“O lucro define o bom e o mau”

Nós percebemos…

Konstantin Bessmertny quer desafiar a perspectiva convencional. Em “Tempos de Grande Ignorância” mostra duas obras, uma pintura e uma escultura, que querem incentivar uma abordagem crítica perante o mundo. Hoje, diz, “consumimos o mundo como comida processada”. Este é o seu contributo para a mudança.

Inês Santinhos Gonçalves

“Não espero que toda a gente entenda o que eu quero dizer, mas se duas pessoas, ao olharem, perceberem, já é perfeito para mim”. “Causarum Cognition Philosophicus” e “Bestiário” são as duas obras, uma pintura e uma escultura que o artista plástico Konstantin Bessmertny expõe agora na Montra de Artes de Macau, no Museu de Arte. Inaugurada na sexta-feira, esta é “uma pequena exposição com dois grandes trabalhos”, descreve o autor. As peças nunca foram mostradas em Macau e encerram em si a crítica social e de costumes a que Bessmertny nos habituou.

O título, “Tempos de Grande Ignorância”, não pretende ser…

Ver o post original 598 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: