Grafiteiros lusófonos 01

Conheçam abaixo alguns grafiteiros lusófonos!

1- VHILS ou Alexandre Farto (Portugal)

VHILS é um artista  Português conhecido pelos seus “Rostos” esculpidos em paredes. Ele inova constantemente utilizando novas técnicas e maneiras de abordar seu trabalho. Boa parte de seu trabalho é criado ao vivo no local e focaliza-se na natureza transitória, suas histórias e as de seus moradores. Representa também uma nova geração de grafiteiros que não somente grafita paredes como também pinta telas e expõem em galerias.

” Nasceu em Lisboa em 1987. Terminou os seus estudos em 2008 na University of the Arts em Londres.  Iniciou-se em pintura em 1998 com apenas treze anos. Pintava muros de ruas e comboios da margem sul do rio Tejo.  Este artista de Lisboa, a partir das suas raízes do graffiti/street art tem vindo a explorar novos caminhos dentro da ilustração, animação e design gráfico, misturando o estilo vectorial com o desenho à mão livre, aliado a formas contrastadas e sujas, que nos remetem para momentos épicos. A destacar também a abertura recente da sua exibição de interior/ar livre, “building 3 steps“, com Miguel Maurício. Em 2011, desenvolveu uma técnica usando explosivos, grafite, restos de cartazes e até retratos feitos com metal enferrujado para criar retratos e frases. Existem trabalhos seus espalhados por vários locais do mundo como as cidades portuguesas de Lisboa, Porto e Aveiro, além de capitais como Berlin, Londres, Moscovo, Bogotá, e cidades como Medellín, Cali (na Colômbia), Nova York, Los Angeles, Grottaglie (sul da Itália).” Fonte: Wikipédia

2- Alexandre Orion (Brasil)

Para quem diz que grafite é somente sujeira, e que os grafiteiros não fazem nada além de adicionar poluição visual ao nosso cotidiano, chegou a hora de conhecer o grafite invertido (Reverse graffiti). A ideia é simples: para criar os desenhos, o grafiteiro paulista, Orion, limpa as paredes em vez de desenhar sobre elas! Basta encontrar um muro bem sujo e em seguida começar a limpar para dar as formas desejadas!

Vejam também:

– O grafite brasileiro está literalmente invadindo o mundo!

– GRAFITEIROS LUSÓFONOS 02

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

2 pensamentos sobre “Grafiteiros lusófonos 01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: