Arquivo da tag: Dicas de crowdfunding

10 motivos que podem levar seu projeto de crowdfunding a falhar

crowdfunding-

Lançar um projeto de crowdfunding representa bastante trabalho! Exige que a pessoa se invista no próprio projeto, lance uma campanha, e fique pedindo contribuições compulsivamente. Será necessário contatar suas redes sociais, blogs, jornais, revistas, para que escrevam sobre seu projeto e ajudem a divulgá-lo. o tempo voa e seu projeto tem um prazo!

Algumas campanhas parecem que não vão atingir a meta financeira até o ultimo minuto e subitamente alavancam e chegam a meta! São campanhas geralmente lançadas por pessoas que sabiam perfeitamente preparar uma estratégia para que a divulgação do projeto fosse um máximo diversificada e atrativa.

Nada melhor que analisar projetos que não foram bem sucedidos para entender o que leva um projeto a atingir sua meta! Após analisarmos alguns projetos que passaram pela plataforma Zarpante e por outros sites, separamos um top 10 dos motivos que levam um projeto de crowdfunding a falhar.

Top 10 dos motivos que levam um projeto de Crowdfunding a falhar:

Motivo #10. Não deixar suficientemente claro para que serão utilizados os fundos. Se você espera que as pessoas contribuam, será necessário ser muito transparente e específico em relação ao orçamento e a como pretende utilizar os fundos. Forneça planos de ação detalhados, agendas definidas  e deixe claro quem ou o que irá beneficiar dos fundos arrecadados.

Motivo #9. Faltou um vídeo atrativo. Projetos sociais precisam de vídeos mostrando quem irá beneficiar da arrecadação. Projetos artísticos e culturais precisam de um teaser ou de um vídeo com um trecho do trabalho que está sendo produzido. O vídeo precisa ser minimamente bom para atrair pessoas e mostrar porque e como sua campanha merece ser apoiada!

Motivo #8. Vídeos longos demais. Faça com que seus vídeos sejam facilmente compartilháveis e não ultrapassem os 3 minutos.

Motivo #7. Vídeos com defeitos técnicos. Respeite seu público e grave algo em que o áudio seja claramente audível e o vídeo seja minimamente nítido. Você não precisa ter a última câmera com super definição HD, x,y,z, etc, mas esteja em um lugar não muito barulhento, com uma boa luz, etc…

Motivo #6. Deixe claras as regras para quem quiser participar, caso contrário as pessoas não irão entender o que precisam fazer.

Motivo #5. Insuficientes atualizações do projeto. Manter seus apoiadores e contribuidores atualizados é essencial. Publique ao máximo atualizações durante o prazo de seu projeto, para manter o público ativo. Existem casos de campanhas que pareciam fadadas a falhar, mas cujos responsáveis souberam, graças a atualizações criativas, alavancar o projeto e atingir a meta. Guarde alguns truques na cartola, e não jogue todas suas cartas desde o começo. Saiba quando e como preparar novos elementos para atrair mais público, e principalmente, para manter os apoiadores interessados pelo projeto, e, por consequência, divulgando-o.

Motivo #4. Falta de “ensaio”. Antes de lançar sua campanha, envie a página do projeto para amigos, familiares e fãs, para ter um retorno com as opiniões de cada um sobre a apresentação, o projeto em si, as recompensas, etc… Pessoas que não conhecem os responsáveis pelo projeto não passam entre 10 e 30 segundos visitando o link de sua campanha, por isso é necessário saber transmitir rapidamente sua motivação e sua paixão pelo projeto! Dessa forma mais pessoas terão vontade de se registrar no site para ajudar seu projeto.

Motivo #3. Falta de planejamento. Se deseja que sua campanha seja bem sucedida, será necessário que um máximo de pessoas ouça falar de sua campanha. Para isso, o ideal, é iniciar e incentivar um buzz mais ou menos 90 dias antes de lançar seu projeto. Faca uma pesquisa de como projetos similares ao seu se deram mal ou se deram bem, identifique e contate pessoas ou entidades influentes online que possam escrever sobre seu projeto e, credibilizá-lo e divulgá-lo aos olhos de potenciais apoiadores. Também nesse sentido, estabeleça uma verdadeira relação entre você e os apoiadores e esclareça suas dúvidas ao longo e depois do fim do prazo do projeto. Criar um calendário de tarefas pode ajudar. Pensar em uma estratégia de divulgação de seu projeto a curo, médio e longo prazo, surte ainda mais resultados.

Motivo #2. Falta de Tempo. Sua campanha tem um prazo definido e durante esse tempo, será necessário dar o máximo de atenção possível ao seu projeto. Se você tem outras incumbências, tente conciliar de forma que possa dedicar um tempo diário na divulgação de seu projeto. Por outro lado, utilize seu dia a dia como uma plataforma de divulgação de seu projeto: fale com seu padeiro de seu projeto, seu porteiro, seu professor, seu aluno, seus colegas em seu outro trabalho, nos eventuais shows ou eventos que organizar ou dos quais participar, etc…

Motivo #1. Falta de “capital”. Construa uma comunidade antes de começar qualquer projeto crowdfunding! Esse é o ponto crucial de sua campanha! quanto mais pessoas já fizerem parte de sua comunidade antes mesmo do projeto ser lançado, maiores as chances do projeto atingir a meta.

Todas essas dicas serão muito úteis caso estiver pensando em lançar um projeto de Crowdfunding, mas se já lançou um, e da primeira vez não funcionou, então esta lista vale ouro! Porque?

Um projeto pode atingir seus objetivos ao tentar uma segunda chance. Basta para isso, examinar a primeira campanha, definir os erros, e, evitá-los nessa segunda tentativa! De qualquer forma, ao fazer sua primeira campanha, você já criou uma comunidade online que não deveria ser desperdiçada. E isso é outra coisa genial do crowdfunding: mesmo que seu projeto não atinja a meta, acaba sendo divulgado, falado, ganhando visibilidade, e novos fãs e seguidores. Novos amigos no Face, no Twitter, seguidores no Youtube, e, principalmente, novos emails de pessoas interessadas por seu trabalho.

Pronto para recomeçar e reconquistar o apoio dessas pessoas que já se dispuseram a te ajudar e o de novas pessoas? Sua primeira experiência fracassada poderia ser a chave para o sucesso desta vez! Afinal, é ao cair da bicicleta que aprendemos não?

Vejam também:

– Dicas Crowdfunding

– 5 erros frequentes no Crowdfunding

Etiquetado , , , , , , , ,

5 erros frequentes no Crowdfunding

Evite que seu projeto fracasse e contorne 5 erros frequentes em campanhas de crowdfunding!

Se lançou ou pretende lançar um projeto de crowdfunding, Zarpante indica abaixo alguns erros a serem evitados.

Crowdfunding-Campaign-Film-Seatzy-300x208

-1- Expectativa

É cada vez mais comum vermos projetos multimilionários utilizarem o crowdfunding para captar fundos. No entanto, é imprescindível que os responsáveis pelos projetos sejam pragmáticos e realistas. Se um projeto tiver uma meta financeira muito elevada e pouco realística, as chances de que seja bem sucedido são reduzidas consideravelmente. Quase sempre, atingir uma meta menor é melhor do que não alcançar uma meta maior. Conheça os limites de seu projeto e seu “valor comercial”.

-2- Contribuições e recompensas

Contribuições consequentes são o que todos queremos, mas nunca esqueça que as menores contribuições também são essenciais. Se você  preparar recompensas unicamente para quem contribuir com valores mais elevados, ficará sem o apoio de uma enorme porcentagem de pessoas que não podem contribuir com 100 ou 1000 mas que adorariam participar com um euro que seja. Suas recompensas também não podem ter um custo muito elevado: se uma pessoa precisa colocar 100 Euros para receber um chaveiro em troca, há algo errado. Lembre- se de calcular o preço de produção de suas recompensas e o de distribuição, mas mantenha os preços das recompensas acessíveis.

-3- Branding

Bem como qualquer outro negócio, um projeto de crowfunding deveria ter uma “marca”. Isso ajuda as novas pessoas (fora da rede imediata dos responsáveis pelo projeto) a identificar e associar a marca ao projeto.

Pense no Web-design. no logo, no conteúdo, e, principalmente, em estratégias de marketing para que seu projeto alavanque. Cada paço de sua campanha deveria vir complementar o anterior de maneira organizada. Variar o máximo possível entre imagens, vídeos, textos para não cansar o público, sim! Mas de maneira organizada pois soltar imagens sem nexo pode confundir o público

-4- Marketing 

Não vá pensar que só porque seguiu a dica acima, colocou seu projeto no site de Crowdfunding, preparou um vídeo para apresentá-lo, e descreveu de forma inspirada seu projeto, irá conseguir o que precisa. O trabalho está só começando. Um dos erros mais comuns do crowdfunding é  o de negligenciar o marketing. Utilize táticas diversas para atrair as pessoas ao seu projeto: mostre quem você é, porque eles deveriam participar, e como podem se comprometer. Não tenha medo do marketing agressivo pois essa poderá ser a diferença entre um projeto que atinja ou não a meta financeira.

-5- Competidores selvagens

Como podem perceber, é muito importante ter em mente que um projeto de crowdfunding estará sempre competindo com vários outros e que levar a sério essa competição é essencial para que um projeto de crowdfunding seja bem sucedido.

Ainda que sua ideia pareça ser única, existem provavelmente outras pessoas tentando encontrar fundos para lançar uma ideia similar. Não dar a devida atenção à concorrência pode ser fatal. Por isso faça uma pesquisa do mercado antes de lançar seu projeto. Determine e entenda os pros e os contras de projetos na sua mesma área. Porque funcionaram ou porque não. somente assim poderá saber em que ponto se encontra o seu projeto comparado aos dos outros..

Etiquetado , , , , ,

Passos essenciais para que seu projeto de crowdfunding alcance a meta almejada

Porque algumas campanhas de crowdfunding ficam estagnadas e não atingem a meta financeira dentro do prazo definido?

Conquiste a multidão! Afinal, você faz parte dela!

Conquiste a multidão!
Afinal, você faz parte dela!

Se você colocou seu projeto em um site de crowdfunding e não conseguiu captar os fundos necessários, descubra agora os motivos pelos quais a massa não tirou as mãos dos bolsos…

Caso você esteja querendo lançar uma campanha para captar fundos para seu projeto, no site Zarpante, aprenda com os erros dos outros, e não os repita durante sua própria campanha.

Captar fundos consome tempo e energia, particularmente quando não se procuram milhões para levar adiante seu projeto, e que os bancos não se sentem atraídos pelo pequeno valor que exige seu projeto. Muitas vezes os bancos recusam um empréstimo, investidores podem até aparecer e injetar dinheiro no seu projeto , mas podem exigir um retorno muito exagerado em relação ao investimento que fizeram. Em outras palavras, ao receber fundos de grandes investidores, você pode perder a sua autonomia e o projeto pode deixar pouco a pouco de ter sua cara.

É neste ponto específico que o crowdfunding surge como uma alternativa para criativos. Essa forma relativamente nova de captar fundos,  utiliza redes e grupos sociais dedicados a fãs e apreciadores (potenciais contribuidores), empresas e entidades interessadas, e claro, seus amigos e conhecidos. Nunca foi tão fácil lançar uma campanha de crowdfunding, mas lançar campanhas bem sucedidas é bem mais complexo.

Veja abaixo 2 razões que levam projetos de crowdfunding a falhar.

1. A apresentação de seu projeto é confusa e pouco atrativa.

Por mais informais que possam ser às redes sociais, você deve comunicar sempre de maneira clara o que espera de quem acessa a página de seu projeto ou quem vê um vídeo de seu projeto na net etc…
Algumas pessoas por exemplo, preparam vídeos super legais, falando claramente sobre o projeto e seduzem o público naturalmente, mas esquecem de dizer que contam com às contribuições de todos e que para contribuir é necessário acessar o seu projeto na plataforma de crowdfunding e que o link para isso é o seguinte… Isso vale para toda divulgação do projeto seja em posts, vídeos, fotos, textos, press releases, etc…

O projeto Ceci N’EST PAS DE L’EAU, fez exatamente o contrário ao colocar um projeto na plataforma Zarpante: eles não somente colocaram em todas as divulgações que fizeram, o link a ser acessado para fazer contribuições, como também fizeram um PDF tutorial para ensinar ao público como proceder passo a passo para contribuir para o projeto deles.

2. Você não trabalhou suficientemente para que o público “trabalhasse” por você:

Muita gente acredita que com crowdfunding é mais fácil conseguir os fundos, do que com métodos tradicionais. Essas pessoas acham que o simples fato de colocar um projeto em uma plataforma de crowdfunding, seja suficiente para atingir a meta financeira do projeto. São pessoas que acham que divulgar para seus fãs, amigos, familiares, na net, é estar fazendo “trabalho braçal”, e que valem mais do que isso! Isso é um tanto quanto arrogante e será péssimo se o público sentir uma certa distancia, frieza ou arrogância.

O público deseja pessoas ativas, que divulguem e falem bem de seus próprios projetos, que sejam simpáticas, estejam disponíveis e transmitam confiança. Aproveite esse momento para fidelizar seus fãs atuais e conquistar novos apreciadores de seu trabalho. Não fique sentado esperando o dinheiro cair do céu, participe de sua campanha ativamente e mostre que é merecedor!

No momento em que o público sentir isso, irá contribuir, mas principalmente irá acreditar em seu projeto. Ao acreditar, o público passará a divulgar e ajudar na busca de pessoas que possam contribuir com o projeto.

Veja também:

– Repensando o crowdfunding

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: