Arquivo da tag: hiphop

100 anos de Vinícius de Moraes

No ano do centenário de um dos maiores poetas brasileiros, Zarpante não poderia deixar de prestar algumas homenagens!

French poet and publisher Pierre Seghers with ...

Poeta francês Pierre Seghers com o brasileiro Vinícius de Moraes. Paris 1972 (Photo credit: Wikipedia)

Marcus Vinícius da Cruz de Melo Moraes nasceu em 19 de outubro de 1913 na Gávea, o Poetinha, foi também compositor, jornalista, teatrólogo e diplomata. Ele nos deixou em 9 de julho de 1980, em sua casa, no bairro da Gávea, perto do Jardim Botânico, onde nasceu, há 66 anos.

Por hora, mostraremos a influência do Poetinha na música atual. Para ilustrar essa influencia, nada como escutar algumas músicas atuais que utilizam samples de Vinícius ou se inspiram claramente por suas músicas:

– Flying Lotus:

Um dos maiores produtores atuais de batidas de hip hop! O americano tem bom gosto na hora de samplear!

O sample:

E a original:

– Claude Nougaro:

O cantor francês regravou a música Berimbau.

– Madlib:

O DJ e beatmaker americano utilizou uma canção de Vininha em um de seus mixes:

Sample aparece aos 5:56

Bebo Valdes e Diego El Cigala

Agora, a mesma música executada por um mestre cubano e um espanhol rei do Flamenco!

Vejam também:

– Quem sampleou?

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Boaventura de Sousa Santos!

Rap Global
O professor Boaventura de Sousa Santos, reconhecido internacionalmente como um dos maiores intelectuais contemporâneos, um dos criadores do Fórum Social Mundial e autor de vários livros sobre cultura, política e globalização, veste a pele de um jovem rapper do Barreiro, batizado por ele de Queni N.S.L.Oeste. Queni canaliza sua raiva, na levada do rap, expondo assim sua insatisfação diante da situação mundial. Este é o livro Rap Global, um rap, ou se preferirem, uma poesia rimada, de quase 100 páginas, escrito por Boaventura.

Português: Boaventura de Sousa Santos, sociólo...

Boaventura de Sousa Santos Imagem via Wikipedia

Queni, heterónimo e alter ego de Boaventura,  consegue transformar em energia poética e musical a tragédia familiar e a raiva ante os fatos que a causaram. “A raiva é a saliva da alma”, diz Queni a certo passo. Um rap irado, melancólico, reflexivo e sobretudo poético. Aconselhamos!
Boaventura de Sousa Santos é cientista social, doutor em Sociologia do Direito pela Universidade Yale e professor titular de Economia da Universidade de Coimbra.

Boaventura aborda temas importantes como injustiças sociais, desigualdades, etc. O autor aproveita da liberdade que o rap proporciona a escrita comparado com as formas mais tradicionais de poesia. Dessa maneira ele nos livra um texto musical e com temas variados em um livro que pode ser lido de traz para frente mas que também pode ser saboreado palavra por palavra. A inteligência de um dos idealizadores do fórum social mundial a serviço de uma forma artística tantas vezes descriminada e subjugada como o rap! Rap que sempre serviu para expressar vozes da periferia e de um povo inquieto!

O professor e sociólogo Boaventura de Sousa Santos virou rapper durante ensaio da Opera Rap, evento cultural do FST 2012, em que o seu romance Rap Global foi musicado por um grupo de DJs e MCs sob a direção musical de Tonho Crocco.

Alguns rappers brasileiros já musicaram partes do livro, e o autor gostaria que os portugueses fizessem o mesmo. Zarpante convida todos aqueles que se interessarem a musicar este livro! Sejam brasileiros,portugueses,angolanos ou de onde for! Se falam  português e sabem produzir hip-hop porque não juntar se a esta bela aventura?

Para comprar o livro:
Livro por R$ 22,00 na Aeroplano Editora (www.aeroplanoeditora.com.br)
Contato
Camilla Savoia (21) 2529-6974 / (21) 2239-7399 / aeroplano@aeroplanoeditora.com.br

Etiquetado , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: