106 anos de Simone de Beauvoir

Hoje, assim como o Google, homenagearemos uma grande mulher francesa! 106 anos atrás nascia Simone De Beauvoir. Vejam abaixo algumas curiosidades e conheçam seu legado!

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir, mais conhecida como Simone de Beauvoir (Paris, 9 de janeiro de 1908— Paris, 14 de abril de 1986), foi uma escritora, filósofa existencialista e feminista francesa. Escreveu romances, monografias sobre filosofia, política, sociedade, ensaios, biografias e uma autobiografia. Saibam mais no Wikipedia.

Agora vejamos algumas frases da escritora:

“É preciso erguer o povo à altura da cultura e não rebaixar a cultura ao nível do povo.”

“O opressor não seria tão forte se não tivesse cúmplices entre os próprios oprimidos.”

“Mesmo com toda libertação feminina __ essa grande “paciência” que nos caracteriza não deve __ nunca __ acabar… É uma riqueza de infinitos alcances que aumenta os poderes de paz do Universo …”

” Não se nasce mulher: torna-se.”

” Querer-se livre é também querer livres os outros.”

“É na arte que o homem se ultrapassa definitivamente.”

“As oportunidades do indivíduo não as definiremos em termos de felicidade, mas em termos de liberdade.”

“O seu amor, a sua ternura, eram apenas um sonho. Mas valeria a pena aceitar sonhar um amor que queremos viver na realidade?”

“Apesar de tudo, o amor era menos simples do que êle julgava. Era mais forte do que o tempo. O amor, no fim das contas, era feito de inquietações, de renúncias, de pequenas tristezas que surgiam a todo instante.”

“Nós, para outros, apenas criamos pontos de partida.”

“Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.”

“Que nada nos defina. Que nada nos sujeite. Que a liberdade seja a nossa própria substância.”

“Toda a busca do ser está fadada ao fracasso; esse mesmo fracasso, porém, pode ser assumido. Renunciando ao sonho vão de nos tornarmos deus, podemos satisfazer-nos simplesmente em existir.”

“A beleza ainda é mais difícil de contar do que a felicidade.”

“Viver é envelhecer, nada mais.”

“A velhice é a paródia da vida.”

“O que é um adulto ? Uma criança de idade.”

” Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.”

“A minha liberdade não deve procurar captar o ser, mas desvendá-lo.”

“O homem é livre; mas ele encontra a lei na sua própria liberdade.”

“O escritor original, enquanto não está morto, é sempre escandaloso.”

Logo abaixo um artigo do jornal Le Monde Diplomatique:

“Mulher apaixonada e mulher infeliz, ao mesmo tempo autoritária e submissa, inteligente mas de sentidos à flor da pele, muito estilizada apesar do seu estranho penteado, devoradora de amantes e no entanto ligada para sempre a um único homem. De quem se trata? De Britney Spears, Rachida Dati, Carla Bruni? Não, este retrato é o que o semanário Le Nouvel Observateur [1] apresenta de uma mulher que foi filósofa, intelectual comprometida e militante, e que para muita gente, em França e no estrangeiro, encarna o feminismo: Simone de Beauvoir. Para esse retrato ser traçado foram mobilizados os mesmos meios que a imprensa sensacionalista emprega, não faltando sequer a fotografia «chocante», neste caso um nu em plena capa. O dossiê, publicado por ocasião do centenário do nascimento de Simone de Beauvoir, é eloquentíssimo no que diz respeito às condições graças às quais uma mulher pode dar entrada, em França, nos nossos dias, no Panteão dos Grandes Homens.” Leiam o artigo completo clicando aqui.

Anúncios
Etiquetado ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: