Arquivo da tag: Casa da Música

A Casa da Música merece mais que um abraço

Centenas abraçaram uma Casa da Música com futuro incerto

“Um domingo à tarde na praça da Casa da Música (CdM) não costuma ser assim: um enorme cordão humano em torno do “meteorito” de Rem Koolhaas, num protesto de centenas de pessoas (250, nas contas da PSP) contra os cortes de 30% ao financiamento público da instituição.

Figuras da política e da cultura associaram-se a cidadãos anónimos contra o corte de 30%, em vez dos 20% acertados em Abril entre o anterior secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, e a fundação, que motivou no dia 18 a demissão da administração da instituição.

“Viva a Casa da Música!”, gritava Rosa Santos, 66 anos, no cordão humano. “Querem cortar os apoios à CdM e não só à CdM: querem acabar com a cultura aqui no Norte”, disse ao PÚBLICO. Luís Moutinho foi ao protesto com o filho e receia que este corte, que significa uma redução de mais um milhão de euros a juntar aos dois já acordados com a Secretaria de Estado, ponha em causa “tudo” o que não seja espectáculos, acabando com as actividades educativas e sociais da CdM.

O director artístico da instituição diz que o corte de 30% “representaria” a impossibilidade de prosseguir a linha de qualidade na oferta da CdM — António Jorge Pacheco prefere usar o verbo no modo condicional, acreditando que o Governo recue.”

Fonte: Público

Apesar de achar esse “grande abraço” uma belíssima iniciativa, Zarpante acredita que seja muito difícil o Governo português mudar de decisão! Será necessário muito mais que um abraço para que possamos juntos ajudar realmente a CdM. E o primeiro passo será o de encontrar métodos alternativos e complementares ao financiamento público! Não me entendam mal: o abraço à CdM foi um gesto simbólico importantíssimo, mas acreditamos sinceramente que juntos possamos ir além!

Imagine se cada uma dessa pessoas tivesse contribuído com 10 Euros para ajudar a financiar a instituição da CdM? Já seriam quase 3000 Euros que poderiam estar complementando o financiamento anual da CdM e que, juntando-se à contribuição dos demais cidadãos sensibilizados do Porto, seriam uma ajuda significativa para o futuro da CdM.

Os tempos estão duros para todos, e Zarpante lamenta os cortes maciços de subvenções públicas ao setor cultural, mas, em 2013  chegou a hora de encontrarmos alternativas viáveis e de fazermos a diferença graças a pequenas participações por parte de cada um de nós: Financiamento Coletivo!  Para salvar a sala de música com uma das melhores condições acústicas da Europa, vale a pena muito mais que um abraço!  Concordam?

Essa ideia vale para qualquer pessoa física ou jurídica que precise de recursos para um projeto criativo ou social! Para começar o quanto antes a captar por meio de Zarpante, basta inscrever-se gratuitamente em nosso site!

Etiquetado , , , , , ,

Dia Internacional da Música!

Hoje é o Dia Internacional da Música! Por isso Zarpante manda um forte abraço e um enorme obrigado a todos os músicos que ajudam o nosso dia a dia a fluir mais melodicamente, e aproveitamos para saudar os melômanos de plantão!

O Dia Internacional da Música comemora-se anualmente a 1 de Outubro.

A data foi instituída em 1975 pelo International Music Council, uma instituição fundada em 1949 pela UNESCO, que agrega vários organismos e individualidades do mundo da música.

O objetivo da celebração do Dia Internacional da Música é:

  • Promover a arte musical em todos os setores da sociedade;
  • Aplicar os ideais da UNESCO como a paz e amizade entre as pessoas, evolução das culturas e troca de experiências.

Pessoalmente, acreditamos que todo sia seja dia da música, mas já que os calendários mundiais se sincronizaram para homenagear a mais lirica das artes, vejamos o que acontece de interessante neste dia:

Casa da Música propõe um Dia Mundial da Música diferente

Casa da Música propõe um Dia Mundial da Música diferente

Nesta segunda feira 01 de Outubro, Dia Mundial da Música, entre as 10:00 e as 16:00, a Casa da Música espalhou duos, trios, quartetos, quintetos e mais músicos, Músicos Inesperados, que tocarão excertos de obras do reportório clássico em escolas e hospitais, ruas e praças, centros sociais e mercados, jardins e áreas comerciais, hotéis e repartições públicas.

 E serão clarinetes, trombones, trompetes, violinos, percussão, saxofones e flautas que se vão fazer ouvir neste Dia Mundial da Música, as“brigadas musicais” constituídas por alunos de várias escolas: Academia de Música de Castelo de Paiva, Conservatório de Música do Porto, Academia de Música de Costa Cabral, Academia de Música de Espinho, Academia de Música de Vila Real, Academia de Música de Vilar do Paraíso e Academia de Música de Paredes.

Terminando esta jornada musical uma festa aguarda os Músicos Inesperados na Casa da Música.

 A reunião terá lugar na Sala Suggia, onde, pelas 17:00 os Músicos Inesperados, estarão num concerto único sob a condução do Factor E!, a equipa de formadores do Serviço Educativo.

 Retirado de HardMúsica

Em Lisboa:

Bernardo Sassetti homenageado no Dia Mundial da Música

Bernardo Sassetti homenageado no Dia Mundial da Música

As Bibliotecas Municipais de Lisboa vão assinalar o Dia Mundial da Música com um programa dedicado ao compositor e pianista Bernardo Sassetti (1970-2012).

 Depois da homenagem que no início de setembro recordou Bernardo Sassetti no Teatro São Luiz, em Lisboa, com “Fragmento, movimento, ascensão”, é a vez das Bibliotecas Muncipais da capital dedicarem um dia àquele que foi apelidado de “génio musical”.

 O dia 1 de outubro, Dia Mundial da Música, serviu de âncora à rede de Bibliotecas para uma programação que inclui cinema e música. A Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro recebe o dia de homenagem, que arranca com uma exposição (que estará patente até ao final de outubro) dedicada ao músico e que mostra discografia, filmes e livros que fazem referência a Bernardo Sassetti e que estão disponíveis nas Bibliotecas Municipais.

 Às 14h30, um programa pedagógico para escolas, intitulado “Grandes Filmes, Grandes Músicas”, recebe crianças crianças e jovens do 4.º ano do 1.º Ciclo e 2.º e 3.º Ciclos, para uma sessão dedicada à música cinematográfica.

 A fechar o dia, um concerto do Instituto de Música Vitorino Matono (IMVM), em que as salas da biblioteca serão invadidas por sons harmoniosos para embalar leituras.

Fonte: Música portuguesa

JP Simões e António Zambujo vão tocar debaixo da terra em Lisboa

JP Simões e António Zambujo vão tocar debaixo da terra em Lisboa
JP Simões tem concerto marcado para 1 de Outubro, Dia Mundial da Música
O Música a Metro é o primeiro festival de música a acontecer em Portugal abaixo do solo. Estão agendados mais de 30 concertos em quatro estações do metropolitano de Lisboa. O festival começa a 1 de Outubro e prolonga-se até dia 27. O cartaz do festival inclui JP Simões, Filho da Mãe e António Zambujo, que se apresentará apenas com uma guitarra acústica. Os três actuam a 1 de Outubro, Dia Mundial da Música, na estação de metro do Cais do Sodré, a partir das 17h.

 As estações de metro do Marquês de Pombal, Campo Grande, Aeroporto e Cais do Sodré serão palco de concertos “móveis” de We Trust, Guta Naki, Long Way to Alaska e Gli Tre Portoghesi. “Os showcases móveis são diferentes do Music Point. São feitos nas carruagens e sempre em andamento. São pontos de atracção que serão muito cobiçados e visualmente diferentes daquilo que se tem vindo a fazer pelo metro”, disse ao PÚBLICO Nuno Abreu, da organização.

O festival Música a Metro distingue-se pelo facto de não possuir qualquer patrocinador ou fins lucrativos, sendo feito em regime de voluntariado e de apoio a nível artístico, de produção e promoção. A organização, a cargo da Imagina, garante a importância de “numa altura como esta, mostrar que é possível, com o apoio de todos, erguer uma iniciativa que é para todos”.

A Imagina espera uma “grande afluência” ao festival, uma vez que se registam todos os dias 3,5 milhões de entradas nas estações de metro da capital. Os concertos debaixo da terra acontecem todas as semanas entre quarta-feira e sábados, até 27 de Outubro, das 17h às 20h30. À excepção dos showcases móveis que, por decorrerem no interior das carruagens, requerem a aquisição do bilhete do metro (1,25 euros), o Música a Metro é gratuito.

Retirado do Ipsilon

Dia 6!

Música nas praças

Música nas praças

O Dia Mundial da Música, é também comemorado em Lisboa a 6 Outubro, onde vai ser assinalado em diversos pontos da Baixa de Lisboa mais uma edição das Música nas Praças – Concertos promenade em Lisboa.
Música nas Praças é, na sua edição de 2012, a despedida de um Verão em que sentimos Lisboa celebrar-se a si própria. Se esta constatação nos instiga a prosseguir o nosso caminho com mais veemência e paixão, devolve-nos também a convicção de uma cidade que reage aos momentos de grande adversidade, através de uma experiência feita de coletivo, de comunhão e de pertença.

A 5ª edição do Música nas Praças, uma parceria entre a Egeac e a Orquestra Metropolitana de Lisboa, convida o público a passear de praça em praça, desfrutando da música livremente.

Dia 6 de outubro das 10h00 às 23h00 (entrada livre)

PROGRAMAÇÃO:

RUA DA MOURARIA

10H | Ensemble de Saxofones da Metropolitana

RUA DA GUIA

11H | Ensemble de Saxofones da Metropolitana

LARGO DO INTENDENTE

12H | Banda Sinfónica da PSP

RUÍNAS DO CARMO

15H | Coro Juvenil de Lisboa

17H | Coro Lisboa Cantat

19H | Escola de Música do Conservatório Nacional

LARGO DE SÃO CARLOS

16H | Percussões da Metropolitana

18H | Ensemble da Orquestra Sinfónica Portuguesa

20H | Orquestra da Sopros da Metropolitana

22H | Orquestra Metropolitana de Lisboa

MUSEU DO CHIADO

16H30 | 17H30 | 18H30 | Atelier Instrumental e Aula Aberta Escolas da Metropolitana

Já que hoje é dia de música que tal uma viagem pelos sons da lusofonia com a nau Zarpante?

Começamos com três sons bem diferentes de Portugal:

Prosseguimos a viagem rumo ao Brasil:

Em seguida zarpamos rumo a Angola:

Passamos por Moçambique:

Cabo Verde:

Guiné-Bissau:

Degustar sem moderação!

Veja também:

Dia mundial da fotografia em companhia de Zarpante

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: