Arquivo da tag: Fluminense

Paz no futebol

Em junho-julho de 2014 assistiremos a mais uma copa do mundo! O país anfitrião da vigésima edição do evento  será o Brasil. Com uma onda de violência cada vez mais presente no futebol brasileiro e em suas torcidas organizadas, devemos, todos juntos, fazer dos estádios, lugares de lazer que sejam  seguros!

Na Europa, racistas ignorantes jogaram uma banana sobre o jogador brasileiro Daniel Alves, que, ao comer ironicamente a banana, mostrou ao mundo que os “macacos brasileiros” são muito evoluídos e civilizados!

Já em Recife, o Santa Cruz Futebol Clube será responsabilizado pela morte do torcedor atingido por um vaso sanitário jogado das arquibancadas do estádio Arruda! Esses torcedores, que jogaram vasos sanitários, são energúmenos e não podem sequer ser comparados a macacos, pois seria um insulto não só a Daniel Alves, mas a todos nós homo sapiens.

PAzfutebol

Sem falar do caso “Fred x torcidas organizadas”, que serviu para mostrar mais uma vez que, por falta de uma verdadeira organização e de vozes ativas e unidas contra a violência, muitos torcedores perdem a noção dos limites e perseguem os jogadores,  ameaçam, etc.

O racismo e a violência têm invadido cada vez mais os campos pelo mundo afora.

Agnaldo Pereira Leão se formou em filosofia, jogou futsal e pensou muito sobre o assunto da violência no esporte que ele tanto ama. Por isso, resolveu criar um site, cujo  objetivo é focalizar em debates que vitalizem o esporte e reduzam a violência em torno do futebol. Dessa forma, o futebol torna-se mais vibrante e, graças ao site, será possível interagir com as comunidades e estruturar ações destinadas aos torcedores e às pessoas menos favorecidas que amam o esporte. O site deseja interagir com toda a comunidade em torno do futebol. Assim, os torcedores poderão, por exemplo, enviar mensagens de incentivo aos seus ídolos, comprar artigos esportivos e comercializá-los. Por outro lado, as empresas poderão comercializar suas marcas, e as ONGs (contra o racismo, contra a homofobia…) poderão interagir com as torcidas.

Saiba mais sobre este projeto e contribua para a paz no futebol no link seguinte: Projeto Zarpante Paz no Futebol!

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Ilustres torcedores tricolores

Porque nem todo time tem uma torcida com nomes tão ilustres, e porque hoje o Fluminense representa o Brasil na Libertadores veja abaixo a nossa singela homenagem ao tricolor carioca!

Como não se orgulhar de ser tricolor? Os nomes abaixo são apenas alguns exemplos…

– Tom Jobim e Elys Regina

 

– Maria Bethânia

 

– Ronaldo Bôscoli

– Fágner

fagner-fluminense-flick

– Gilberto Gil

– Chico Buarque

– Ivan Lins

 

– Dori Caymmi

 

– Danilo Caymi

– Fausto Fawcet

– Dado Villa-Lôbos  e Barone

– Lulu Santos

– Nelson Motta

– Milton Nascimento

– Cartola

– Noca da Portela

 

– Carlinhos Vergueiro

– Moreira Lima

– Rivelino

imagesri

– Gérson

 

– Santos Dumont

imagesso

– Nelson Rodrigues

nelsonrodriguez_AMICUCCI-GALLO

– Jo soares

05

– Pedro Bial

 

 

Além de muitos outros como:

o poeta Chacal, as atrizes Fernanda Torres, Deborah secco, Leticia spiller, o Evandro Mesquita, o Carlos Alberto Parreira, o André di Biasi, o humorista do Casseta e Planeta, Beto Silva e tantos outros…

Saudações tricolores a todos vocês e que o jogo de hoje, contra o Olimpia, tenha um resultado mais que positivo para nós do Fluminense!

 

Vamos Nense!

 

 

Etiquetado , , , , , , , ,

Fluminense no crowdfunding!

Como já  andamos dizendo há algum tempo, o financiamento coletivo (crowdfunding) é, mais do que nunca, uma opção segura, inovadora e eficaz de conseguir financiamento para seus projetos! São tempos difíceis, em que a solidariedade e a criatividade são essenciais para que juntos possamos ir adiante!

Um time carioca de futebol, o Fluminense, percebeu o interesse de passar pelo financiamento coletivo  e inovou, inscrevendo seu projeto em um site de financiamento coletivo brasileiro! O livro “Fluminense, 110 jogos inesquecíveis – Guerreiros desde 1902″ vai lembrar partidas e figuras marcantes da história do clube por meio de fotos e textos! O projeto foi lançado há pouco menos de dois meses pelo departamento de marketing tricolor. O financiamento coletivo  do livro sobre os 110 anos do clube já bateu o recorde brasileiro da modalidade, entre os projetos que tiveram seus objetivos alcançados. A um mês do prazo final da iniciativa, previsto para o dia 21 de julho, data do aniversário do Flu, quase R$ 165 mil reais foram arrecadados através de 1.199 doadores. Ou seja: exatos 149% da meta inicialmente traçada, de R$ 110 mil. O recorde anterior no Brasil pertencia ao projeto do documentário “Belo Monte – Anúncio de uma Guerra”, que arrecadou R$ 140 mil com 3.429 apoiadores.

O financiamento coletivo segue através do site www.comecaki.com.br/fluminense. Lá, os torcedores podem contribuir com quantias que variam de R$ 11 a R$ 11 mil em troca de recompensas como exemplares do livro, nome do colaborador na publicação e ainda convites para a festa de lançamento.

Felicitamos a iniciativa do time tricolor e incentivamos times portugueses, angolanos, etc. a nos contactar, se tiverem projetos semelhantes! Desde que o projeto trate de um assunto artístico, cultural, patrimonial, ou social, será bem-vindo em nosso site!

Claro que, depois de falar tão bem de um projeto de outro site, não vamos deixar de lembrar que nosso barco zarpa pelas águas do financiamento coletivo, e que neste momento temos dois projetos muito interessantes em nosso site, e que precisamos da ajuda de todos vocês para conseguir atingir as metas financeiras!

O primeiro projeto chega ao prazo final dentro de 8 dias e precisamos alcançar a meta financeira antes disso! Venha contribuir para o projeto Ceci n’ est pas de l’ eau ( isso não é água não)! Um projeto audiovisual sobre cachaça, que vai levar a cultura brasileira engarrafada para distintos festivais nacionais e internacionais! Já atingimos 87 por cento da captação ( 4784 Euros)! 25 pessoas (físicas e jurídicas) já fizeram suas contribuições! Venha nos ajudar e fazer parte daqueles que possibilitaram esse belo projeto e ganhe recompensas! Clique no link seguinte para conhecer o projeto e contribuir:  Ceci n’ est pas de l’ eau

O segundo projeto se chama Barreras e tem uma importância social enorme! Trata se de mostrar à sociedade, por meio de um documentário filmado durante 4 anos na prisões do estado do Rio de Janeiro, que a melhor maneira para conseguir reinserir os detentos na sociedade passa por cultura, arte e educação! Conheçam, por exemplo, um ex-detento, que hoje é engenheiro de som, graças a eventos promovidos pelo projeto Barreras nos cárceres! 73 por cento da meta atingida (10159 Euros) graças às contribuições de 23  pessoas ou entidades! Venha contribuir para criar um Brasil menos violento e desigual, e ganhe recompensas! Clique no link seguinte para ajudar o projeto: Barreras

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: