Sem medo do erotismo

Porque é que é só alguém tirar a roupa para todos escandarem que é pornografia? Zarpante vem mostrar que erotismo também é arte!

– Começamos com algumas aquarelas e nanquins da artista plástica Ana Verana:

– Em seguida vamos mostrar os trabalhos sensuais de dois fotógrafos franceses:

o primeiro é André Chabot e se define como “especialista em cemitérios e arte fúnebre”.

O segundo é o defunto jean francois jonvelle.

Galeria logo abaixo.

– Para quem insiste em dizer que erotismo não pode ser arte, e que o lugar desses artistas é no “underground”, vejam a seguir dois artistas brasileiros que já expuseram obras eróticas em grandes museus e galerias.

Sempre expondo entre Nova Iorque, Londres, e outras capitais mundiais, os brasileiros Kazuo-Okubo e Fernando Carpaneda não tem medo do erotismo!

Afinal, como diria o poeta Carlos Drummond de Andrade:

“A bunda, que engraçada.
Está sempre sorrindo, nunca é trágica.”

Para quem gostou, tem mais:

– Arte corporal

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: