Arquivo da tag: Leiria

Apresentação única do grupo “A Beta Movement” em Leiria

No dia 7 Dezembro, Zarpante propõe uma viagem pelo indie com A BETA MOVEMENT. Este grupo, aclamado pela imprensa mundial, propõe uma sedutora atmosfera de fantasia composta por uma mescla lânguida de estilos e sons alternativos e instrumentais vibrantes.

Um som etéreo que desabrocha e murcha numa metamorfose dos sentidos.

Capture d’écran 2013-12-03 à 17.18.26Para saber mais, clique aqui e acesse o Facebook oficial do evento! Estão todos convidados!

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Agenda cultural!

Um pouco da cultura lusófona no mundo! Preparem suas agendas, escolham o dia, o evento e aproveitem nossas dicas!

Em Portugal:

SOS Mulher:

Ritmos de cor e composição:

 

“Manuel Gorjão Henriques, nasceu em Leiria a 28 de Abril de 1939, filho de Isabel Ayres Gorjão Henriques e Duarte Gorjão Henriques, tendo a sua infância sido passada na Quinta de S.Bartolomeu, em Leiria.

A sua vida profissional iniciou-se na Companhia de Seguros Império, tendo ido para Paris como diretor comercial dirigir uma sucursal da companhia. Mais tarde licenciou-se em Psicologia, na Faculdade de Vincennes. Regressa a Portugal e funda a empresa Move Consulting. A partir de 2002 dedica-se à atividade agropecuária numa quinta na zona de Mafra.

Desde 2008 que se dedica enquanto autodidata à pintura, tendo realizado até ao momento quatro exposições. Este ano a sua criatividade levou-o a transpor a sua arte para em lenços e encharpes.”

Fonte: Cultura Online

 

  • QUANDO

    05 Out 2012 a 11 Nov 2012

  • ONDE

    Teatro José Lúcio da Silva, Leiria

    • Morada
      • Teatro José Lúcio da Silva
      • Av. Heróis de Angola
      • 2400-093 Leiria
      • Portugal
    • Telefone

      244834117

  • HORAS ESPECTÁCULO

    Diariamente das 18H às 22H | Dias de espetáculos das 18H às 24H

Sakura:

O Museu do Oriente recebe, pela primeira vez em Portugal, de 19 de Outubro a 16 de Dezembro, a exposição Sakura, uma coletânea de 220 trabalhos dos 73 melhores ilustradores japoneses, que tem vindo a correr mundo.

A mostra é o resultado da edição de 2012 de um concurso de arte ilustrativa realizado no Japão e cuja inauguração coincide com o florir das cerejeiras (sakura).

À exposição, em conjunto com a Ncreatures e no âmbito da trienal Movimento Desenha 2012, juntam-se os ilustradores portugueses Manuela Cardoso, Cristina Dias, Rita Marques, Joana Rosa Fernandes, Inês Pott, Shuang Wú, Mariana Durana e Sara Duarte Ferreira, com banda desenhada e ilustração ao estilo manga e anime.

  • QUANDO

    19 Out 2012 a 16 Dez 2012

  • ONDE

    Museu do Oriente, Lisboa

  • QUANTO

    PVP: 5€

  • HORAS ESPECTÁCULO

    Terça-feira a domingo: 10H-18H | À sexta-feira o horário prolonga-se até às 22H, com entrada gratuita a partir das 18H

Graveola em Portugal:

“Os brasileiros Graveola e o Lixo Polifônico lançaram recentemente o novo disco Eu Preciso de um Liquidificador e vão trazê-lo a Lisboa para um concerto na Fábrica do Braço de Prata no próximo dia 12 de Outubro. A banda de Belo Horizonte assinou recentemente contrato com a editora Mais Um Discos, sediada em Inglaterra, um selo conhecido por apostar nos novos talentos brasileiros e que já deu a conhecer na Europa artistas como Lucas Santtana.”

Fonte: Blog Bodyspace

Centro Lisboa:

Os «Concertos ao Domingo» estão de volta ao centro da cidade de Lisboa! Os concertos acontecem sempre às 18h e com o preço único de 5 Euros.

Patricia Saldana:

A artista norte-americana Patricia Saldana explora o mundo alternativo da fotografia infravermelha através de ensaios com personagens em trajes vitorianos.

Para muitos o trabalho da artista pode ser considerado bizarro e fora do habitual, pessoas vestidas com roupas de época fotografadas em infravermelho, no entanto resulta. Ao modificar o equipamento tradicional fotográfico com a instalação de um filtro infravermelho, inúmeras tentativas e erros acontecem até o resultado final recheado de beleza surrealista.

Patricia Saldana vive e trabalha em Lincoln, Nebraska, USA.

  • QUANDO

    22 Set 2012 a 12 Out 2012

  • ONDE

    Colorida Galeria de Arte, Lisboa

  • HORAS ESPECTÁCULO

    Terça à Sábado, 14H30 às 19H

     

No Porto:

Exposição The Sonic Booms

A Galeria Nuno Centeno tem o prazer de apresentar pela primeira vez na galeria a exposição individual do artista Carlos Lobo.

“O artista foi premiado no “Jovens Criadores Nacionais” e “Anteciparte” em 2004 e um dos seleccionados para o BES Revelação 2005 / 2006 com uma exposição no Museu de Arte Contemporânea de Serralves, e novamente em 2011 para o BES Photo 2011 com uma exposição no Museu Coleção Berardo.

Salas de concertos, jovens, música e revolução. A exposição The Sonic Booms encerra um ciclo de imagens (iniciado em 2008) em que o autor procura explorar visualmente a relação entre a juventude, a música e a sua influência nos movimentos de revolução e contestação.
O que resta desta energia e desta relação são algumas das questões abordadas nesta série de imagens.

Desde 2004 Carlos Lobo tem participado em várias exposições individuais e colectivas onde se destacam: Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Centro Português de Fotografia, Porto; Solar Galeria Cinemática, Vila do Conde; Fold07, Tate Britain, London; Museu Colecção Berardo, Lisboa; Centro Cultural Vila Flor, Guimarães; Museu Nacional de Historia Natural, Lisboa; Fundació Foto Colectania, Barcelona; Lx Factory, Lisboa; Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC); Pinoteca do Estado de São Paulo, Brasil; Centro de Artes de Sines (CAS); Fundação EDP, Porto; South Bank, London; Centro de Arte de S. João da Madeira, S. João da Madeira; Centro Cultural Emmerico Nunes, Sines; Centro Cultural Vila Flor, Guimarães; CAAA, Guimarães; Museu Nogueira da Silva, Braga; Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto.”

  • QUANDO

    22 Set 2012 a 16 Out 2012

  • ONDE

    Galeria Nuno Centeno, Porto

  • QUANTO

    Evento Gratuito (Outros)

  • HORAS ESPECTÁCULO

    Terça a Sábado | 15H00 – 20H00

Fonte: Cultura Online

Anne Frank, um Diário

É através dos olhos de uma adolescente que contamos de uma forma especial, os acontecimentos que marcaram o Século XX e a humanidade desde então.

Neste diário as descobertas da sexualidade, da capacidade de superação, da supressão dos conflitos familiares são habitadas por um ambiente de tensão bélica. A menina que queria ser escritora, acabou por sê-lo.

O seu diário foi publicado pela primeira vez em 1947 e é actualmente um dos livros mais traduzidos em todo o mundo.

  • QUANDO

    12 Out 2012 a 13 Out 2012

  • ONDE

    Teatro Estúdio Fontenova, Setúbal

    • Morada
      • Teatro Estúdio Fontenova
      • Rua Doutor Sousa Gomes, 11
      • 2900-188 Setúbal
    • Telefone

      265233299

 

No Brasil:

RJ:

Festival leva shows de jazz ao bairro do Leblon no Rio de Janeiro, e a Niterói!

Leblon Jazz Festival 2012

Leblon Jazz Festival 2012

 

Em novembro o Rio recebe o Leblon Jazz Festival, evento vai realizar diversos shows de jazz, alguns abertos ao público, em diferentes locais do bairro. Em 2012, a 6ª edição carioca do Festival acontece de 8 a 11 de novembro.

O evento busca fazer com que o Leblon respire arte musical através do jazz. Além de novos talentos e grandes artistas nacionais, o Festival recebe nomes consagrados internacionalmente.

Diariamente de 8 (Seg) a 11/10 (Qui) das 10:00 às 22:00!

Saiba mais sobre a programação no link seguinte: Leblon Jazz Festival.

 

De olho na Prainha!

Em novembro de 2012, praia receberá bandeira azul hasteada 
e passará a integrar um catálogo de praias do mundo 
indicadas para o programa.
“RIO – Está tudo azul no paraíso dos surfistas. Com 600 metros de extensão e uma rica e ainda preservada vegetação de restinga, a Prainha foi uma das escolhidas pelo júri do programa Bandeira Azul para receber o certificado internacional de excelência. No Brasil, apenas a Praia do Tombo, no Guarujá (SP) e a Marina Costabella, em Angra, têm o selo, que é concedido apenas a praias urbanas que atendam a critérios específicos, como balneabilidade e a existência de projetos de educação e gestão ambiental no local.
Segundo Sônia Peixoto, gerente de gestão de unidade de conservação da Secretaria municipal de Meio Ambiente, constar dessa seleta lista de praias belas e preservadas é importante tanto para divulgar o cenário paradisíaco da Prainha como para reforçar no próprio carioca a importância de continuar cuidando do local. Em novembro, após uma equipe fazer uma última vistoria, a Prainha terá a bandeira azul hasteada e passará a integrar um catálogo de praias de todo o mundo indicadas pelo programa. A decisão foi tomada numa reunião realizada em 28 de setembro em Copenhague, na Dinamarca.

— É uma praia especial, que fica dentro de uma reserva ambiental. Um local com uma grande riqueza de biodiversidade, onde já é realizado um trabalho de preservação. Com essa certificação, aumenta a nosso responsabilidade, pois ela passa a ser conhecida não apenas pelos surfistas e pelos banhistas cariocas — destaca Sônia.

Até o fim do ano, a prefeitura promete concluir uma série de ações para melhorar o acesso, a segurança e o controle ambiental na Prainha. O conjunto de obras, no valor de R$ 500 mil, inclui a implantação de um bicicletário e de uma ciclovia. Todas as modificações fazem parte do documento de compromissos enviados no ato da candidatura, e deverão ser concluídas até 15 de dezembro, prazo estabelecido pelo programa.
— Estamos fazendo uma série de ações para adequarmos a praia a esta certificação. Duas guaritas, uma em Grumari e outra na Prainha, serão instaladas até o fim do ano e já estarão funcionado no verão 2013. Além disso, estamos acabando de erguer banheiros com acessibilidade e concluindo um programa amplo de educação ambiental. A secretaria criou ainda o Conselho dos parques naturais municipais da Prainha e de Grumari, com participação de ONGs e representantes da sociedade civil — diz Sônia Peixoto, ressaltando que a partir de janeiro, a exemplo do que ocorreu no verão passado, o acesso de veículos às duas praias ficará restrito a 800 carros nos fins de semana.
Programa já certificou 3.203 praias
Criado em 1987, o Bandeira Azul tem o objetivo de incentivar a preservação de praias marítimas, fluviais e lacustres, além de marinas em todo o mundo. Em 25 anos, 3.203 praias e 646 marinas em 46 países já receberam o certificado, que precisa ser revalidado a cada ano. No Brasil, a primeira praia certificada foi a de Jurerê Internacional, em Florianópolis, em 2009, mas ela só manteve o selo por duas temporadas. A Prainha é a primeira praia do Rio a conquistar o título.
— Trata-se de uma certificação criada pela Foundation for Environmental Education (FEE), instituição que tem projetos de educação ambiental em vários países. A escolha leva em conta 33 critérios. São avaliados principalmente a qualidade da água (balneabilidade), a segurança, os equipamentos que existem na praia, os projetos de educação e informação ambiental desenvolvidos e a gestão ambiental — conta Leana Bernardi, coordenadora do programa no Brasil.
O processo de candidatura, explica Leana, dura pelo menos dois anos. Antes de ser analisada pelo júri internacional, passa pelo crivo de um júri nacional, formado representantes do Ministério do Meio Ambiente e de ONGs.
Segundo ela, é preciso cumprir um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, bem-estar, infraestrutura de apoio, informação aos visitantes e educação ambiental. A segurança dos banhistas (tanto no mar, quanto na areia) também é levada em conta. Praias desertas, em lugares de difícil acesso não podem ser indicadas.
— A ideia não é premiar o que a natureza fez, mas contemplar as praias que correm risco de sofrer com o descontrole urbano — esclarece a coordenadora.”

Simone Candida – O Globo

Sampa:

Museu Afro Brasil recebe “Coleção Ruy Souza e Silva: Tornar-se escravo no Brasil do século XIX”

Exposição integra encontro internacional de bibliofilia

Como parte da programação do Colóquio 2012 da Association Internationale de Bibliophilie, o Museu Afro Brasil recebe a exposição especial “Coleção Ruy Souza e Silva: Tornar-se escravo no Brasil do século XIX”, que fica em cartaz até o dia 31 de dezembro.

Com entrada Catraca Livre, a mostra reúne fotografias, documentos e gravuras que abordam a situação do negro nesta época. A Associação Internacional de Bibliofilia escolhe anualmente um país para realizar visitas a coleções particulares e públicas. Pela primeira vez, o encontro é sediado na América do Sul.

Colaborador de exposições do Museu Afro Brasil e doador de livros raros para a biblioteca da instituição, Ruy Souza e Silva possui uma vasta coleção particular e chegou a orientar o banqueiro Olavo Setúbal na montagem da “Brasiliana Itaú”.

Confira algumas imagens da exposição:

Fotografia_-_Autor_nao_identificado Autor_-_Alberto_Henschel_-_Dame_Breseilienne_-_FotografiaDEBRET_Negres_Scieur_de_long__Litogravura

Blumenau!

“A partir do dia 10 Blumenau é toda Oktoberfest

A festa alemã mais esperada das Américas, que este ano comemora 29 edições e terá excepcionalmente 19 dias, começa no dia 10, com o desfile oficial de abertura, às 19h30, na Rua XV de Novembro, centro da cidade, apresentando as tradições e a riqueza cultural de Blumenau e Vale do Itajaí. O desfile conta com mais de 2.500 figurantes, distribuídos em mais de 100 atrações. Em seguida, nos pavilhões, será feita a sangria do primeiro barril de chope pelo prefeito João Paulo Kleinübing, na presença de autoridades e visitantes.

Mas o clima da grandiosa Oktoberfest já começa antes. A partir de segunda-feira, dia 08 de outubro, o Bierwagen (carro da cerveja) vai circular pelas principais ruas da cidade, fazendo a distribuição gratuita de chope, levando alegria para o público. Este ano, o Bierwagen será o Braurein Wagen, um veículo que lembra uma cervejaria móvel e que participa dos desfiles internos da festa.
No mesmo dia, inicia a animação das retretas nas praças centrais e na Vila Germânica, palco da Festa de Outubro. As retretas são apresentações de bandas, que levam a música típica para diversos pontos da cidade.
Até o dia 28 de outubro, Blumenau respira alegria e muita animação, com a confraternização entre brasileiros e estrangeiros de diferentes lugares. Ein Prosit!
 
 
Abertura oficial da festa
Será no dia 10 de outubro, às 22h, logo após o desfile na Rua XV de Novembro, às 19h30min. Entrada gratuita.
Desfiles Oficiais na Rua XV de Novembro
Dia 10, quarta-feira, desfile de abertura – às 19h30min
Dia 13 – sábado, às 10h
Dia 17 – quarta-feira, às 19h30
Dia 20 – sábado, às 16h
Dia 24 – quarta-feira, às 19h30
Dia 27 – sábado, às 16h
 
Desfiles internos
Pequenos desfiles típicos na área interna do Parque Vila Germânica nas terças-feiras, dias 16 e 23, às 19h30.
 
Grupos Folclóricos
Apresentações diárias nos setores durante o intervalo das trocas de bandas.
 
Bierwagen
Desfile diário com distribuição gratuita de chope no centro da cidade, no período vespertino. Inicia no dia 08 de outubro, a partir das 15h30, saindo da Rua das Palmeiras em direção ao centro.
 
Retretas e danças típicas
Diariamente haverá animação com bandas típicas e apresentações de danças folclóricas em diferentes pontos da cidade. As bandas iniciam suas apresentações na segunda-feira, dia 08 de outubro, nas praças centrais.
Rei do Tiro
O público poderá participar das competições do Rei do Tiro, uma modalidade esportiva organizada pelos Schützenvereine (Sociedades de Atiradores) da cidade.
Tiro ao alvo – R$ 4,00
Tiro ao pássaro – R$ 3,00
Bocha – R$ 3,00
Bolão de corda – R$ 3,00
Local: Fundos do Setor 1
Concurso nacional de Chope em Metro
Ocorre diariamente no Setor 3, exceto nos dias 15, 16, 21, 22, 23 e 28/10. Participação gratuita.
 
Rainha da Oktoberfest 2013
O concurso para eleger a Realeza da 30ª Oktoberfest ocorre no último domingo da festa, dia 28, às 20h. Entrada gratuita. Participam 10 candidatas finalistas.
Noite do Stammtisch
Encontro dos Grupos de Amigos (Stammtisch) na Oktoberfest, no dia 18, a partir das 19h30.
 
Noite dos Gincaneiros
Encontro das equipes de Gincaneiros, da Gincana Cidade de Blumenau, no dia 25, a partir das 19h30.
 
Festa da Melhor Idade
Dia 25, das 11h às 17h. Entrada gratuita.
INGRESSOS
Nos dias 10 e 28/10: entrada gratuita.
No dia 12/10, aos sábados e aos domingos: ingressos cobrados a partir das 15h. Nos demais dias: a partir das 18h.
No dia 11/10, as sextas e aos sábados: R$20,00.
De domingo a quinta (exceto dia 11/10): R$6,00.
Meia-entrada: estudantes e pessoas com 60 anos ou mais.
Pessoas com traje típico alemão não pagam ingresso.
Preços das bebidas:
Chope (copo 400 ml) – R$ 5,00
Água – R$ 3,00
Refrigerante – R$ 3,00
Cervejas da Eisebahn (seis tipos) – Long Neck – R$ 8,00
Cervejas da Bierland (sete tipos) – 600 ml – R$ 10,00
Cervejas importadas
Franziskaner Weissbier (Alemanha) – R$ 12,00
Leffe (Bélgica) – R$ 10,00
Hoegaarden (Bélgica) – R$ 10,00
(Todas serão vendidas no Biergarten)
 Foto Marcelo Martins

A partir do dia 10 Blumenau é toda Oktoberfest

Fonte: http://www.oktoberfestblumenau.com.br/

Em Cabo Verde:

‘Circuito Cultural Lusófono’ no Brasil e em Cabo Verde!

 

Outros países:

Cuba:

Feira Internacional do Livro em Cuba dedicada à cultura angolana!

1 outubro 2012/Fonte: AngolaPress

“Luanda – A literatura angolana terá um espaço privilegiado na 22ª edição da Feira Internacional do Livro a decorrer em Cuba de 14 a 24 de Fevereiro de 2013, informou a embaixadora desse país caribenho em Angola, Gisela Garcia Rivera.

Em entrevista recente à Angop, a diplomata cubana afirmou que Angola se fará representar neste evento com uma delegação multicultural, com destaque para as artes dramáticas, literatura e mostra de cinema.

“Para o efeito, brevemente se deslocará para Cuba uma delegação de quadros do Ministério de Cultura com o intuito de acompanhar a tradução de livros de escritores angolanos, assim como da elaboração do programa de actividades a desenvolver”, afirmou.

Gisela Rivera realçou que um dos momentos mais altos do evento será o parque do reencontro onde os cidadãos cubanos que prestaram a sua ajuda internacionalista em Angola, assim como ex-bolseiros angolanos em Cuba se poderão reencontrar e voltar a trocar ideias sobre o estado de um dos países.

A diplomata frisou que este evento se realiza todos os anos ao longo da ilha caribenha e a próxima edição, para além da cultura angolana, estará igualmente dedicada a Pedro Pablo Rodriguez, prémio nacional de ciências sociais e humanas em 2009 e Daniel Chavaria, prémio nacional de literatura 2010.

O certame, cuja sede será a fortaleza de San Carlos de la Cabaña, se realiza numa altura em que o continente latino-americano celebra o 160º aniversário natalício de José Marti, intelectual cubano que se distinguiu na luta contra a ocupação espanhola a Cuba.

Gisela Rivera afirmou que Angola tem um significado muito profundo para Angola, facto que levou as autoridades a prestarem um tributo a cultura deste país africano durante a feira.”

Egito:

Espetáculo de dança “Uma Bailarina em Alexandria” no Festival Farah el Bahr

“Uma Bailarina” é um espetáculo de dança para crianças e adultos, concebido, dirigido e coreografado por Aldara Bizarro e interpretado por Isabel Costa que vai ser apresentado, nos dias dia 3 e 4 de outubro de 2012, no Egito, integrado no Festival Internacional de Alexandria (Festival Farah el Bahr), iniciativa da Fundação Anna Lindh com o apoio de diversos institutos culturais europeus, com representação naquele país.

“Uma Bailarina” é um espetáculo apresentado num formato que reúne aspectos inerentes ao espetáculo de dança e aspectos pertencentes à oficina, procura proporcionar novas leituras do corpo, suscitando a reflexão sobre matérias relacionadas com o mesmo, enquanto objecto de saber e de sentir, diferente do corpo habitual que se conhece na escola.

c_100_0_16777215_0___images_photos_noticias_farah_el_bahr2.jpgAs crianças são convidadas a ver uma dança executada por uma bailarina que por 70 minutos toma o lugar do professor.

Através da pergunta “Qual a parte do corpo de que gostas mais?” a bailarina estabelece um diálogo com os alunos, em que lhes fala do corpo, fazendo a ponte entre a natureza e o pensamento, acabando por fazerem todos (alunos e bailarina) uma dança em conjunto.”

O espetáculo “Uma Bailarina” tem o apoio do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Fonte: Camões

Outros Links:

– Barcelona!

– Eu sou o meu país

Um concerto da cantora Maria João, apontada como “uma das intérpretes mais notáveis do panorama musical português”, abre, a 6 de outubro, a temporada de música Melodea, promovida em Évora pela Fundação Eugénio de Almeida.

 

 

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , ,

‘Casa em Leiria’: arquitectos portugueses expõem na França!

”A ‘Casa em Leiria’, situada na periferia da cidade do mesmo nome, é um projeto dos arquitetos Manuel e Francisco Aires Mateus, que se iniciou em 2005 e que começou a ser construído em fevereiro de 2008, terminando em 2010.

O caráter peculiar do edifício, com uma implantação acima do solo relativamente reduzida, advém-lhe de três aspetos: o primeiro, é facto de as áreas privadas da casa estarem construídas no subsolo em redor de pátios enterrados, recebendo imensa luz; a mesma preocupação está patente no segundo aspeto do projeto que é a existência de um imenso espaço vazio que atravessa sucessivamente os três pisos da casa do telhado até ao subsolo sobre um pátio central (que se abre ao nível do solo para o exterior), funcionando como uma enorme claraboia; por último, a casa, que apresenta uma forma geral aparentemente tradicional – um paralelepípedo encimado por um telhado – não tem quaisquer janelas e é toda ela uniformemente branca. Das diversas obras e projetos que realizaram em todo o mundo destacam-se a Biblioteca e o Centro de Artes de Sines, que recebeu o Prémio ContractAward, e o Hotel e Residências Grand Canal Square, em Dublin.

Com presença assídua em grandes publicações de arquitetura por todo o mundo, Manuel e Francisco Aires Mateus foram galardoados, entre outros, com o Prémio Mies Van der Rohe, o Prémio de Arquitetura Contemporânea 2007 e o Prémio da II Bienal Ibero-americana de Arquitetura.

Manuel Aires Mateus é professor na Universidade de Harvard desde 2001 e atualmente ambos lecionam na Universidade Autónoma de Lisboa e na Academia di Architettura de Mendrizio, na Suíça, segundo uma nota biográfica da Agência Lusa.”

A exposição Nove Arquitetos/Nove Propostas para Habitar  foi inaugurada no dia 19 de fevereiro na Villa Noailles, um centro de artes instalado num dos primeiros edifícios modernistas construídos em França (1923), perto de Toulon, no sul do país.

” Além de mostrar as obras dos nove arquitetos, a exposição visa possibilitar aos visitantes acompanhar o processo da produção dos projetos, bem como os universos pessoais dos seus autores, que estão subjacentes a esses mesmos projetos e que se traduzem, nomeadamente, pela exibição de «séries de objetos», «do dia-a-dia, referências, fotografias, filmes, ferramentas, obras de arte, coleções diversas, mas também o bloco de esboços pessoal, o bloco de notas… e uma foto do seu ateliê».”

Fonte: Instituto Camões blog

Saudações a nossa amiga e arquiteta Filipa Figueiredo!

 

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: