Ditados populares

Queremos descobrir os ditados populares de cada um dos países lusófonos! Contamos com cada um de nossos leitores para enviar-nos ditos populares, nacionais, regionais ou locais de seus países.

Por hora, ponham suas barbas de molho e descubram alguns ditos populares!

Screen Shot 2014-01-30 at 19.44.49

Começaremos com alguns ditos brasileiros: afinal a Copa do Mundo está chegando e nenhum dos turistas que vai visitar o Brasil quer pagar o pato!

pagar-opato

Aproveitamos para perguntar se esses ditos são utilizados em outros países lusófonos.

o1. Se o gato não come o bife, ou o gato não é gato, ou o bife não é bife.

02. Touro em pasto alheio é vaca.

03. Se os “ses” fossem feijões, ninguém morria de fome.

04. Se sabes o que eu sei, cala-te que eu me calarei.

05. Sempre existe um chinelo velho para um pé torto.

06. Se Deus o marcou, defeito lhe achou.

07. Se em terra entra a gaivota é porque o mar a enxota.
08. Se Maomé não vai até a montanha,a montanha vai até Maomé.
09. Se não tens o que gostas, gosta do que tens.
10. Se o trabalho dá saúde, que trabalhem os doentes.
11. Só trabalha quem não sabe fazer mais nada.
12. Semeia e cria, (viverás com|terás)alegria.
13. Tempo é dinheiro.
14. Todo o homem tem o seu preço.
15. Todo o burro come palha, a questão é saber dar.
16. Trabalhando só pelos bens materiais construímos nós mesmos nossa prisão.
17.  Trabalhar para aquecer, é melhor que morrer de frio.
18. Trabalho de menino é pouco, quem não o aproveita é louco.
19. Vamos em frente que atrás vem gente.
20. Sempre se espera pela pior figura.
21. Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.
22. Sentir-se como peixe fora d’água.
23. Uma andorinha só não faz verão
24. Ser mãe é padecer no paraíso.
25. Tal pai, tal filho.
26. Sou homem e tudo o que é humano me diz respeito
27. Só a morte não tem remédio
28. Sol e chuva, casamento de viúva.
29. Um burro carregado de livros não é doutor
30. Um olho no burro e outro no cigano
31. Um homem prevenido vale por dois.
32. Tanto é ladrão o que vai à vinha como o que fica à porta.
33. Traste que não parece com o dono é furtado.
34. Só vemos os argueiros nos olhos dos outros.
35. Toda brincadeira tem sempre um pouco de verdade.
36. Todos os caminhos vão dar a Roma.
37. Um dia da caça, o outro do caçador.
38. Camarão que dorme a onda leva.
39. Trigo e gratidão só crescem em boa terra e em boa alma.
40. Tristezas não pagam dívidas.
41. Tudo que não mata engorda.
42. Tudo se perdeu.
43. Um gambá cheira o outro.
44. Um é pouco, dois é bom, três é demais.
45. Uma desgraça nunca vem só.
46. Vozes de burro não chegam aos céus.
47. Zebra sem lista é cavalo.
48. Você levou gato por lebre.
49. Uma mão lava a outra e ambas lavam a cara.
50. Viver é como desenhar sem borracha.
51. Vassoura nova é que varre bem.
52. Uma mão lava a outra.
53. Velhos são os trapos.
54. Vaso ruim não quebra.
55. Vai muito do dizer ao fazer.
56. Vão-se os anéis e ficam-se os dedos
57. Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades.
58. Voz do povo é voz de Deus.
Anúncios
Etiquetado , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: