultados!

Agradecemos de coração você que teve o interesse e a paciência de chegar até aqui e ler o texto completo! Quem leu merece esse nosso brinde final:

 

Etiquetado , , , ,

Medellin Silva e a série Infinitos

O artista Medellin Silva, descreve com essas palavras a série Infinitos:

“Infinitos é uma série de pinturas abstratas onde o objetivo é a exploração das infinitas possibilidades de escolhas; construídas basicamente com círculos e linhas que se ligam.
Abstrações que, desde o movimento da linha que parte de um circulo ao outro ou em direção ao nada, expressam calma e raiva, premeditação e automatismo.”

Alguma vez você já parou para pensar em como um artista plástico se organiza para comprar o material necessário para fazer suas obras, encontrar tempo para se dedicar a sua arte e simultaneamente colocar o pão na mesa?

Esse projeto se trata disso mesmo: ajudar o artista Medellin Silva a poder se dedicar exclusivamente as suas obras, e assim ter tempo de finalizar a bela série Infinitos que no momento já conta com 12 quadros mas que estará completa quando forem 25!

Clique aqui ou nas obras abaixo para saber mais sobre o projeto! Se, como nós, gostar do trabalho de Medellin, contribua com o que lhe for possível e receba em troca recompensas exclusivas!

Infinito  10

Infinito 10

Infinito 11

Infinito 11

Infinito 12

Infinito 12

Infinito 9

Infinito 9

Infinito  8

Infinito 8

Infinito  7

Infinito 7

infinito 2

Infinito  5

Infinito 5

Infinito 1

Infinito 1

Infinito  6

Infinito 6

Infinito  4

Infinito 4

Infinito  3

Infinito 3

Etiquetado , , , , , , , ,

Rodas ecológicas!

Hoje temos o orgulho de apresentar o primeiro projeto ecológico em nosso site!

Markko Bike Messenger's

Markko Bike Messenger’s

O responsável pelo projeto chama-se Marco Gomes e é um brasileiro residente da cidade de Albufeira em Portugal! Marco deseja unir o útil ao agradável pelo bem da mãe terra: pedalar pela cidade para fazer entregas de uma maneira menos poluente! Cada individuo que não utiliza meios motorizados para locomover-se despeja em media uma tonelada de carbono a menos por ano!

Com base nesta realidade, Marco, que já oferece esse serviço sob forma caseira, deseja captar a quantia de 10.000 Euros em nosso site para poder cobrir as despesas de abertura da empresa de forma legal, legalização da marca e logotipo! Aquisição da estrutura interna da loja, como: computadores, mesas, cadeiras, balcão, bicicletas, etc. Os fundos também servirão para cobrir despesas com publicidade nos meios de comunicação, panfletagem e cartões de visitas!

A beach in Albufeira

Praia em Albufeira (Photo credit: Wikipedia)

“O objetivo da MARKKO BIKE MESSENGER´S  é oferecer a cidade de Albufeira, no Algarve, a nossa contribuição para a natureza abandonando o uso total de veículos a motor.” Marco Gomes.

Saiba mais sobre este projeto no site Zarpante: Markko Bike Messenger’s

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Uma noite mágica!

Dia 29 de agosto de 2012 se anunciava como um dia chuvoso na cidade do Rio de Janeiro. Em plena quarta-feira, no meio da semana, tudo conspirava para que o evento SoulCial, previsto no bairro de Santa Teresa, recebesse menos público que as 500 pessoas que tínhamos (otimisticamente) previsto!

Acontece que a noite foi chegando e o céu clareou! Até mesmo a lua cheia apareceu para prestigiar o evento do ano na cidade maravilhosa! Foi uma noite mágica em Santa Teresa e quem esteve por lá não vai esquecer tão cedo este carnaval fora de hora em pleno inverno carioca!

Festa do Ano!

Festa do Ano!

O espaço “Casa do Barão” ficou lotado de gente ( mais de 800 pessoas) e mais de 200 pessoas tiveram que aguardar do lado de fora, pois não havia mais lugar na casa! Muitos vizinhos aderiram à festa, alguns se queixaram do barulho, mas a única certeza que temos é que não rolou confusão alguma e que quem foi não vai esquecer tão cedo essa noite! A festa estava prevista para acabar às 2h da manhã, mas prolongou-se pelas ruas de Santa Teresa com um cortejo em prol do cinema independente e dos direitos humanos no cárcere! Um cortejo de amigos dos amigos e de camaradas do Kalil! Graças ao evento foram captados 2.500 Euros  para o projeto Barreras! Agora faltam somente 415 Euros para que possamos atingir a meta financeira de 14.000 Euros! Venha contribuir no site Zarpante e nos ajude a alcançar a meta!
Para contribuir, por favor, clique no link seguinte: Barreras!

Rafael Kalil (Organizador do evento e responsável pelo projeto Barreras)

Zarpante gostaria de agradecer a todos:

– às bandas que participaram: Orquestra Voadora, Lá e Cá, Cinebloco, Os Siderais e Sinfônica Ambulante!

– aos djs: MAM, Lencinho, Tuta e MBgroove!

– aos organizadores e à Casa do Barão!
– aos moradores de Santa Teresa
– ao maravilhoso público presente!

“Kalil é o Roberto Carlos de Santa Teresa!!! Estava cheeio, mas cheeeeiiiiooooo de amigos apoiando, numa noite linda de lua quase cheia, e a Orquestra Voadora conseguiu esvaziar o local 1:30 para iniciar o melhor carnaval fora de época que eu já vi. Acompanhamos a banda até o Curvelo cantarolando Pulp Fiction sem letra “taa ra ra ra raa ra rá ra ra ra raaaaa” enquanto os vizinhos iam acendendo as luzes, aparecendo nas janelas, botando o roupão e descendo para aumentar o cortejo. POR ISSO AMAMOS SANTA TERESA!!! ♥”  Depoimento de “Hai Fai”, um dos participantes da festa!

Deu para ter uma ideia?! Ainda não? Então veja abaixo as fotos do evento!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Etiquetado , , , , , , , ,

Conselhos para um projeto de financiamento coletivo bem sucedido!

Hoje gostaríamos de compartilhar com nosso público algumas dicas para uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida!

Para isso nos inspiramos em uma das maiores plataformas de crowdfunding americanas: O kickstarter!

O artigo em inglês vocês podem ler no link seguinte: The 6 Variables Behind a Kick-Ass Kickstarter Project ( um artigo escrito por Slava Menn, que conseguiu arrecadar aproximadamente 84000 dólares para o projeto dele! Nesse artigo ele nos fala de sua estratégia e do que fez funcionar seu projeto!

Nós separamos para vocês, cinco fatores determinantes para que um projeto de financiamento coletivo seja bem sucedido! Claro que essas regras não garantem que o projeto funcione mas ajudam e muito! São conselhos para que você coloque todas as chances de seu lado!

Sem esquecer que a campanha que poderá lançar, alem de ter por objetivo captar os fundos para seu projeto, serve também para lhe reaproximar de seus contactos perdidos de vista! Estar sempre se atualizando e mostrando que está na ativa, só pode fazer bem a seu trabalho!

1 Não perca a ocasião de dar uma boa primeira impressão.

Seu projeto é sua vitrine, faça o máximo para que simpatizem com seu projeto, colocando em valor suas competências e redigindo com carinho a apresentação de seu projeto. Não tenha medo de ser direto: diga porque precisa dos fundos, o que vai fazer com esses fundos, e qual será o resultado final concreto.

É importante seduzir seu público até porque a filosofia do financiamento coletivo ainda é pouco conhecida, mesmo que já existam plataformas como o kickstarter e Ulule que sejam cada vez mais conhecidas. O risco de ser considerado como spam logo no primeiro contacto é alto, por isso não hesite a enviar emails personalizados ( nada de copiar colar), explicando bem do que se trata e colocando um link que remeta a plataforma onde está seu projeto!

2 – Mobilize seus próximos e comece a divulgar seu trabalho ao seu redor!

Deve estar se perguntando qual o interesse de divulgar seu projeto na Internet, se for para solicitar sua família ou seus amigos. A razão é simples: Os internautas apoiam projetos que funcionam! Quando estudamos as estatísticas do site americano Kickstarter, aprendemos que 43% dos projetos na plataforma são bem sucedidos, mas principalmente, que 21% dos projetos não recebe sequer uma contribuição! Olhando mais de perto, constatamos que as chances de um projeto ser bem sucedido sobem para 52% quando ele já recebeu ao menos uma contribuição,  e para 90% quando atinge os 30% de sua meta!

A força das plataformas de financiamento coletivo é a de se apoiar na potencialidade das redes sociais próximas mais próximas do artista, podendo em seguida alargar esse primeiro circulo de participantes ( amigos, família,etc).

Mesmo na era do numérico e do digital, as relações humanas continuam sendo  tão importantes quanto antes! Conhecer o gosto de nossos próximos, suas opiniões, beneficiar de suas relações, será sempre mais eficaz que listas selvagens de mailing! Como convencer desconhecidos se nossos amigos e familiares não demonstram confiança em nosso trabalho?!

É uma verdadeira alavanca! E ainda é verdade ainda que  a  Internet esteja mudando pouco a pouco as coisas! Mas não vá imaginar que basta colocar seu projeto em uma plataforma e pronto! Guarde em mente que se trata de uma campanha, e que é necessário informar, dar vontade de conhecer, responder as perguntas, e principalmente se investir!

3 –  Não tenha medo de ser criativo…

Será necessário estabelecer uma estratégia que possa atrair a atenção dos internautas, mas principalmente, que dê vontade de acompanhar e contribuir para seu projeto! O êxito do projeto passa tanto por uma mensagem bem escrita, quanto por uma história que o internauta aprecie, e por recompensas que o mecenas tenha vontade de ter, pois aprecia o trabalho do artista.

É muito importante ir além de uma simples relação virtual! Para isso é necessário suscitar o interesse sendo atrativo. As ideias mais simples e  mais próximas do internauta são muitas vezes as melhores…

Isso passa por um vídeo, que aproxima, despe o responsavel pelo projeto ou mostra simplesmente sua ambição, sua motivação e seu compromisso com o projeto!

Proponha recompensas atraentes: seja audacioso! A base da inspiração, não é segredo para ninguém, é o que os outros fazem. Por isso não hesite em surfar nos sites de financiamento coletivo, mesmo que sejam dedicados a outros assuntos que arte e cultura, para ver o que funciona ou não! Mini produtos, produtos autografados, workshops, encontros, possibilidade de acompanhar o processo criativo, etc… São inúmeras as possibilidades, então ponha-se no  lugar do internauta, e pense no que gostaria de receber como recompensa caso contribuísse para um projeto.

Na fotografia por exemplo, existe uma grande vontade de aprender os métodos criativos! Ofereça a possibilidade aos internautas, de acompanharem seu processo criativo, ou de receberem dicas ou cursos sobre como você trabalha. Dessa forma você estará aumentando bastante as possibilidades de atrair pessoas que contribuirão para seu projeto!

4 – Toda campanha de financiamento coletivo é uma maratona!

É necessário seguir, alimentar, responder as perguntas sobre seu projeto,não ter medo de recontactar, conseguir atingir diferentes círculos, tendo uma atenção toda especial para seus amigos e familiares, que são  a verdadeira base de lançamento do foguete! Não tenha medo de comunicar, de se investir, e de solicitar os seus contactos por meio de redes sociais e de emailing (que será sua melhor arma).

5 – Seja positivo!

Agradeça o quanto puder e não esqueça que nada está terminado enquanto seu prazo não chegar ao fim! Ainda que não acreditemos em magia, tudo funciona bem melhor quando damos um pouco para receber em troca (parece cliché mas reflete bem a mentalidade necessária)! O mais importante é estar presente, mostrar que o projeto é seu xodó, e que não está unicamente aqui para arrecadar fundos, mas também para tentar interessar pessoas pelo seu trabalho, sem nunca negligenciar essa aventura humana!

Etiquetado , , , , , , , ,

Projeto Ceci n est pas de l eau na reta final!

O clipe acima mostra bem como estamos: felizes! O projeto Ceci n’ est pas de l’ eau está chegando aos dez últimos dias de prazo para alcançar sua meta financeira e já atingimos 87 por cento!

” Mas eu tou tão feliz, parece que o amor atrai”! Agora queremos apelar a todos vocês que leem nosso blog para que juntos possamos chegar a nossa meta! São mais de 15000 acessos em nosso blog, imaginem se cada uma dessas pessoas participasse, com um euro que fosse, desse projeto e de outros projetos em nosso site…;)

Cachaça não é água não, mas o pessoal responsável pelo projeto não está de brincadeira também não! Já estão de passagens compradas para o Rio de Janeiro para poder filmar e documentar a festa da cachaça em Paraty!

Agradecemos pelas permutas de entidades, à pousada Backpacker’s hostel, que vai hospedar a equipe em Paraty, e à empresa NRVO, que vai fazer o design gráfico!

Agradecemos a você, que acreditou no projeto e participou, seja com 1 euro, seja com mil!

Agradecemos ao pessoal do Cachaça Express e ao pessoal da Soul Cachaça pelas contribuições financeiras!

Pedimos a todos uma última mobilização para que alcancemos a meta!

10 dias, pessoal! 13 por cento da meta faltando! Contribuam e divulguem! Toda ajuda é bem-vinda e você estará tornando possível um projeto em que 23 mecenas já acreditaram!

Foram meses de trabalho no site para que o projeto fosse avançando e, apesar de querermos muito que o projeto seja financiado e crie asas para voar, já sabemos que ele deixará saudades por aqui! Mas o mais importante é que o documentário aconteça, graças à ajuda de todos e que represente, de maneira profissional, um pouco da cultura brasileira no exterior e em nossa própria terra!

Etiquetado , , , , , , , , ,

As águas vão rolar!

É com muita alegria que escrevemos este post! Um post de agradecimento a todos aqueles que vêm contribuindo para o projeto “Ceci n’est pas de l eau”!

English: Paraty from the bay (Brazil).

English: Paraty from the bay (Brazil). (Photo credit: Wikipedia)

O projeto, que já conta com a contribuição de 16 mecenas, atingiu recentemente a barra de 62%! Algumas das contribuições foram financeiras e outras foram permutas que permitiram a diminuição do custo total do projeto por meio de trocas de serviços! A empresa Cachaça Express, especializada na venda on-line de cachaça, participou com 100 euros, por exemplo! Já em Paraty, os responsáveis pelo projeto conseguiram uma permuta relativa à hospedagem, que vai diminuir bastante os gastos previstos para a hospedagem!

Faltam 32 dias para que possamos atingir os 100% necessários! Convocamos todos os amantes da água que passarinho não toma a contribuir como for possível para este projeto! Se puder ajudar financeiramente, estará fazendo parte do sonho desses jovens realizadores, e, se tiver alguma permuta relativa a hospedagem em Minas-Gerais, transporte, material, etc., também estará ajudando muito! Lembramos que, tanto as pessoas ou entidades que contribuírem  financeiramente, quanto as pessoas ou entidades que contribuírem sob forma de permuta, receberão recompensas em troca! Se você tem uma loja que vende cachaça, se produz cachaça, se é um apreciador desse produto brasileiro, se quer simplesmente ajudar a tornar real o sonho desses realizadores, venha ajudar a divulgar e, principalmente, venha contribuir para esse projeto, que vai ajudar no marketing e na divulgação da cachaça pelo mundo todo! Basta clicar aqui!

Somente a ajuda de cada um de vocês possibilitará a realização desse projeto, que vai levar o Brasil engarrafado às telinhas dos cinemas nacionais e internacionais!

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Darcy ribeiro 7

Quem não estiver assistindo o projeto da Rádio Rua no aterro do Flamengo ou em casa por streaming, pode acompanhar o episódio 7 da série O Povo Brasileiro!

Os caipiras, sua cultura e como surgiram!

Assistam abaixo o episódio e lembrem de assistir os anteriores em nosso blog!

Etiquetado , ,
%d blogueiros gostam disto: