Canalizar a violência

As imagens a seguir sao imagens de Hooligans bárbaros! Mas não pensem que é na Inglaterra porque aconteceu no Brasil, futura sede da Copa do Mundo, e os bárbaros são brasileiros estúpidos que mancharam os nomes de seus times, de suas torcidas, e, principalmente, o de todo um país!

Aproveitamos esse triste incidente para falar dessa moda que vem se estabelecendo no Brasil e no mundo: esportes de combate. Vale lembrar que o futebol não faz parte desses esportes e que mesmo que fizesse, não caberia a torcida brigar mas sim aos atletas. Infelizmente, o povo brasileiro de maneira geral, ainda não está preparado para fazer a diferença entre um esporte e uma feramente mortal! Porque o que cada vez mais jovens brasileiros está aprendendo nas aulas de MMA e companhia, não é para ser utilizado fora dos ringues!

Mandela já dizia que a melhor arma que existe é a cultura e nós temos certeza que gente culta não faz o que esses trogloditas “torcedores” fizeram no jogo entre Atlético Paranaense e Vasco da Gama!

Repudiamos todos os envolvidos nesse triste acontecimento e convocamos a sociedade a parar para pensar em vez de gritar por gritar e bater por bater…

Essas pessoas que estiveram brigando no estádio, são pessoas limitadas e muito mal supervisionadas. Não importa se a responsabilidade é do estádio, do clube, ou da polícia, o que importa é que tiremos uma lição do acontecido para que nunca voltemos a ver cenas como as seguinte:

Pouco tempo antes já tínhamos visto a torcida do Vasco mais uma vez envolvida em baixarias…

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: