Arquivo da categoria: Datas comemorativas

Músicas para uma quarta-feira de cinzas

Como tudo tem seu fim, a folia carnavalesca está oficialmente terminada (apesar de continuar em diversas cidades brasileiras). Quem tiver ficado um pouco melancólico poderá escutar a lista que Zarpante preparou para curar as ressacas sentimentais do carnaval!

Para escutar basta clicar na imagem abaixo:

de cinzas

Etiquetado , , , ,

Podcast Zarpante 025 (Carnaval Tropical)

Porque amor de Carnaval dura pouco, aproveitem e curtam essa seleção preparada especialmente para animar o carnaval! Cansado de escutar sempre os mesmos ritmos de carnaval? Vontade de um Carnaval mais variado? Embarque nesta viagem musical com a Nau Zarpante!

Uma playlist com canções de Guiné-Bissau, de Angola, Cabo Verde, Brasil e muito mais… Para escutar basta clicar na imagem abaixo!

39f97d967f86_z

Etiquetado , , ,

O mestre do flamenco nos deixou

Uma singela homenagem do Blog Zarpante ao mestre Paco de Lucia que partiu para a seleta roda dos bons  músicos falecidos muito cedo!

Obrigado pelo seu legado!

Etiquetado , , ,

Cabo Verde perde uma artista

Cabo Verde está de luto por ter perdido uma de suas maiores escritoras! Eis a nossa singela homenagem a Orlanda Amarílis.

– Alguns textos interessantes:

1- Identidade e gênero na diáspora

2- 2- Cais do Sodré té Salamansa: o cabo-verdiano em exílio

Etiquetado , , , ,

7 dias para que Vinicius de Moraes ressuscite no Morro da Babilônia

Você que mora no Rio de Janeiro: já foi ao Morro da Babilônia? Ainda não? Esta é sua chance de conhecer uma das mais belas vistas da cidade!

São prémios como este que esperam pelas almas (sensíveis à poesia nossa de cada dia), que contribuírem para este projeto! Uma poesia com a  cara do Vinicius de Moraes, que gostava tanto de encontrar poesia nas pequenas coisas do dia a dia.

Com alguns minutos de seu tempo e mais alguns cliques, você pode ajudar a levar os nome de Vinicius de Moraes, do Morro da Babilônia, e do realizador Rafael Gomez! São poucos cliques, mas mudam a vida de muitas pessoas. O projeto leva cultura ao morro e paralelamente, leva a cultura brasileira ao mundo! Mas para que tudo isso possa acontecer, precisamos de sua ajuda já!

Faltam somente 7 dias e o projeto pode atingir em poucas horas o valor necessário, mas para isso precisamos que todos os amantes de Vinicius, todas as almas poéticas, todos os apreciadores de cultura, companhias ou empresas (interessadas por marketing cultural a um preço acessível), todos os amigos, familiares, etc, participem de forma ativa dessa reta final! Clique aqui e faça sua parte! Contamos com cada um de vocês e agradecemos antecipadamente aos que já participaram e aos que irão se mobilizar!

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , ,

O museu do CR7 e a “Bola de Ouro”…

No Museu do Cristiano Ronaldo já existe um lugar reservado para a Bola de Ouro, agora falta só saber se ele vai ser o vencedor de 2014!

Para quem estiver longe da tv e quiser ver ao vivo a cerimônia:

http://www.futebolaovivo.net/tv-ao-vivo.php

Depois de abrir seu museu na ilha de Madeira, Ronaldo poderia investir em Madeira como indicou ao presidente da região de Madeira, Alberto Joao Jardim

Etiquetado , , , , , ,

106 anos de Simone de Beauvoir

Hoje, assim como o Google, homenagearemos uma grande mulher francesa! 106 anos atrás nascia Simone De Beauvoir. Vejam abaixo algumas curiosidades e conheçam seu legado!

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir, mais conhecida como Simone de Beauvoir (Paris, 9 de janeiro de 1908— Paris, 14 de abril de 1986), foi uma escritora, filósofa existencialista e feminista francesa. Escreveu romances, monografias sobre filosofia, política, sociedade, ensaios, biografias e uma autobiografia. Saibam mais no Wikipedia.

Agora vejamos algumas frases da escritora:

“É preciso erguer o povo à altura da cultura e não rebaixar a cultura ao nível do povo.”

“O opressor não seria tão forte se não tivesse cúmplices entre os próprios oprimidos.”

“Mesmo com toda libertação feminina __ essa grande “paciência” que nos caracteriza não deve __ nunca __ acabar… É uma riqueza de infinitos alcances que aumenta os poderes de paz do Universo …”

” Não se nasce mulher: torna-se.”

” Querer-se livre é também querer livres os outros.”

“É na arte que o homem se ultrapassa definitivamente.”

“As oportunidades do indivíduo não as definiremos em termos de felicidade, mas em termos de liberdade.”

“O seu amor, a sua ternura, eram apenas um sonho. Mas valeria a pena aceitar sonhar um amor que queremos viver na realidade?”

“Apesar de tudo, o amor era menos simples do que êle julgava. Era mais forte do que o tempo. O amor, no fim das contas, era feito de inquietações, de renúncias, de pequenas tristezas que surgiam a todo instante.”

“Nós, para outros, apenas criamos pontos de partida.”

“Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.”

“Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.”

“Toda a busca do ser está fadada ao fracasso; esse mesmo fracasso, porém, pode ser assumido. Renunciando ao sonho vão de nos tornarmos deus, podemos satisfazer-nos simplesmente em existir.”

“A beleza ainda é mais difícil de contar do que a felicidade.”

“Viver é envelhecer, nada mais.”

“A velhice é a paródia da vida.”

“O que é um adulto ? Uma criança de idade.”

” Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.”

“A minha liberdade não deve procurar captar o ser, mas desvendá-lo.”

“O homem é livre; mas ele encontra a lei na sua própria liberdade.”

“O escritor original, enquanto não está morto, é sempre escandaloso.”

Logo abaixo um artigo do jornal Le Monde Diplomatique:

“Mulher apaixonada e mulher infeliz, ao mesmo tempo autoritária e submissa, inteligente mas de sentidos à flor da pele, muito estilizada apesar do seu estranho penteado, devoradora de amantes e no entanto ligada para sempre a um único homem. De quem se trata? De Britney Spears, Rachida Dati, Carla Bruni? Não, este retrato é o que o semanário Le Nouvel Observateur [1] apresenta de uma mulher que foi filósofa, intelectual comprometida e militante, e que para muita gente, em França e no estrangeiro, encarna o feminismo: Simone de Beauvoir. Para esse retrato ser traçado foram mobilizados os mesmos meios que a imprensa sensacionalista emprega, não faltando sequer a fotografia «chocante», neste caso um nu em plena capa. O dossiê, publicado por ocasião do centenário do nascimento de Simone de Beauvoir, é eloquentíssimo no que diz respeito às condições graças às quais uma mulher pode dar entrada, em França, nos nossos dias, no Panteão dos Grandes Homens.” Leiam o artigo completo clicando aqui.

Etiquetado ,

Toca do Vinicius

Compartilhando um artigo sobre Bossa Nova para os franceses interessados pelo assunto!

Lepetitjournal.com s’est rendu dans la rue Vinicius de Moraes, situé dans le quartier d’Ipanema à deux pas de la plage, pour parler musique. Mais pas n’importe laquelle. La bossa nova. La musique de Rio de Janeiro. 54 ans d’ondes mélodieuses. Retour sur un style musical exceptionnel conté par un maître en la matière, le propriétaire du centre de référence : Carlos Alberto Alfonso

Le centre musical Toca do Vinicius a ouvert en 1993. A l’origine, le propriétaire l’avait appelé Toca da Bossa Nova. Mais trois mois avant, il décida de changer le nom pour la commémoration de la mort du célèbre musicien Vinicius de Moraes, dont on avait fêté les 20 ans cette même année.

Dans cette boutique, il y a des livres, des albums, des vinyles et des anciennes photos de ces célèbres artistes qui ont écrit l’histoire de la bossa nova. Carlos, carioca, ancien professeur de littérature, prend du plaisir à expliquer son amour de la bossa à un passant curieux. “La bossa nova est une rythmique de la samba, jouée de la manière traditionnelle” affirme-t-il. Il explique que la bossa nova n’est pas une chanson, mais une façon de la jouer. “Celui qui écoute la bossa nova a une relation contemplative avec elle, c’est l’instrumental qui est important” ajoute-t-il. Les paroles sont là pour accompagner la musique, elles facilitent essentiellement la vulgarisation et la popularisation de la chanson. Elles sont plus envisagées comme un “accessoire”. Il insiste : “La bossa nova n’a pas besoin de parole pour être bossa nova. Si vous écoutez attentivement, la voix n’est jamais plus forte que le son des instruments”. C’est une relation collective et égalitaire entre ces deux éléments.

Les grands noms
A la fin des années 50, un jeune musicien se fait le pionnier de la bossa nova : il s’agit de João Gilberto. Un dieu qui de ses mains a inventé cette manière de jouer un nouveau rythme. Ce travail de construction musicale n’a pas été sans peine, le musicien a montré beaucoup de détermination. Mais au-delà de ses recherches, il a véritablement créé des éléments esthétiques. Il y a deux architectes de cette musique, “pas un, pas trois, deux seulement” m’explique Carlos. João Gilberto et Tom Jobim. Ce dernier a quant à lui prouvé ses talents de compositeur. “La bossa nova est la musique des musiciens” précise-t-il.

Les femmes ont elles aussi contribué à façonner le genre musical. Nara Leão, Leny Andrade, Wanda Sa, Rosa Passos sont considérées comme les muses de la bossa. “Pour moi, Rosa Passos est João Gilberto en jupe” souligne le maître des lieux. Amour, mort, nature, les thèmes des paroles tournent souvent autour de la vie quotidienne. Le top des plus belles chansons de bossa nova selon Carlos ? “Desafinado (de Tom Jobim), O Barquinho (de Nara Leão) et Lobo bobo (de João Gilberto), mais ça ne tient qu’à moi !

Fonte: Camille JEANJEAN (www.lepetitjournal.com  – Brésil) Rediffusion

Etiquetado , , , , , , , ,

Boas Festas

Zarpante deseja a todos um Feliz Natal!

Estamos chegando perto do final de mais um ano e prestes a entrar em 2014 com ainda mais garra e disposição para que a Nau Zarpante,  seus diversos parceiros e seus vários navegantes e seguidores, continuem a desbravar mares culturais cada vez mais intensos.

Como é de costume no Blog Zarpante, mesmo quando falamos de um tema ou de uma data específica de comemoração, não deixamos de compartilhar algum trabalho artístico associado ao tema. Vejam abaixo um poema sobre o Natal escrito por Vininha!

Español: Vinicius de Moraes

Español: Vinicius de Moraes (Photo credit: Wikipedia)

Poema de Natal  – Vinicius de Moraes

Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos —
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos —
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito o que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai —
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte —
De repente nunca mais esperaremos…
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.

Etiquetado , , , , , , , ,

Obama, Raul Castro, Dilma, Bush, e muitos outros, reunidos por Mandela

Hoje uma homenagem ao Madiba está acontecendo em Soweto. Mesmo morto, Mandela e seu legado ainda continuam únicos para o mundo!

Cuba e Estados Unidos sequer tem relações diplomáticas mas seus líderes se reuniram sob a mesma tribuna para homenagear o ex Presidente da África do Sul! Em nome de Mandela, antigos desafetos políticos se encontram sob o mesmo teto.

mandela-obamak

Neste exato momento o primeiro presidente negro da história dos USA está fazendo seu discurso ao vivo em Soweto e não poderíamos deixar de perceber o simbolismo nisso tudo! Sem a luta de Mandela, talvez nunca tivéssemos visto  um presidente negro nos Estados Unidos.

Viva Madiba! Ele está olhando de algum lugar e deve estar orgulhoso dos resultados de sua luta!

Para finalizar, uma triste declaração feita por Le Pen, presidente do FN (partido de extrema direita francês). Ao ser perguntado se sentiu algum tipo de emoção ao ver Mandela ser liberado da prisão em que ficou preso durante o apartheid, ele respondeu que não sentiu grande coisa pois nunca teve muita confiança em terroristas… Para nós o terrorismo real é essa liberdade de expressão em que pessoas podem livremente defender o racismo como se fosse apenas uma ideia e não uma doença!

Vejam também:

– Africanidade

– Vinícius de Moraes e o Dia da Consciência Negra

Etiquetado , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: