Arquivo da tag: Arts

Tiago sá

Baixista por 7 anos na banda de Renato Matos pai da Mc Flora Matos, Tiago Sá lançou seu primeiro disco ano passado como cantor e compositor de todas as faixas, com produção de Lucas Santtana e participações de Lucas Santtana, Marcelo Callado, Ricardo Dias Gomes e Leo Leobons.
Tiago S† com Jorge Ben Jor
Em seu novo projeto ‘Da Pemba’ Tiago Sá toca o baixo e canta músicas novas e do seu disco em formato compacto de trio.
confiram os vídeos:
Deseja contratar o artista? acesse este link para saber como: agenciamento Tiago Sá.
Etiquetado , , ,

O badalado crowdfunding

Porém, se o filme Inocente venceu  um Oscar em 2013, não é a primeira vez que a Academia se interessa por obras que nasceram em parte graças ao crowdfunding. Nesse ano, o documentário Kings Point  e o curta-ficção Buzkashi Boys também competiram ao Oscar, tendo respectivamente captado mais de 10.000 et 27.000 dólares graças ao financiamento coletivo. Além disso, três outros filmes financiados por crowdfunding também já tinham sido nomeados nos anos passados.

O fenômeno é similar na França, onde Le Sommeil d’Or, de Davy Chou, concorreu ao César de melhor documentário do ano, após ter recoltado mais de  11.000 euros em um site de crowdfunding. Consideremos ainda que 10% dos filmes selecionados para a mais recente edição do festival de Sundance, são filmes financiados totalmente ou em parte graças ao crowdfunding. Isso nos dá uma pequena ideia da amplitude do fenômeno e do reconhecimento institucional (por assim dizer) que o crowdfunding tem adquirido pouco a pouco…

Um recente estudo, encomendado por uma plataforma americana, indica que 2,7 milliards de dólares foram investidos por meio do crowdfunding em 2012, ou seja, um aumento de 81% em relação a 2011. Em torno de 12% desse valor diz respeito a filmes e teatro, que ficaram na frente dos projetos musicais com 7,5%.

Se falarmos unicamente da Europa, são 945 millions de Euros que foram contabilizados pelo estudo. As previsões para 2013 são de  5 bilhões de Euros no mundo todo. A revista Forbes, por sua vez, estima que o potencial de captação do crowdfunding irá se elevar à 1.000 bilhões de dólares em 2020.

Como tem se relacionado o crowdfunding com o audiovisual?

Nos  Estados-Unidos, a plataforma líder mundial, criada em 2008, possibilitou concretizar mais de 39.000 projetos, sendo que a grande maioria destes almejava um valor inferior  a 10.000 dólares.

Os filmes e os vídeos ocupam o segundo lugar no ranking das categorias mais prolíficas, logo atrás da música.

Estima-se que em 2012 274.391.721 dólares tenham sido realmente entregues aos “criativos”.

As estatísticas vertiginosas, escondem tanto histórias de sucesso, quanto grandes fracassos.

A série, Veronica Mars, que captou mais de um milhão de dólares em menos de 4 horas, é um exemplo de que tudo é possível na internet! No fim da campanha de captação, o projeto contava com algo em torno de  6 milhões de dólares. A receita do sucesso? Uma comunidade consequente de fãs (já constituída), vidéos lúdicos et recompensas interessantes. Detalhe: a Warner Bros se comprometeu a distribuir o filme caso a captação de recusros ultrapassasse os dois milhões de dólares… Mais uma façanha interessante do crowdfunding, democratizando a escolha dos programas a serem transmitidos na Tv e dos filmes que o público deseja ver serem realizados.

No entanto, nem tudo é azul nas plataformas americanas de crowdfunding: a cantora Bjork, mundialmente reconhecida, anulou um projeto no Kickstarter dez dias depois do lançamento, por falta de participação do público. Apenas  4% da meta  (375.000 Libras) tinham sido arecadadas. A ideia era financiar aplicativos relacionados ao álbum Biophilia. Razões do fracasso? : Recompensas insignificantes, relativamente inútil como projeto, e,  com certeza as pessoas não sentiram que a cantora islandesa precisasse realmente de ajuda., pois a cantora não deve ter se envolvido com sua própria campanha.

A verdade é que com uma base de fãs que já esteja construída, que seja ativa e participe divulgando e contribuindo, alguns vídeos para soltar durante a campanha, uma estratégia engraçada porém sólida e pragmática, uma boa ideia bem explicada,  e claro, um mínimo de participação e de luta pelo seu  próprio projeto, qualquer um é capaz de atingir metas inimagináveis gracas ao crowdfunding!

E ai pessoal? Alguém se animou?

Acessem já o site Zarpante e saibam mais sobre a plataforma de Crowdfunding dedicada ao falantes da língua portuguesa! De onde quer que venham e onde quer que estejam, serão todos bem-vindos!

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Gosta do Moby? Vai gostar mais ainda!

227

Se você é um cineasta independente ou simplesmente fez um vídeo para algum familiar, amigo ou namoro, pode utilizar as músicas do Moby a vontade!

O cantor norte-americano Moby oferece gratuitamente seu catálogo de música aos cineastas independentes.

Em um vídeo no site mobygratis.com, o artista anunciou que mais de 150 faixas nunca lançadas estão disponíveis para projetos sem fins lucrativos, realizadores independentes, estudantes de cinema e qualquer um que necessite de musica gratuita para um filme, vídeo ou curta.

Quanto aos projetos comerciais, toda a verba angariada será revertida a ONG Humane Society.

Cineastas e fãs podem navegar e ouvir o catálogo, solicitar downloads e visualizar os vídeos feitos com as músicas. Veja alguns exemplos de vídeos feitos com músicas de Moby abaixo, e faça o seu também!

La ciudad del otro lado from Alfonsina Sterling on Vimeo.

Iniciativas como essa deveriam ser seguidas por muitos músicos lusófonos! Imagine só se o Bonga ou o Chico Buarque, etc, fizessem a mesma coisa e liberassem suas músicas para o cinema independente!

– veja também:

– Dicas para o vídeo de seu projeto de crowdfunding.

– Alguns bons filmes em português.

 

Etiquetado , , , , , , , ,

Arte erótica na galeria Zarpante

Uma pequena amostra para quem gosta de contextos sensuais e pincéis acariciantes!

Quadros a venda na Galeria Zarpante!

Homens de Pensamento Empalhado. Medidas de Austeridade
Luiz Morgadinho

Eterno Feminino.
Luiz Morgadinho

– Outras obras de Luiz Morgadinho na Galeria Zarpante

De Quatro
Flôr Kepah

Penetração
Flôr Kepah

– Outras obras de Flôr Kepah na Galeria Zarpante.

Praia III
Rubens Cavalcanti Da Silva

Praia II
Rubens Cavalcanti Da Silva

Praia I
Rubens Cavalcanti Da Silva

– Outras obras de Rubens Cavalcanti na Galeria Zarpante

Pensando em ti
Teresa E. Calgam

 

Quartzo
Teresa E. Calgam

Jaspe
Teresa E. Calgam

– Outras obras de Teresa E. Calgam na Galeria Zarpante.

– Veja também: Quarta erótica

Etiquetado , , , , , ,

Anime-se!

Um prato cheio para quem gosta de animações!

Outras listas do nosso Youtube:

– Curtas-metragens

– Shows de música brasileira

Etiquetado , ,

4 dias para ter uma Ideia de Origem Portuguesa

Estamos sempre falando dos falantes da língua portuguesa e de como estão espalhados pelo mundo! Por isso mesmo, é simplesmente fantástico para Zarpante, encontrar portugueses que pensam como nós!

O que é?

“É uma iniciativa sua e da Fundação Calouste Gulbenkian na área do empreendedorismo social.

É um desafio a todos os Portugueses na diáspora que têm ideias, talento e vontade de fazer mais e melhor . É uma convocatória a todos os que, apesar da distância, desejam participar na construção de Portugal, através de uma cidadania ativa, envolvente e participativa. Ideias de Origem Portuguesa é um concurso para encontrar e promover projetos nas áreas do Ambiente e Sustentabilidade, Inclusão Social, Diálogo Cultural e Envelhecimento.”

Como funciona?

O Ideias de Origem Portuguesa é um concurso com uma mecânica simples.

Para participar, basta ter vontade de implementar um bom projeto de inovação social e já agora ler o regulamento.
Juntar uma equipa de 3 pessoas que inclua pelo menos um português ou lusodescendente residente no estrangeiro.
Ter um discurso poderoso e convincente, fazer um vídeo com o mesmo.
Depois passar a palavra e manter as pessoas atualizadas e envolvidas e promover o debate. A sua ideia irá ganhar com a contribuição de todos.

Mande já sua ideia!

Etiquetado , , , , , ,

Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa

CartazA3-FESTIN2013

“Estão abertas as inscrições para a Seleção Oficial Competitiva de Cinema de Expressão Portuguesa (curtas e longas-metragens) do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa. O prazo máximo de submissão das inscrições é 31 de dezembro de 2012

O FESTin regressa ao Cinema São Jorge, em Lisboa, de 3 a 10 de abril de 2013. Nesta 4ª edição, o festival homenageia a cinematografia angolana.

Lembramos que a partir deste ano, dentro da sua programação, o FESTin passa a realizar a Mostra de Cinema Brasileiro, anteriormente produzida pela Fundação Luso-Brasileira.

Em 2012, durante os oito dias em que decorreu, o FESTin teve um público de 4.900 pessoas, entre espetadores e participantes nas oficinas, exposição e festas. Foram apresentados 80 filmes nas duas salas do Cinema São Jorge.

Em 2011 o festival durou seis dias, exibiu 78 produções dos oito membros da Comunidade de Países da Língua Portuguesa, que foram vistas por mais de 3.000 espetadores.

O FESTin foi criado em 2010 com o objetivo de celebrar e fortalecer a cultura de expressão portuguesa através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social. O festival é organizado pela Padrão Actual, em coprodução com a Fundação Luso-Brasileira e a EGEAC – Cinema São Jorge.

Inscrições de filmes: até 31 de Dezembro de 2012″

Regulamento do FESTin 2013
Clique aqui para descarregar a Ficha de Inscrição (em pdf)

Fonte: Site oficial do Festival

– Clique aqui e apoie o cinema de língua portuguesa!

Etiquetado , , , , , ,

Farofa com cozido

A farofa de hoje será servida com um belo cozido a moda portuguesa.

Para preparar essa bela mistura, vamos precisar de ingredientes luso-brasileiros!

– Antes de começar, para já ir entrando no clima, sugerimos que vista sua roupa de marujo gastrônomo e aperte play na música seguinte:

 

– Deixe de lado o “sabor das marés” e adicione desde já a única pitada africana que teremos nesta preparação. Diretamente de Angola:

Um lugar

Era um lugar no telhado da cidade
com
senhoras de olhos calmos
e moscas gordas.
um sino abençoou o silêncio.
uma nuvem roçou a igreja
cumprimentando árvores
velhos e
pássaros.
era um lugar onde as sombras
se afogam – náufragas
e regressavam ao mundo em silêncio – sobreviventes
dali
as pessoas emprestavam os pés às pombas
e elas roçavam os telhados
para cumprimentar as casas.
certa manhã
ali sentado
ouvi o sino falar.
não decifrei o murmúrio
[não tenho o dom da quietude]
mas embebi-me do essencial:
aquele era também um deslugar
– chão apropriado para repousar os dedos
e esperar uma formiga passar;
esperar a mordidela também
sabendo-me vivo
em corpo de sangue.
 
Ondjaki
– Em seguida abram alas para o ingrediente mais expressivo da farofa de hoje: um bamba do samba e um jovem MC nos presenteiam com hip-hop, samba, jazz e um pouco mais, nesta homenagem a tantos grandes artistas brasileiros.
– No que diz respeito ao cozido, comece por colocar na panela uma boa porção de Rua da Saudade cantando o poeta Ary dos Santos:
– Para finalizar, misture a farofa com seus ingredientes na frigideira enquanto leva ao forno o cozido com uma ultima pitada de um clássico infantil:

Zé Carioca 70 anos

A editora Abril lançará a revista comemorativa ZÉ CARIOCA 70 ANOS em dois volumes, o volume foi lançado no dia 29 de Outubro, com 308 páginas, com preço de R$16,00. O volume 2, será lançado no fim de novembro, e continuará a seleção cronológica de histórias e se encerrará com duas revistas brasileiras com histórias inéditas. No preview, destaque para os textos do jornalista Marcelo Alencar e para o cartunista Fernando Ventura que fez a restauração da revista.
“Sensacional esta edição comemorativa de 70 anos do Zé Carioca. Além da capa deslumbrante – verde espelhado e auto relevo ( desenho de Luiz Podavin e cores de Noriatsu Yoshikawa) – a equipe responsável conseguiu reunir todas as tiras dominicais do papagaio malandro publicadas entre 1942 e 1944 nos EUA ( finalmente com as cores originais) e histórias raras das décadas de 50 e 60. De quebra, textos muito esclarecedores e bem conduzidos por Marcelo Alencar, Celbi Vagner Pegoraro e Fernando Ventura (colecionador responsável pela garimpagem completa aos originais dos jornais). O último, junto ao sempre presente Paulo Maffia, também pesquisou e selecionou as histórias presentes na edição. Um volume para se destacar na estante. E no final de novembro, vem o volume 2, com mais raridades. Homenagem à altura.” Fonte hospedagem de site grátis

 

 

 

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Aparição, de Vergílio Ferreira (Completo)

O episódio número sete da série Grandes Livros conta-nos um pouco mais sobre o livro
Aparição, de Vergílio Ferreira.

Vergilio Ferreira

Vergilio Ferreira

“Vergílio António Ferreira (Melo, 28 de Janeiro de 1916 — Lisboa, 1 de Março de 1996) foi um escritor português.

Embora formado como professor (veja-se a referência aos professores de Manhã Submersa e Aparição), foi como escritor que mais se distinguiu. O seu nome continua atualmente associado à literatura através da atribuição do Prémio Vergílio Ferreira. Em 1992, foi galardoado com o Prémio Camões.

A sua vasta obra, geralmente dividida em ficção (romance, conto), ensaio e diário, costuma ser agrupada em dois períodos literários: o Neo-realismo e o Existencialismo. Considera-se que Mudança é a obra que marca a transição entre os dois períodos.” Fonte

Aparição from Companhia de Ideias on Vimeo.

Etiquetado , , , , , , ,

África!

Hoje celebramos o dia da África! Continente de onde surgiu a origem da humanidade!

the street and home of Cesária Évora

a rua e a casa de Cesária Évora (Photo credit: Wikipedia)

Por isso aproveitamos para divulgar o Podcast Zarpante 02, que é em homenagem à grande Cesária Évora! Disponibilizamos, também, um link para que baixem  livros sobre a história africana, legalmente e gratuitamente.

Livros para baixar sobre a história geral da África!

Feliz Dia da África!

PS: Mudando totalmente de assunto, lembramos que hoje começou o Rock in Rio de Lisboa!

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: