Ecologia e pedaladas

Que tal um pouco de ecologia neste fim de semana?

– Aquecimento global ou não, começamos por um vídeo lançado pelo Google sobre o assunto do desmatamento:

 

– Em seguida vamos a Paris com o jornal Público para ver como a Torre Eiffel está se transformando para ser um monumento mais acessível e sustentável!

Torre Eiffel

Torre Eiffel (Photo credit: Pep_Parés)

“A Torre Eiffel, monumento emblemático da capital francesa, passará, a partir de 2014, a produzir 30% da energia de que precisa para funcionar, bem como a permitir um melhor acesso de pessoas com mobilidade reduzida ao espaço.

A torre passará a estar equipada com pequenas turbinas eólicas, painéis solares e um mecanismo para aproveitar a água da chuva. As acessibilidades vão também ser melhoradas para que as pessoas com mobilidade reduzida possam aceder à totalidade dos espaços do monumento, ao contrário do que hoje acontece.

O presidente da empresa gestora do monumento, Jean-Bernard Bros, disse à agência AFP, que o objectivo das obras agora em curso é tornar a torre “mais ecológica, mais acessível e mais atraente”.

Serão ainda criadas lojas e uma sala de congressos no primeiro andar. O museu e o restaurante que existem no segundo andar serão remodelados.A previsão é de as obras terminem no final de 2013, e não se espera que o espaço suspenda as visitas. Os trabalhos vão custar cerca de 25 milhões de euros, fora impostos.

A Torre Eiffel, também conhecida como “dama de ferro”, foi construída para a exposição universal de Paris de 1889, e é hoje um dos monumentos pagos mais visitados do mundo. Em 2011 teve 7,1 milhões de visitantes, contra os cerca de 3 milhões que tinha anualmente no início dos anos de 1980.”

– Terminamos com um belo projeto sócio ambiental nas prisões brasileiras:

“Desde o mês passado, detentos do presídio de Santa Rita do Sapucaí, sul de Minas Gerais, têm ajudado a iluminar uma avenida usada pelos moradores da região para caminhadas.

Eles participam de um projeto do juiz José Henrique Mallmann,  que permite que os presos reduzam suas penas em troca de geração de energia elétrica por meio de bicicletas.

Com o apoio de comerciantes da cidade, oito presos se revezam em quatro bicicletas estáticas, localizadas no pátio do presídio. Ao final de 16 horas pedaladas, abatem um dia de pena. Cada detento pedala cerca de 6 horas por dia.

Uma polia e um alternador ajudam a transformar o esforço dos presos em energia. Dez horas acumuladas iluminam dez postes públicos por uma noite.

O colegiado do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos de Minas irá se reunir para avaliar a iniciativa.”

Fonte: Catraca Livre

Achamos que essa ideia seja muito promissora no que diz respeito a reinserção dos detentos a sociedade, e principalmente a conscientização e a mobilização por um planeta mais sustentável!

Por isso mesmo fizemos uma captação bem sucedida para realizar o filme Barreras que estará disponível em breve nas telinhas e na net… Um filme de Rafael Kalil que mostra como readaptar os detentos a sociedade por meio de arte e cultura!

Agora contamos com a ajuda de todos para atingir nossa meta financeira no projeto ambiental atualmente presente em nosso site: trata-se de um projeto que diminuirá a emissão de gazes poluentes em nossa atmosfera eme que portanto vai melhorar diretamente a qualidade do ar que se respira no sul de Portugal, e estará indiretamente ajudando o mundo a ser menos poluído!

Venha contribuir com o que puder no link seguinte: Markko Bike Messengers

A participação de todos é fundamental para que juntos possamos atingir a meta!

Obrigado pelo interesse!

 

 

 

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: